Jacques Wagner coloca encenação de petistas “contra Levy” no lixo. Obrigado, fera.

6
64

jacques-wagner-brasilia

Como qualquer análise adulta nos diria, sempre que os petistas diziam que “querem a cabeça do Levy”, na verdade faziam um jogo de encenação. A prova de que são efetivamente desonestos vem na matéria abaixo, onde Jacques Wagner diz que toda a política econômica vem da Dilma, e não de Levy:

Bahia 247 – O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, disse que a possível saída do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, não terá tanto impacto, “uma vez que quem banca a politica econômica não é o ministro da Fazenda, é a presidenta da República e ela convoca o ministro para cumprir, evidentemente. Se ilude quem aponta o fuzil para este ou aquele ministro. Quem vai bancar a política econômica, quem decide, é ela. Quem bancou a questão do ajuste fiscal foi a presidenta Dilma”, disse Wagner nesta sexta-feira (18).

Ele também defende que o cargo seja ocupado por alguém que consiga mesclar os perfis técnico e político. Declaração de Wagner foi feita um dia após Levy adotar um tom de despedida na última reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN). “Se agora ela entender que está na hora não de sair do ajuste, mas de modular o ajuste, aí é uma decisão pessoal dela”.

Apesar de não confirmar a saída de Levy, Wagner destacou que o ministro da Fazenda deve possuir perfil técnico e político. “Um técnico puro que for um elefante em cristaleira, em seis meses cria muito problema para o governo. E uma seda entre cristais que não resolva nada não resolve a vida do governo”, justificou. Ele também disse não “querer fazer nenhum juízo de valor sobre o ministro Levy”.

Se você tiver algum amigo que diga que “a Dilma é vítima do programa do Levy, que vem da direita”, saiba que está diante de um mentiroso. Obrigado, Jacques Wagner, por este lapso de sinceridade.

Quanto aos grupinhos que fingiram que estavam “a favor de Dilma, mas contra o programa do Levy” merecem ser expostas por sua hipocrisia. Mais uma vez.

Muito bom Jacques Wagner ter dormido no ponto e soltado este ato falho.

Anúncios

6 COMMENTS

  1. PO, o teletubbie vermelho, é o novo sinistro da fazendinha e promete pirulitos de tubaína a todos os substantivos coletivos que iniciarem a dança do créu em Brasília. Vários substantivos e adjetivos dos três phoderes já aderiram e prometem arrebentar com o povo no carnaval, elevando-os à classe medieval. Quem viver, verá!

  2. Este Artigo. O poder da Burrice é simplesmente sensacional. Quando será que os brasileiros se darão conta que o país foi e está sendo conduzido por pessoas burras,seja no passado, por Lula e agora por Dilma. http://www.revistaplaneta.com.br/o-poder-da-burrice/ “Duas coisas são infinitas: o universo e a burrice humana.

    Vou mostrar dois trechos que tem tudo a ver com os fatos presentes Brasil,hoje.
    ” 3) Além da coletividade, há um outro fator que amplifica a burrice: estar numa posição de comando. “O poder emburrece”, afirmava o filósofo alemão Friedrich Nietzsche. Por quê? Quando estão no poder, as pessoas muitas vezes são induzidas a pensar que, justamente por ocuparem aquele posto, são melhores, mais capazes, mais inteligentes e mais sábias que o resto da humanidade. Além disso, estão cercadas de aduladores, seguidores e aproveitadores que reforçam o tempo todo essa ilusão. Dessa forma, quem está no governo chega a cometer as mais graves faltas com a aprovação geral.”

    “O PODER – SEJA ELE político, econômico ou burocrático – aumenta o potencial nocivo de uma pessoa burra. Um exemplo extremo é dado no filme Dr. Fantástico, de Stanley Kubrick. Nele, um grupo de estúpidos de grau máximo pensa em detonar uma carga explosiva nuclear que levará ao fim do mundo, por uma simples frivolidade.

    Por seu lado, o rei Luís 16, no dia 14 de julho de 1789 (a data da Queda da Bastilha, evento que deu início à Revolução Francesa), escreveu em seu diário: “Hoje, nada de novo.” O mesmo obtuso e burro senso de invencibilidade fez o general George Custer supervalorizar suas forças e atacar os índios em Montana (EUA), em 1876. Resultado: centenas de soldados do Exército norte-americano foram massacrados pelos índios sioux e cheyennes no riacho Little Big Horn. Ou, ainda, levou Napoleão a atacar a Rússia em pleno inverno de 1812: o Exército francês foi dizimado pelo frio e pela exaustão. Sem contar as previsíveis tragédias das guerras do Vietnã e do Iraque de hoje.”
    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
    Infelizmente a maioria dos brasileiros seja por burrice,arrogância,ingenuidade,moleza,ou seja lá o que for, ainda não perceberam que estas pessoas burras no poder,são tremendamente nocivas para o país e suas vidas.

    No dia que a grande maioria compreender isto,as ruas estarão lotadas de dezenas de milhões de pessoas pedindo o impeachment de Dilma e a prisão de Lula.

    E a propósito a saída do ministro Levy foi um ato dos mais burros praticados por esse governo e está burrice já está custando caro aos Brasileiros. A economia vai conseguir piorar muito mais ainda.

  3. Isso aí de confessar agora que o ministro é ‘inocente útil’, é boi de piranha. Não pode ter sido uma tentativa de recado para a ‘militância’ não atacarem o novo ministro?
    De qualquer forma, humilhou a militância dos PTralhas, se é que é possível humilhar a quem os líderes do PT tirou toda a dignidade.

  4. o problema luciano é que não temos oposição séria e de direta no Brasil, portanto esse e outras escorregadas passarão em branco para a grande massa.. Ninguém ganha nada com isso, e também não perde.

  5. Bem definido: “Lapso de sinceridade”. Completamente fora do padrão comunista de culpar os mais baixos na hierarquia quando suas artimanhas são descobertas. Mas acho que poderia ser também já outra frente de trabalho do PT se iniciando para enterrar Dilma de vez alegando incompetência da mesma. Ela sempre foi o fantoche do Lula. Caso Dilma sobreviva ao impeachment, todos voltam a babar o ovo dela. Falsidade para isso dento do PT nunca vai faltar.

Deixe uma resposta