Renato Rovai quer que a esposa de Cunha seja presa. Mas quem mandou dar verbas para isto?

10
172

claudia_cunha

Eu sempre avisei que os deputados republicanos deveriam ter dado prioridade à questão do uso de verbas desproporcionais para a BLOSTA (blogosfera estatal), o que por si só já deveria ser motivo de impeachment. Se não impeachment, ao menos uma lei exigindo isonomia na distribuição de verbas estatais para Internet ou até sua extinção.

A situação é ridícula ao ponto do inimaginável. Ao fazerem acordos com o PT, em troca de verbas, os “aliados” comprados dão ao partidão no poder o direito de utilizar verbas estatais de maneira infinita (via Lei Rouanet, financiamento da BLOSTA, verbas estatais de anúncios na grande mídia, “pontos de cultura” do MinC). Nesta negociação, só o PT ganha, pois toda essa verba não se reflete em propaganda multipartidária, mas, ao contrário, em torno do próprio PT. Em última instância, os partidos prostitutas do PT é que o financiam, e não o contrário. E com este financiamento, o PT investe unicamente em seu crescimento e na destruição, na medida do que for possível, não só de seus adversários, como de seus aliados.

Do lado dos formadores de opinião da direita, quase ninguém se preocupou com isso também. Assim escolheram, então, dar poder a um grupo de pessoas que, amamentadas por verbas estatais na proporção de 10 milhões de reais por ano, gastam seus dias assassinando a reputação de opositores. Como tudo em política, as escolhas feitas no momento de despender esforços definem os resultados conquistados.

Renato Rovai, da Revista Forum, agora quer a prisão da esposa de Eduardo Cunha e se vale deste financiamento estatal para fazê-lo. Leia:

O juiz Sérgio Moro, que costuma ser muito rápido no gatilho ao investigar pessoas ligadas ao PT, tem nas mãos a possibilidade de mostrar que sua celeridade não é seletiva.

Documentos enviados por autoridades da Suíça apontam que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e a sua esposa movimentaram contas bancárias no país que foram alimentadas por dinheiro sujo da operação Lava Jato.

Cunha, por ser deputado, tem fórum privilegiado. Ou seja, terá de ser julgado no Supremo. Já a sua esposa, jornalista e ex-apresentadora de jornais da TV Globo no Rio, Cláudia Cordeiro Cruz, não.

Ela pode ter sua prisão preventiva decretada por Moro, inclusive porque sua liberdade pode atrapalhar as investigações. Moro, os amigos devem se lembrar, prendeu a cunhada de João Vaccari, ex-tesoureiro do PT, por muito menos. A suposta prova era o saque de alguns reais em dinheiro num caixa 24 horas. Depois veio a se descobrir que a cunhada na verdade era a esposa de Vaccari. E a trapalhada a livrou da cadeia.

Não sem antes ser desmoralizada por toda a mídia nacional.

No caso da esposa de Cunha as provas são bem mais contundentes. Ela é sócia das contas e operou gastos milionários a partir delas.

O que Moro está esperando para agir? A prisão de Cláudia pode levar a uma delação das mais importantes. Ela tem condições de revelar como funcionava o esquema Cunha de aliciamento de deputados.

E isso pode garantir que a Lava Jato de fato faça uma limpa no Congresso. Cunha é só um deles. Talvez o líder atual desse que parece ser o verdadeiro esquema, mas só um.

É claro que até o momento não existem provas contra Cláudia Cruz, a não ser o fato de possuir uma conta no exterior. Outras são de empresas que têm Eduardo Cunha como beneficiário. Nenhum indício publicado por enquanto demonstra que as contas receberam dinheiro de propina, a não ser declarações públicas de pessoas que podem muito bem terem sido cooptadas pelo PT para dizer que o dinheiro nas contas era de propina. Não é prova suficiente.

Se é assim, então qual o motivo para Rovai querer a prisão de Cláudia Cruz? É claro que é uma forma de atingir um oponente político pela destruição de sua esposa. Isso é pura tática de imposição de poder, que os stalinistas sempre souberam fazer. Imaginem o que farão com Cláudia Cruz se ela for efetivamente presa. E tudo bancado com as verbas estatais que o PMDB tem cedido ao PT. No fim das contas, o PT é um partido que faz suas prostitutas pagarem para ele.

O vídeo abaixo demonstra a relação do PT com o PMDB (e com vários partidos da base aliada, incluindo PP). Ele inclui trechos do filme “Os Sete Gatinhos”, de 1980, e dirigido por Neville D’Almeida com base em uma peça de Nelson Rodrigues. Os diálogos podem ser chulos (e, portanto, já deixo de antemão o aviso às mulheres para assisti-lo por conta e risco de se ofenderem), mas não dá para deixar de postá-lo:

Anúncios

10 COMMENTS

  1. Jornais e blogs que mentem e lubridiam o povo brasileiro com verba do próprio povo
    – Diario do Centro do Mundo
    – Viomundo
    – Brasil 171
    – Pragmatismo Político
    – Tijolaço

    Freelancers: Sakamoto, Paulo Moreira Leite, André Singer (que também trabalha na parte estratégica do movimento comunista) e Paulo Henrique Amorim

  2. Luciano, após a enxurrada de denúncias contra o Cunha, que é só o início, quanto tempo até retorno do colapso mental dos republicanos cujo julgamento do TCU havia acabado?

  3. gasto de 500 mil dolares?
    em uma conta secreta, nao declarada.
    crime de lavagem de dinheiro.
    pode ser presa, sim.
    nao ha meios para que a jornalista tenha esse padrao de consumo.

    • gasto de 500 mil dolares?
      em uma conta secreta, nao declarada.

      Manda a declaração de Claudia aí.
      crime de lavagem de dinheiro.
      Queremos ver a denúncia, pois ela não tem foro privilegiado.
      pode ser presa, sim.
      Vamos testar isso…
      nao ha meios para que a jornalista tenha esse padrao de consumo.
      Manda os dados da investigação sob os “meios” da Claudia aí.

      • Creio que vc sabe que esse nível de detalhamento na informação não veio do nada.
        O problema no caso é só esperar a divulgação de fotos dos documentos?
        O que falta, afinal?
        Bem, não é preciso insistir muito nisso.
        Cunha perdeu muito capital político.
        Mas ainda tem escolhas a fazer.
        Reitero minha aposta de que vai se apegar até onde puder e não vai tomar a mesma atitude de Jefferson.
        Quanto a vc, espere a divulgação dos documentos, cujo conteúdo já sabemos.

  4. A oposição, numa atitude QUIXOTESCA, decidiu pedir a saída de Eduardo Cunha da Presidência da Câmara, fazendo coro com grande parte da imprensa, o PT e seus satélites.

    The Yalta Conference (February 4 to 11, 1945)

    Imagino jornalistas brasileiros e líderes da oposição viajando no tempo, para aconselhar Roosevelt e Churchill:

    “NÃO SE PODE FAZER ALIANÇA COM STALIN, UM TIRANO QUE TEM O SANGUE DE MILHÕES DE INOCENTES NAS MÃOS, MESMO PARA DERROTAR HITLER. ISTO MANCHARIA A REPUTAÇÃO DAS NAÇÕES DEMOCRÁTICAS”

    O que ouviriam do primeiro-ministro inglês:

    “If Hitler invaded hell I would make at least a favorable reference to the devil in the House of Commons.”

    O que ouviriam do presidente Americano:

    “I can’t take communism, but to cross this bridge I would hold hands with the devil”

    Neste momento DELICADÍSSIMO de nossa história, precisamos de formadores de opinião e lideranças políticas com a lucidez destes dois grandes estadistas!

  5. Luciano,

    Interessante que:

    – Alguns, cientes de que a imprensa trabalha para o governo, comprem (ou se rendam) a pauta da mídia ao invés de exigir evidências.
    – Acreditam no PGR, o mesmo que não quis investigar a campanha da Dilma a mando do TSE e deixou de recorrer ao STF na causa do fatiamento das ações.
    – Ainda façam julgamentos morais ao invés de se posicionar no campo de batalha,se é que enxergam como uma guerra.
    – Ainda por cima acreditam que o oponente, depois da derrota no TCU, não seria capaz de reação (mesmo perdendo quase todas as batalhas, ainda estão vivos).

    Talvez, para livrar do colapso mental, será necessário listar os que foi realizado ao longo dos últimos doze meses, as vitórias e derrotas, e o que falta até a queda da Dilma. Vou fazer uma compilação.
    Aliás, gosto de seu apontamento, e assim interpreto, de que a queda da Dilma é só um primeiro grande passo. A liberação da mídia, o prosseguimento da lava jato e da AIME e o desaparelhamento do estado brasileiro são muito mais importantes neste momento e no longo prazo para a causa republicana.

Deixe uma resposta