A presidente petista vai falar sobre o zika na TV. Merece panelaço.

7
127

dilma

Segundo o UOL, a presidente petista Dilma Rousseff vai à TV na quarta para, com toda a cara de pau do mundo, “mobilizar todos na guerra contra o Aedes Aegypti”. Leia:

[…] a presidente Dilma Rousseff gravou um pronunciamento que vai ao ar em cadeia de rádio e TV, possivelmente na quarta-feira, 3. Há quem defenda que o pronunciamento vá ao ar o quanto antes, antes de quarta. Dilma já estava considerando esta possibilidade há alguns dias.

No final da semana passada, a presidente decidiu gravar sua fala nesta segunda, acompanhada do marqueteiro João Santana e sua equipe, no Palácio da Alvorada. A ideia da presidente é mostrar as diversas ações que estão sendo desenvolvidas pelo governo e bater na tecla que tem dito em seus discursos: que a guerra contra o mosquito só será vencida com a participação de todos.

Aqui é bem simples: se Dilma pedir desculpas por ter usado o cargo de ministro da saúde (tudo em minúsculo mesmo, pois o cargo atualmente não merece mais que isso) para politicagem digna de ânsia de vômito, aí podemos pensar em ouvi-la. Ela deveria também lembrar que o ministro Marcelo Castro foi indicado pelo seu aliado Leonardo Picciani não para trabalhar pela saúde, mas para evitar o impeachment. Ou seja, em nome de seu projeto podre de poder, escolheu pela destruição dos sonhos de muitos brasileiros pelas picadas de um mosquito. No mínimo, devia pedir desculpas de joelhos.

Mas é óbvio que o cinismo típico da presidente petista não lhe permitirá pedir desculpas e confessar seus crimes morais. Por isso, a única atitude merecida é um panelaço.

Anúncios

7 COMMENTS

  1. Concordo, mas isso não daria munição ao inimigo? A primeira coisa que diriam, com o panelaço, seria algo como “falta de sensibilidade e de preocupação com a situação crítica do país num momento tão delicado”.

    • Concordo. Há quem ache que o bolivarianismo se combate com as mesmas armas que eles usam contra seus inimigos, mas ignora-se que a mídia está do lado dos bolivarianos e isso só geraria munição para os petralhas. Não se deve entrar em uma batalha na qual o inimigo tem a vantagem do terreno. Numa batalha ideológica, o terreno é a imprensa e outros meios de propagação, sendo que esse terreno hoje está tomado pelos bolivarianos.

    • Não, pois eles sempre darão um jeito de capitalizar em cima. No último panelaço foi aquela cafonice de dizer que eles enchiam panelas de comida – só se for a deles, com muito CAVIAR.

      Então, se vierem com chorumelas, que fiquem falando chorumelas pras paredes. Dilma colocou na Saúde alguém para aliviar o impeachment. Isso é irresponsável e merece o protesto. Então, recomendo tirar as panelas aí do armário e preparar-se pra participar da orquestra paneleira…

Deixe uma resposta