Pedro Taques fala de forma adulta sobre as desculpas esfarrapadas de Lula

3
43

taques

Se é agoniante ver a oposição falar politicamente feito um bando de bebês políticos, o governador tucano do Mato Grosso, Pedro Taques, conseguiu ser uma exceção, tal com vemos em coluna de Augusto Nunes:

O volume de aparições de Lula na propriedade rural cujo dono oficial é um amigo do filho inspirou ao governador de Mato Grosso, Pedro Taques, um comentário de antologia: “Lula foi 111 vezes para o sítio em Atibaia. Minha mãe mora aqui do lado e não fui tantas vezes visitá-la. Devo ser mesmo um filho desnaturado”.

Perfeito. Como costuma lembrar o empresário Pedro Neves, que também mora em Cuiabá, a ironia fina é uma forma superior de inteligência. Com três frases, o matogrossense recém-filiado ao PSDB desmoralizou a conversa fiada de Lula ─ e ministrou uma aula de oposição ao partido que ainda enxerga no ex-presidente fora da lei um estadista inimputável.

Governantes eleitos por brasileiros antipetistas qualificam de “relações republicanas” as sucessivas demonstrações de tibieza e subserviência que marcam seu comportamento nos encontros com os poderosos farsantes. Sem ferir nenhuma das normas que regem o convívio entre contrários nas democracias adultas, Pedro Taques jamais perde alguma chance de reiterar que luta pelo fim da Era da Canalhice.

Oposição é isso, diria Millôr Fernandes. O resto é armazém de secos e molhados.

Enfim, belas palavras de Nunes a respeito das palavras certeiras de Taques. Um verdadeiro alívio diante de um mar de discurso frouxo praticado por boa parte da oposição.

Anúncios

3 COMMENTS

    • Soldado Guedes,

      O que não pode ser ocultado é que Olavo confessa o argumento de “temos que rejeitar as instituições ao lutar contra o comunismo”. Era a prova que eu queria 😀

      Você não me refutou, mas me ENDOSSOU. Farei um post sobre isso.

      Obrigado,

      LH

      • Em bom português, Olavo de Carvalho quer uma guerra civil no país, que forçaria os militares a derrubarem o governo petralha.

        Pedir guerra civil na comodidade de uma casa nos EUA é fácil. Quero ver encarar os bolivarianos e o crime organizado (PCC, CV etc.) que têm ligações com aqueles.

Deixe uma resposta