Negligência perante o controle bolivariano de campanhas foi maior surto cognitivo da oposição em 2015

2
66

balde

Quando eu critico atitudes da oposição, o discurso arrogante é imediato: “Que oposição?”. A resposta vem com outra pergunta: “Você é bolivariano ou oposição?”. Criticar a oposição não é criticar o PSDB, mas um comportamento geral de políticos e formadores de opinião em qualquer espectro de oposição, mesmo existindo óbvias exceções.

O que significou o golpe do controle bolivariano de campanhas, dado em 17/9 pelo STF e marcando o início da ditadura sutil petista? Eles disseram que o financiamento empresarial de campanhas, utilizado pelo PT durante quatro eleições vitoriosas para o partido, seria agora proibido aos outros partidos a partir do momento em que a tropa de Dilma e Lula se transformou em leprosos políticos para as empresas. Até crianças perceberiam o embuste.

O golpe do STF não fez nada no intuito de vetar financiamentos a sindicatos, a Lei Rouanet, a publicidade institucional, a BLOSTA e coisas afins. Não fez nada. Apenas vetou o “financiamento empresarial” para partidos de oposição ao PT. O cinismo monstruoso do PT, do STF e da OAB foi retribuído com uma negligência patológica vinda da oposição, em sua maior parte.

Alguns chegaram a dizer que o “problema do fim do financiamento empresarial de campanhas seria o caixa 2”, mas isso é como dizer que o problema de um assassinato é a camisa suja de sangue. Quer dizer, nem entenderam a dimensão do golpe – que foi feito para facilitar a vida do PT e dos partidos de extrema-esquerda exatamente porque eles usam verba estatal à vontade para campanha política – como nem conseguiram tratá-lo pelo seu nome: o controle bolivariano de campanhas.

Um amigo me comentou sobre a importância de lutar contra o Foro de São Paulo, coisa com a qual concordo. Mas eu o questionei: “de que adianta falar ‘Fora Foro’ se você não criticou nem o controle bolivariano de campanhas?”.

Resultado: a extrema-esquerda comemora isso como sua grande vitória em 2015. Enquanto isso, a oposição não transformou isso em demanda, não compreendeu o golpe, não soube explicá-lo e não conseguiu rotulá-lo. Essa negligência deve se tornar objeto de estudo futuro. Que as comemorações bolivarianas pelo golpe ao menos acordem alguns.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Excelente artigo. Como diz a minha tia , tem q bater nessa oposição com um gato morto que o gasto miar. Apagão cognitivo é o estado permanente do PSDB. Voto impresso foi conquista deles? Não né…

  2. Acredito que existe um problema aí, por mais que os formadores de opinião tente denunciar o uso das verbas estatais e Rouanet, onde ela precisa ainda ser mais denunciada é justamente nas mídias que vivem delas. A grande mídia já faz questão de ignorar os pixulecos em médias manifestações e diminuir visibilidade de grandes manifestações anti-PT, imagine o que não fazem e farão no sentido de impedir que venha à público uso de verba estatal e Rouanet para comprar seu apoio. Já a oposição política, talvez devemos humilhar ao questionar se não estão mantendo essa vergonha intacta no intuito de se beneficiarem futuramente desse tipo de lixo, se for isso, antes que possam usar acabarão esmagados por aquilo que desejam.

Deixe uma resposta