O equivocado discurso negacionista contra as opções pragmáticas na política

27
124

Pragmatico

Há mais de uma maneira de negar a política, de acordo com as possibilidades que temos. Uma delas se baseia em negar acordos possíveis com os políticos não diretamente alinhados com o projeto petista – e que, portanto, podem gerar resultados se forem adequadamente pressionados. Sem estes acordos, a alternativa é uma só: uma rebelião “civil”, que obviamente resultaria em colapso das instituições – que já não valem muita coisa mesmo, mas sempre é possível piorar o que já está ruim -, o que poderia gerar resultados imprevisíveis, intencionalmente ou não. Entre estes resultados podemos ter intervenção militar ou guerra civil, ou ambos. Ou qualquer outra coisa nessa linha.

Uma pena é que várias destas pessoas utilizem recursos de prestidigitação, muitas vezes ofensivos à inteligência. Talvez o façam de boa fé, e, neste caso, enganam-se a si mesmos e aos outros.

O leitor Excogitatoris Liberum escreveu:

Cuidado com os “iluminados”, pois são perigosos!
MBL = Movimento Busanfa Livre
Lema do MBL: “Bundas Moles do Brasil! Uni-vos em prol do fabianismo!”
.
As ovelhas do MBL montaram acampamento e acamparam acampantes, aguardando excitadas que seu herói pastor, o FHC (Pacto de Princeton), sacerdote máximo de sua igreja, o PSDB, vá ministrar-lhes um sermão, com boa e magnífica lábia retórica fabiana, soando como música em seus ouvidos delicados e ingênuos. Depois levantarão acampamento felizes e crentes de que suas “ações” caprinas resultarão em grandes benefícios ao Brasil e ao Povo Brasileiro.
Quem for suficientemente trouxa para engordar o movimento do MBL, já aliciado e cooptado pelo PSDB e pelo raposão FHC, então vá acampar com a feliz Molecada Bunda-Lelê “salvadora” do Brasil.
Yeah!

Escrevi, não em perspectiva empolgada, mas niilista, o seguinte:

Desculpe-me, mas eu prefiro a social democracia do PSDB do que o bolivarianismo do PT. Esta é uma BOA OPÇÃO, então. Qual seria a opção alternativa?

Em seguida, ele escreveu essa resposta, a qual explica muita coisa sobre este padrão comportamental:

Você sabe quais são as implicações da “ideologia” dessa tal “social” democracia, Ayan ?
Penso que você deva saber o que é o socialismo fabiano, você sabe ?
Você conhece a história e os feitos do General Romano Caius Fabius, de onde deriva o termo “fabiano” e de cuja filosofia militar advém o socialismo fabiano adotado pelo PSDB, o qual ele denomina com o pomposo nome de “social democracia”?
Você sabe que foi Caius Fabius o inventor da máxima: “Dividir para conquistar”?
Portanto ao dizer que apoia a tal “social” democracia do PSDB você não está se posicionando como um CONSERVADOR e sim como um socialista (esquerdista). É isso então Ayan ?
Você quer uma alternativa? Então vai uma aí:
GREVE GERAL para parar o Brasil até que uma nova estrutura política seja estabelecida.
Para colocar a casa em ordem, limpando-a dos ratos, lacraias e baratas.
Desculpe-me, mas dizer que as coisas irão melhorar pela mera troca de “bandidos”, trocando o PT pelo PSDB, é uma análise simplória e, a meu ver, enganosa, é desconhecer uma importante estratégia esquerdista denominada “ESTRATÉGIA das TESOURAS”, na qual o PSDB é um protagonista importantíssimo.
Você tem todo o direito de acreditar no que quiser e ter sua opinião, mas isso não significa que você esteja CERTO e que sua opinião seja, DE FATO, uma SOLUÇÃO.
Por favor, entenda que esta minha posição não é contra sua PESSOA.
Abraços.

Me parece que ele confirma minha tese: a negação da política tem como fito gerar motivação para ações desenhadas a fim de gerar o colapso de que falei. Por exemplo, se os membros do Executivo, Legislativo e Judiciário forem tirados de lá, seja pela via dos pontapés, seja pela via de pessoas ameaçando se suicidar em frente ao Congresso, haverá evidentemente o colapso, ao fim do qual temos que manter absoluta fé nas pessoas assumindo o poder. Lembro que já foi dito que após esse passo, um “grupo” deveria tomar o poder e estabelecer novas eleições. Mas até que isso aconteça não há outro componente central a ser assumido por nós que não a fé nessas pessoas que tomarem o poder. É uma constatação lógica.

Que, ao menos no caso deste leitor, é esta a proposta, não temos dúvidas. Assim, já sabemos o que ele propõe. E talvez não seja o que muitos querem.

Então vamos ao próximo passo, pois ele me acusa de fazer “análise simplória”, ignorando as máximas do fabianismo e daí por diante. Mas essas máximas não foram ignoradas em momento algum por mim. Eu de fato prefiro um governo do PSDB ao do PT, e muitos que hoje adotam o negacionismo também fizeram campanha por Aécio nas eleições. Será que elas tiraram o fabianismo da mente naquele período? Estranho…

Está claro que esses negacionistas afirmam que se for para trocar o PT pelo PSDB, então é melhor deixar pra lá. A tal “estratégia das tesouras” cuidaria de tudo. Com o PSDB no poder, a esquerda se sustentaria. Mas eis onde encontramos o pulo do gato, que denota o exercício de ilusionismo argumentativo:  o arrefecimento de toda forma de oposição ao esquerdismo é uma premissa inventada, seja na análise do comportamento dos membros do MBL (ou de qualquer variação da direita pragmática), seja na análise comportamental dos próprios negacionistas atuais (que poderiam até deixar de sê-lo no futuro, se recuperarem a esperança na política).

Ninguém aqui disse que abandonaria qualquer luta por causas liberais e/ou conservadoras assim que porventura o PSDB chegasse ao poder. Ou mesmo que o PMDB chegasse lá. É justo que os negacionistas suspeitem. A suspeita é saudável em vários momentos, pois nos torna mais críticos. Mas suspeitar das intenções de alguém, principalmente de um aliado há pouco tempo atrás, não cria automaticamente um fato. E esta não é a alegação mais bizarra. É esta: o resultado será o fim do combate à esquerda em geral, com encerramento de ações não apenas por parte da direita pragmática, como da direita negacionista.

Esperem aí, vamos calma, muita calma nesta hora. Existe realmente um movimento anti-esquerda –  o que é muito saudável – e com o qual eu compartilho diversos interesses em comum. Se algumas pessoas que recentemente ficaram bravas comigo acham que estou contra elas, provavelmente não prestaram atenção no que escrevo: eu estou a favor dessas pessoas em vários pontos e várias lutas, embora discorde de algumas táticas. Contudo, o mínimo que poderíamos esperar é que elas mantivessem sua luta política, criando think tanks e camadas de conscientização em larga escala, no advento de um possível governo tucano ou pmdebista. Para que a premissa (derivada de uma conclusão tirada de não sei onde) de que “o movimento anti-esquerda morre com a saída do PT pelas vias políticas, especialmente se os políticos que os tirarem forem esquerdistas” fosse verdadeira, seria preciso que esses negacionistas estivessem corretos não apenas no que dizem sobre o conteúdo mental (as intenções, no caso) dos “pragmáticos”, mas deles próprios. Façamos uma tradução do que esses negacionistas parecem dizer sobre seu próprio pensamento:

Nós, que rejeitamos qualquer atitude do MBL, do Revoltados Online, do Vem Pra Rua e de todo grupo nesta linha que venha a endossar pedidos de impeachment de esquerdistas, deitaremos na rede logo em seguida à derrota do PT. Daí abandonaremos a política, vamos começar a falar de teatro ou cinema (no máximo), e, por isso, ações que visem solidificar o pensamento direitista ou demolir o pensamento anti-esquerdista vão acabar.

É exatamente isto que essas pessoas querem nos dizer? Eu acho difícil que pensem assim. E, em uma análise mais justa, podemos dizer que essas pessoas vão continuar lutando. Pelo menos deveriam. E eu confio que continuarão fazendo. Assim, não faz sentido algum dizer que a “substituição do PT pelas vias políticas tradicionais, com os meios que temos” vai ajudar a esquerda. Na verdade, a esquerda só vai ser ajudada se esta direita tomar a opção de fazê-lo. Deste jeito, parece que eu confio mais no potencial que essas pessoas possuem de ajudar a solidificar um pensamento de direito do que eles mesmos.

O que eu estou querendo dizer é que, se eles confiam em seus próprios tacos, então deveriam apoiar a derrubada do PT pelas vias políticas. Mas confiar no próprio taco significa dizer – de verdade – que há muito trabalho político pela frente, quer no controle de narrativa, quer na guerra por posições, a ser feito também por este próprio grupo político, como por outros grupos políticos de direita. Se isto é um fato – e eu  espero que seja, pois serão eu me decepcionaria ainda muito mais com este grupo -, então eles não possuem um argumento lógico para negar a luta concentrada contra o impeachment agora. Luta que, se levada a cabo com sucesso, deveria ser sucedida por uma nova série de batalhas na guerra cultural, onde contamos com a ajuda ou até possivelmente o protagonismo dessas pessoas. Se elas realmente acreditam em suas próprias intenções para este tipo de guerra cultural, deveriam saber que substituir o PT é um primeiro passo de uma guerra maior. Mas, se elas não acreditam que podem realmente fazer a diferença neste sentido, então aí, e somente aí, dizer “tanto faz se ficar o PT ou não” passaria a fazer sentido.

E se é isso que eles realmente querem dizer, aí é que temos mais motivos para ficarmos preocupados com as intenções negacionistas. Mas, como já disse, não acredito que eles queiram levar este argumento à frente. Então, propor qualquer abandono das lutas políticas atuais (e prioritárias) em nome de um medo de “auxílio ao esquerdismo” é um argumento ruim, por se basear em uma premissa falsa.

Anúncios

27 COMMENTS

  1. Em essência o sujeito está certo: o socialismo fabiano não é a melhor opção frente ao bolivarianismo. Entretanto, se eles estão brigando entre si ao menos que não atrapalhem o enfraquecimento do lado pior.

    O que vou escrever aqui é bastante polêmico, mas o povo norte-americano só perdeu quando Roosevelt declarou guerra ao Eixo. O melhor seria que os EUA declarassem guerra apenas ao Japão e não ao Eixo (como Stálin fez não não declarar guerra ao Japão antes da derrocada dos nazistas) e Churchill aceitasse os diversos pedidos de cessar-fogo feitos por Hitler quando a “Barbarrosa” começou a desandar.

    Por falta dessa visão, poder-se-ia deixar os dois tiranos se enfraquecerem mutuamente e certamente com a Alemanha e satélites dedicados totalmente ao Leste (Hitler não teria deixado tantas tropas estacionadas na Noruega e na França e combatendo na África) os bolcheviques seriam derrotados no máximo até 1944. Entrementes, seria uma “vitória de Pirro” para o Eixo e 1945 seria a melhor hora para um “Dia D” em conjunto com 2 bombas atômicas que seriam lançadas em cidades alemãs, idealmente em um dia em que Hitler estivesse em Berlim.

    Voltando ao cenário brasileiro, o melhor é que os socialistas digladiem-se, mas que não fiquemos em uma posição que favoreça aos bolivarianos (criticando as manifestações de rua, por ex.) mas também não devemos nos filiar ao PSDB. Enquanto isso, deixemos que o Partido Militar cresça enquanto os socialistas se enfraquecem.

  2. Bundas moles do PSDB, partido de comunistas como FHC e Zé Serra e outros “caciques” vermelhos são igual ao PT comunista, farinha do mesmo saco!

  3. Um problema do negacionista é que ele não se vê como negacionista, pois ele lê Olavo, compartilha Olavo, assim como, por exemplo, seguidores de Bolsonaro. Porém, eles não percebem que a política vai além, ou seja, não é suficiente apenas fazer campanha sobre Olavo só para o público de Olavo(mesmo para Bolsonaro), você precisa criar ambiente favorável para políticos deles, e isso, para a infelicidade deles dá trabalho e requer apoiar a esquerda moderada e centro(dem), requer atingir também esse público, aí começa a pior parte para o negacionista, a parte que é sair da zona de conforto(que era praticar as táticas comuns ao seu dia), e partir para um passo além, que inclui observar quais as palavras de Bolsonaro/Olavo podem ser convincentes para esse público fora do nicho, mas, vai além, eles precisariam identificar outros candidatos que poderiam ajudar seus ideais um pouco(ajudar ideais e apoiar o candidato deles), e, reforçar também esses, isso é criar um ambiente favorável, é preparar o terreno para candidatos de direita. O negacionista é como aquele antigo católico que, lê a Bíblia, participa da missa, ensina a palavra para a família e fica feliz ao salvar a sua alma – diferente do evangélico que, lê a Bíblia e pensa, tenta e pratica ações para salvar pessoas fora de seu nicho e trazê-las para sua igreja.
    Eles não querem lutar na política, querem ganhar a guerra e voltar a dormir, voltar à rotina e à zona de conforto, por tal que, possivelmente a esquerda sempre vencerá, pode perder hoje, mas virá mais forte amanhã.

    • Só uma critica, citei “requer apoiar a esquerda moderada e centro”, mas nem é precisamente apoiar, é talvez defender quando é de interesse(vídeo abaixo mostra) e não atacar desnecessariamente com coisas que podem levar pessoas para o lado oposto, um exemplo é ficar repetindo que MBL é ‘PSDB esse é mesmo que PT’, pois isso pode levar pessoas a desistirem da luta, ajudando entregarem o Brasil de bandeja para bolivarianos. O vídeo abaixo mostra Bolsonaro defendendo MBL por ser de seu interesse, e ainda atacando o PT e extrema esquerda, o único erro de Bolsa foi dizer que apoia Cunha mas “vai lhe apunhalar depois”, por mais que Cunha imagine ou saiba disso, ficar lembrando ele do fato, isso só ‘ataca o psicológico’ e, pode fazer ele rever suas intenções de impeachment e correr para os braços do PT:


      https://www.youtube.com/watch?v=e082rrGSa-U

      Só para terminar, o MBL está em Brasília, ensinando e incentivando a população a fazer resistência, a lutar. Tem uma turma de militontos da direita que se acham o máximo por ler tudo de Olavo(como petistas decoram PHA), mas na prática, só dão tiro no pé, com sua arrogância mais favorecem a esquerda do que a direita, e acham que estão fazendo toda a diferença, quando na verdade escondem seu despeito pelas várias ações de grupos como o MBL e outros.

      • Muito bem observado! Você tocou em um ponto FUNDAMENTAL: Estes ataques gratuítos ao MBL, Vem Pra Rua e a qualquer outro que se opõe ao PT, são praticados por NARCISISTAS! Estão em busca de FAMA E FORTUNA, por isso não basta apenas “SE OPOR”, não! É preciso SE OPOR DO JEITO DELES, para que eles tenham a sua vaidade pessoal saciada!

        O mesmo se dá quando algum “admirador” de A ou de B, percebe algum “ataque ao seu mestre”: Reagem com o fígado, não por discordarem apenas mas porque sentem que a contestação de alguma ideia ou fala de seu “mestre” lhes abalaria também o seu “networking pessoal”, como se ser oposição a uma DITADURA, entrasse na mesma categoria de indicação a algum emprego cobiçado…

        Isso simplesmente é de DESANIMAR!

  4. Depois de ler mais um ataque à oposição de um colaborador ocasional do blog de Augusto Nunes, decidi escrever uma resposta bem simples, que serve para todos os blogs independentes, pois a área de comentários dos mesmos vive poluída com a desqualificação dos partidos oposicionistas, que combatem os maiores inimigos da nossa democracia e do nosso desenvolvimento: Lula, Dilma e PT. Vejam o que disse VLADY OLIVER no final de seu ataque:

    “Faço questão de fazer a mais dura campanha CONTRA eles (oposição) que puder fazer, por um motivo simples: Bom senso. Quem tem o bom senso ao seu lado, morre atirando, meus caros. Quem tem mortadela espalhada na cueca, morre mesmo é de medo. É isso aí.”

    Minha resposta:

    Tem gente que detesta a simplicidade, como se esta fosse uma característica de pessoas intelectualmente limitadas, e que escreve usando mais o fígado do que o cérebro.

    Fazer incontáveis críticas “construtivas” à oposição, só fortalece o partido que desgoverna o Brasil há 13 anos e faz o diabo para evitar a alternância de poder. E concorrer para o fortalecimento do inimigo de nossa democracia e do nosso desenvolvimento jamais poderia ser considerado um sinal de bom senso. Tudo, menos isso.

    Adoraria ver os líderes da minoria oposicionista na Câmara e no Senado impondo sua vontade à maioria governista nas votações mais importantes, instalando todas as CPIs que achassem necessárias (com direito a indicar presidente e relator), além de comandar o processo de escolha dos nomes que presidiriam as duas casas. Jornalistas do mundo inteiro viriam ao Brasil para entrevistar os dois fenômenos do nosso parlamento. Infelizmente, o PSDB não dispõe de lideranças com poder de persuasão sobrenatural.

    Minha admiração por Augusto Nunes só faz aumentar, por permitir que pessoas com idéias muitas vezes divergentes das suas usem e ABUSEM de seu blog. A mesma coisa acontece no programa Roda Viva, da TV Cultura, que ele comanda com brilhantismo. Um verdadeiro democrata.

  5. A melhor estratégia é um contínuo ganho de campo. Uma doutrina morre de fato, não quando ela é perseguida e proibida, e sim quando se torna ridícula – é isso que merece o bolivarianismo. A guerra cultural e a desmoralização do adversário é o passo mais importante.

    • Quando ela é proibida, muitas veses tende a se fortalecer.
      Foi exatamente o que aconteceu com a esquerda no Brasil…. e com a direita vários países do leste europeu

    • Verdade, de tanto apanhar, antes apenas a esquerda sabia lutar, agora quem aprenderá é a direita. O Brasil pode estar perdendo muito com o PT no poder, mas também garante que em uns 10 anos, pela maioria será lembrado como é lembrada a ditadura, ainda muito pior, porque terá a marca da corrupção e mentira.

  6. E O VLADY OLIVER REPLICOU (EU JÁ ESPERAVA POR ISSO):

    Oliver – 23/10/2015 às 11:34
    Permite a réplica?
    Acho difícil entender o que disse o colega comentarista Data Venia – 3:37. Aliás, acho difícil discutir até, com algum Data Venia. Provavelmente o colega se esconde no codinome pelas represálias que poderá sofrer, caso se identifique. Não o recrimino. Acontece que tem gente que não se esconde, meu caro amigo. Arrisca-se colocando a cara no palco sem ganhar um centavo por fazê-lo; muito pelo contrário. Não se contenta em ser um indigente na plateia. Na atual conjuntura, não exibir-se em público é tudo o que quer a patrulha montada que nos desgoverna. Aí você quer que a oposição não sofra “críticas construtivas”. Destrutivas pode? Minha admiração pelo Augusto aumenta exatamente pelo contrário do que você justifica aqui. Ele tem coragem de colocar aqui não a colegada com quem divide a cerveja, mas textos que cultuem a reflexão, mesmo dos dissidentes. Como é duro conviver com o contraponto, não é mesmo? Isso chama-se DEMOCRACIA. Vai aprendendo.

    Minha tréplica:

    Caro Vlady Oliver, o campeão do fogo amigo: não gaste tanto tempo na busca dos defeitos da oposição com seu microscópio político-eletrônico, procure “atirar” nos verdadeiros inimigos.

    E lembre-se: MINORIA parlamentar não derruba governo em nenhum lugar do mundo! A menos que o povo resolva apoiar. Como todo político tem um apurado instinto de sobrevivência, a pressão popular invariavelmente causa dissidência na base governista. Só os mais fanáticos aceitariam destruir sua carreira política para tentar salvar um governo atolado em escândalos de corrupção e com pífia aprovação do eleitorado.

    Se você sabe de uma estratégia, que dispense a pressão do povo nas ruas (e na frente do Congresso), e leve a oposição MINORITÁRIA a derrotar uma maioria governista movida a cargos e pixuleco, um STF bolivariano, os blogs sujos e a imprensa chapa branca, não deixe de divulgá-la. Vai entrar pra história, virar herói nacional.

  7. Caro Luciano Ayan.

    AGORA FIQUEI CONFUSO COM SUA REAL POSTURA.

    Alias o termo “NEGACIONISTA” empregado por você é um termo de “EFEITO RETÓRICO” apenas.

    POR FAVOR, ESCLAREÇA-NOS, então:

    VOCÊ CONSIDERA O OLAVO DE CARVALHO UM… “NEGACIONISTA” ???

    O Olavo se posiciona claramente contrário aos argumentos discorridos por você, Ayan.

    Solicito a você, se possível, que faça um post sobre o conteúdo CONTUNDENTE do hangout abaixo.

    Abraços.

    • Caro Ayan.

      Você esqueceu de abordar a afirmação que fiz em “Post Scriptum”:

      O MBL é o conjunto das virgens perdidas no interior do cabaré.

      O PSDB é o cafetão de olho grande nas virgens, que exibem amplo potencial de lucros políticos.

      Embora seja um colocação irônica, admito, ela descreve de modo sucinto e exato a realidade.

      E a verdade, apesar de mim ou você, necessariamente sempre será PREVALENTE.

      Abs.

      • Você realmente tem CERTEZA das intenções de cada parte nisso, certo? Como é que eu vou discutir depois disso? O que posso dizer é “se você acha…”. Agora vamos acompanhar os resultados dos grupos negacionistas.

    • Post Scriptum

      Quando digo “EFEITO RETÓRICO” quero dizer exatamente isso, literalmente.

      “Efeito Retórico” serve apenas de confete e purpurina para realçar um específico ponto de vista.

      “Efeito Retórico” não possui capacidade de validar ou invalidar um argumento.

      “Efeito Retórico” apenas se apresenta “bonitinho” e “inteligentinho” à plateia.

      “Efeito Retórico” é apenas um “bafo” discursivo.

    • Caro Ayan.

      Perceba que você está viajando, meu caro.

      {”
      Me parece que ele confirma minha tese: a negação da política tem como fito gerar motivação para ações desenhadas a fim de gerar o colapso de que falei. Por exemplo, se os membros do Executivo, Legislativo e Judiciário forem tirados de lá, seja pela via dos pontapés, seja pela via de pessoas ameaçando se suicidar em frente ao Congresso, haverá evidentemente o colapso, ao fim do qual temos que manter absoluta fé nas pessoas assumindo o poder. Lembro que já foi dito que após esse passo, um “grupo” deveria tomar o poder e estabelecer novas eleições. Mas até que isso aconteça não há outro componente central a ser assumido por nós que não a fé nessas pessoas que tomarem o poder. É uma constatação lógica.

      Que, ao menos no caso deste leitor, é esta a proposta, não temos dúvidas. Assim, já sabemos o que ele propõe. E talvez não seja o que muitos querem.

      Então vamos ao próximo passo, pois ele me acusa de fazer “análise simplória”, ignorando as máximas do fabianismo e daí por diante. Mas essas máximas não foram ignoradas em momento algum por mim. Eu de fato prefiro um governo do PSDB ao do PT, e muitos que hoje adotam o negacionismo também fizeram campanha por Aécio nas eleições. Será que elas tiraram o fabianismo da mente naquele período? Estranho…
      “}

      Em primeiro lugar, é você que está me acusando injustificadamente de ser um “NEGACIONISTA da POLÍTICA”. Alias esse termo de efeito retórico ao qual você recorreu é hilário: “negacionista” ?
      Hahaha… Ora Ayan, vamos lá, você pode fazer melhor que isso…

      Não há, no meu texto, qualquer afirmação direcionando para a “NEGAÇÃO da POLÍTICA, mas SIM!, para a NEGAÇÃO da VALIDADE POLÍTICA de seu amado PSDB e da VALIDADE IDEOLÓGICA de sua amada, pomposa e FALACIOSA “Social Democracia”.

      Em segundo lugar, não vim aqui para “ACUSAR” o Lucino Ayan.
      Você escreveu claramente que eu estou te “ACUSANDO” de análise simplória.

      Não Ayan, EU NÃO ESTOU TE “ACUSANDO” de PORRA NENHUMA.

      Estou apenas expressando minha opinião sobre sua análise SER SIM!, MUITO SIMPLÓRIA.

      Abraços.

      • Excogitatoris Liberum

        Em primeiro lugar, é você que está me acusando injustificadamente de ser um “NEGACIONISTA da POLÍTICA”. Alias esse termo de efeito retórico ao qual você recorreu é hilário: “negacionista” ?

        O que é um ateu senão um negacionista da religião? O que é um teísta senão um negacionista da hipótese de um mundo sem criador? Em termos de guerra política, o negacionista é aquele que, por diversos argumentos, irá se posicionar, em maior ou menor grau, contra as ações políticas disponíveis. Uma dessas formas é apelar para opções políticas INVIÁVEIS, ou negá-las completamente.

        Hahaha… Ora Ayan, vamos lá, você pode fazer melhor que isso…

        Sugira outro termo.

        Não há, no meu texto, qualquer afirmação direcionando para a “NEGAÇÃO da POLÍTICA, mas SIM!, para a NEGAÇÃO da VALIDADE POLÍTICA de seu amado PSDB e da VALIDADE IDEOLÓGICA de sua amada, pomposa e FALACIOSA “Social Democracia”.

        Então vamos lá. O que VOCÊ propõe?

        Em segundo lugar, não vim aqui para “ACUSAR” o Lucino Ayan. Você escreveu claramente que eu estou te “ACUSANDO” de análise simplória. Não Ayan, EU NÃO ESTOU TE “ACUSANDO” de PORRA NENHUMA. Estou apenas expressando minha opinião sobre sua análise SER SIM!, MUITO SIMPLÓRIA.

        Vamos fazer o teste, então.

        Defina suas PROPOSTAS POLÍTICAS para as próximas semanas ou meses.

        Abs,

        LH

    • Não é “efeito retórico”. É um termo que uso para definir pessoas que, de uma forma ou de outra, NEGAM a política em toda sua plenitude. Se há uma forma de treinar um grupo de pessoas para JOGAR A GUERRA POLÍTICA, é preciso que este grupo entenda todos os COMPORTAMENTOS de negação. Não há nada de ofensa nisso. Não me interessa quem o faça. Não estou avaliando o Olavo ou outra pessoa, pois, como dizem os leitores dele, não se pode avaliar “fragmentos” de um autor como ele. Estou me importando com as AÇÕES TÁTICAS executadas por pessoas nas redes sociais. E se elas aparecem pelas redes de pessoas interessadas em política e dizem “desistam da política, venham para a intervenção civil” esses comportamentos precisam ser conhecidos, sejam eles ligados ao Olavo ou não.

  8. Ué!

    Por que você cancelou minhas réplicas?

    Elas ofenderam sua sensibilidade “adulta” e “madura” de social democrata lindinho ?

    Puxa! Como sou monstruosamente insensível falando coisas feias pro NENÊ da MAMÃ, né ?

    Na verdade você se revela como um mero MOLEQUE da MAMÃ, que não quer ser contrariado.

    Você pode ser, sim!, um sujeito adulto, afinal não te conheço.

    Mas você COMPROVOU AGORA, com essa sua atitude INFANTIL, que NÃO TEM verdadeira MATURIDADE.

    Você apenas PROVOU com essa sua atitude INFANTIL que é um BOBÃO SUB DESENVOLVIDO, embora medianamente esclarecido.

    OK! Faça como quiser, afinal o blog é seu, e aqui a sua tirania infantil é absoluta.

    Mas não se iluda, bobão. Tudo o que está oculto será revelado.

    As pessoas inteligentes, maus cedo ou mais tarde, irão conhecer sua VERDADEIRA NATUREZA.

    Enquanto isso continue se auto enganando, com sua estúpida presunção.

    Essa é uma das características da Democracia.

    E eu aqui, como um trouxa, pensando estar me relacionando com um intelectual de valor.
    Vivendo e aprendendo, né ?

    Felicidades, Luciano Henrique Ayan, molecão bobão e covarde, que se acha um Homem.

    Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha!

    • Excogitatoris Liberum

      Ué! Por que você cancelou minhas réplicas? Elas ofenderam sua sensibilidade “adulta” e “madura” de social democrata lindinho ?

      Está vendo como esse grupo mais radical descamba fácil? Eu fiquei dois dias sem acessar aqui, e alguns comentários se acumularam. Você já INVENTOU uma premissa sobre minhas intenções. Assim como você provavelmente INVENTARÁ as premissas que estão na mente do pessoal dos movimentos de rua para tomar uma determinada ação. É impossível argumentar com vocês se for assim.

      Puxa! Como sou monstruosamente insensível falando coisas feias pro NENÊ da MAMÃ, né ? Na verdade você se revela como um mero MOLEQUE da MAMÃ, que não quer ser contrariado. Você pode ser, sim!, um sujeito adulto, afinal não te conheço. Mas você COMPROVOU AGORA, com essa sua atitude INFANTIL, que NÃO TEM verdadeira MATURIDADE. Você apenas PROVOU com essa sua atitude INFANTIL que é um BOBÃO SUB DESENVOLVIDO, embora medianamente esclarecido. OK! Faça como quiser, afinal o blog é seu, e aqui a sua tirania infantil é absoluta. Mas não se iluda, bobão. Tudo o que está oculto será revelado. As pessoas inteligentes, maus cedo ou mais tarde, irão conhecer sua VERDADEIRA NATUREZA. Enquanto isso continue se auto enganando, com sua estúpida presunção. Essa é uma das características da Democracia. E eu aqui, como um trouxa, pensando estar me relacionando com um intelectual de valor. Vivendo e aprendendo, né ? Felicidades, Luciano Henrique Ayan, molecão bobão e covarde, que se acha um Homem.

      Tsc, tsc…

      Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha!

  9. Olavo de Carvalho passou 10 anos escrevendo SEMANALMENTE nos 5 maiores jornais e revistas do país. NENHUM crítico do esquerdismo/globalismo jamais teve tamanha abertura dentro da mídia esquerdista/globalista brasileira ESTRANHO, NÃO?. Olavo jamais teria a influência que tem hoje se não fosse este período me maciça exposição de suas idéias na mídia oficial, isto é fato. Ao se tornar oficialmente o “guru da direita”, sua atitude tem sido estimular incessantemente a revolta popular e buscar saídas fora da via institucional, inclusive indo contra o que dizia até outro dia, com aquele papo de formar uma intelectualidade por 30 anos antes de tomar qualquer iniciativa de cunho político. MUITO, MUITO ESTRANHO MESMO!

    Ele vive reclamando que foi demitido dos jornais que trabalhava por estar incomodando a esquerda, mas nunca conseguiu explicar como os demais direitistas jamais conseguiram NEM UMA LINHA de espaço na mídia, ao passo que ele (Olavo) ficou lá incomodando não só esquerdistas mas principalmente globalistas semanalmente por longos 10 ANOS! Que porra de censura globalista/esquerdista da mídia era essa que ele denunciava, que só funcionava com os outros? O que ele fazia ali?

    Alerta Geral; Os frutos podem estar prontos para serem colhidos! Olavo pode querer radicalizar os movimentos de direita para dar o pretexto definitivo para o golpe da esquerda globalista no Brasil. Ele pode ter sido posto na grande mídia justamente para isso! Uma armadilha temporária que fala verdades demais, por isso acima de qualquer suspeita. Olavo pode estar formando uma intelectualidade não para mudar o Brasil, mas para ir para a forca na revolução que se avizinha, afinal seu banco de dados está cheio de nomes e CPFs de alunos e frequentadores de sua rede social.

    Antes que os baba-olaovos venham ouriçados, deixo lembrado que não precisa ter escrito 583 livros de filosofia reconhecidos internacionalmente para ver um rato escondido na cozinha, e com o rabo de fora.

  10. Pior que esses caras nem fazem o que pregam( rebelião, intervenção civil, só xingam muito na internet mesmo) mas adoram criticar o que os outros estão fazendo. Não ajudam em nada, só atrapalham, o PT pode ficar tranquilo, que com esses estrupícios que o Olavismo gerou o PT não corre risco nenhum.

Deixe uma resposta