BLOSTA diz que impeachment é “racismo”

17
152

BLOSTA

E de repente a prostituta olha para aquele sujeito escroto com as fantasias mais bizarras, e pensa: “O que eu não tenho que fazer pelo leitinho de meus filhos?”. Na BLOSTA, aqueles que tem algum senso de honra – nem falemos de moral, pois aí é pedir o impossível – devem pensar o mesmo: “O que eu não tenho que fazer pelas verbas de anúncios estatais?”

Um exemplo é um texto de Dennis de Oliveira, na Revista Fórum, onde ele alega que o impeachment é racista. Veja este trecho:

Por que o golpe que está sendo armado pela oposição, com Cunha a frente, é racista? Muitos vão dizer, afinal Dilma não é negra. E outros, que as políticas de combate ao racismo desenvolvidas no seu governo e no de Lula são tímidas e insuficientes.

Assino embaixo. Dilma não é negra e, portanto, não é por conta da sua pessoa que querem tirá-la. E também esta coluna Quilombo tem criticado bastante as políticas de combate ao racismo desenvolvidas no governo pela sua timidez e falta de recursos.

Mas quem quer tirar Dilma do governo não o faz por conta disto. Faz justamente porque não aceita sequer as poucas políticas de inclusão social e racial feitas nos últimos anos.

Isto é, para eles toda grande maioria dos brasileiros que quer impeachment faz parte de um plano… racista.

Mas como pode essa gente se rebaixar tanto a um argumento tão ofensivo à inteligência assim? Eis o que estava estampado na mesma página:

tetinhas

Sem mais.

Anúncios

17 COMMENTS

  1. GUERRA NA URSAL:Foro de São Paulo articula invasão do Brasil pela Venezuela,Colômbia,Argentina e Cuba.O FSP reunirão todos os países da AS,signatários do FSP,à programar invasão,inclua-se as FARCS.Se Dilma cair,cai o projeto de governo nas Américas do Sul,Central Caribe.Alem de envios de Soldados chinês 500,que já estão no Brasil juntamente com cubanos e venezuelano,treinados em seus países.Somes-as exercito de Stédile.Não há como o governo corrupto escapar das acusações na OP Lava Jato,impossível conter o caos.Militares toquem o alvorada!

  2. As redes de TV e os grandes jornais vão continuar ajoelhados diante do Palácio do Planalto e de costas para o Povo Brasileiro. Se existe um pedido de impeachment contra Dilma a ser votado no Congresso, o mérito é dos blogs independentes, de grupos como o MBL e das pessoas que não se renderam ao comodismo, à desesperança, e foram pra rua gritar FORA DILMA, FORA LULA, FORA PT em março, abril e agosto. Dia 13 de dezembro, QUEM NUNCA FOI, TEM OBRIGAÇÃO DE COMPARECER. Não existe mais a desculpa “não vai adiantar nada”

  3. Isso não vai acabar tão cedo enquanto existirem essas verbas vampiras. São anos de doutrinação cultural e vai levar outros tantos para remediar. Ainda vamos ter que lutar contra o novo pt limpinho encarnado na rede da Marina.

  4. Essas sandices praticadas pelos que apoiam o governo de forma cega quase que em uma espécie de mantra coletivo, me convencem cada vez mais que os soldados prediletos dos ditadores de esquerda não são necessariamente os esquerdistas, mas os sociopatas que não medem esforços, consequências ou sangue (dos outros) para conseguirem o que querem.

    Acho importante salientar que pelo menos a causa da prostituta do exemplo é mais nobre que a causa esquerdista. Afinal é ela que se sacrifica pelo seu filho. Já o esquerdopata quer que os filhos dos outros (esquerdistas ou não) se sacrifiquem por uma ideologia ou qualquer balela para seu próprio empoderamento.

  5. Enquanto a direita, ou os que se consideram direitistas aceitarem as regras do politicamente correto através do domínio da linguagem promovido principalmente pelo uso de rótulos desqualificantes dos opositores e inimigos como racismo, xenofobia, anti-semitismo, islamofobia, machismo, homofobia e outros tão ou mais ridículos por absurdos, os militantes cérebros de ameba farão uso deles… E o pior, terão monopólio do debate político-ideológico…

  6. Luciano,vc escreveu:O que que a blosta tem que escrever para ganhar os pixulecos.Eu digo:para escrever seu ótimo blog,o que que vc é obrigado a ler.

  7. A decadência da civilização ocidental é vista na Europa e nos países subdesenvolvidos que mimetizam suas políticas, como o Brasil. Sem liberdade, inclusive a de colocar esses canalhas no olho da rua, não temos muito. Nos EUA ainda há alguma liberdade, com uma oposição forte, muitos formadores de opinião direitistas. Uma nova força republicana, diversa, se formando.

Deixe uma resposta