Emma Watson é desafiada a passar uns dias com refugiados islâmicos, mas sem seguranças

14
96

emma-watson-swimsuit-677449

Lemos no Mídia Pop sobre uma petição convidando Emma Watson a passar uma semana em um acampamento de refugiados. Mas, é claro, sem seguranças por perto.

Acontece que – com a hipocrisia de costume – ela havia divulgado em setembro de 2015 a hashtag #refugeeswelcome. Obviamente, ficou de bico calado quando centenas de mulheres foram estupradas em Colônia, na Alemanha.

39

A petição sugere que ela passe uma semana em um acampamento de refugiados islâmicos para provar que eles não representam qualquer perigo:

52

Mais:

petição do Change.org  pede para Emma Watson passar um tempo no campo de refugiados “sem guarda-costas” para demonstrar ao público como os refugiados são “pró feminismo”.

O fundador Oscar Izard disse que rejeita a ideia de que os refugiados da África e do Médio Oriente são estupradores.

“Emma Watson deve passar uma semana de férias em um acampamento de migrantes em Calais, sem guardas, é claro, para mostrar o quão seguro, e como pró feminismo estes migrantes são,”  Oscar Izard, de Melbourne, escreveu.

Você gostaria que Emma Watson passasse um tempinho com eles para provar o quanto são seguros?

Assine a petição para “incentiva-la” a entrar neste novo engajamento.

Eis uma belíssima aplicação da regra alinskiana que determina: “faça seu adversário sucumbir pelo seu livro de regras”.

Anúncios

14 COMMENTS

  1. Interessante. Acho que esse é um convite que pode ser feito a qualquer um que defenda a imigração irrestrita de mulçumanos sem ser um mulçumano praticante. Gays, mulheres e não mulçumanos não durariam 8 horas sem sofrer algum tipo de violência.

  2. É aquela velha máxima que se aplica a diversos temas ditos “polêmicos”: se você é tão preocupado com determinada questão (seja menores infratores, desarmamento, imigrantes muçulmanos), viva de acordo com as suas convicções morais:
    1. Leve os menores infratores para serem “recuperados” na sua casa
    2. Ande desarmado e sem seguranças armados. Viva em uma casa fora de um condomínio protegido por seguranças armados.
    3. Dê lar e alimento para os imigrantes muçulmanos pagando do seu próprio bolso.
    Quando você levanta qualquer dessas possibilidades na cara de um esquerdistazinho caviar, eles automaticamente entram em curto circuito e a única saída deles é te chamar de intolerante, visto que admitir a hipocrisia inerente a pseudomoralidade deles não é, para eles, uma opção.

    • Esse raciocínio não está correto, já que a esquerda usa muito ele porque é autoritário. Uma redação melhor seria: “tá com pena, ajude mas ensine como a banda toca por aqui”.

  3. Tão gata, e tão burrinha…

    Esse tipo de desafio precisa ser lançado aos montes, histericamente.

    Na época das manifestações de 16/8, que um ~fotógrafo chamado Matheus José Maria escreveu um texto contando o quão horríveis eram as pessoas que foram no protesto pelo impeachment, o quão ignorantes eram, o quão demoníacas eram, eu lancei um desafio público a ele:

    Já que supostamente os petistas são fofos, gente fina, amigáveis e decentes, então por que ele não provava isso indo com uma camiseta da CBF, uma camiseta do MBL, uma camiseta do Aécio, uma camiseta pedindo impeachment, no protesto A FAVOR DO PT?
    Por que ele não se enfiava lá no meio da CUT, do MST e MTST, e fingia ser um anti-petista pra provar como os petistas são TOLERANTES e iam recebê-lo com muita fofura e ternura?

    O desafio foi publicado aqui:
    https://casacaindo.wordpress.com/2015/08/21/o-protesto-petista-com-vale-lanche-e-um-questionamento-ao-fotografo-matheus-jose-maria-que-demonizou-nossas-manifestacoes/

    Obviamente, o tal ~fotógrafo~ Matheus José Maria fingiu nunca ver o desafio e ficou com o cu na mão só de imaginar ter de fazer isso.

    Temos que lançar PESADAMENTE esse tipo de desafio PÚBLICO a esses tipinhos, por favor.

  4. Mas é óbvio que ela NÃO vai fazer isso.

    Essa mocinha é o exemplo quintessencial do Idiota Útil. Pertence ao grupo mais privilegiado da face da Terra (mulher, branca, rica, ocidental), foi criada com todas as mordomias em uma família de classe média em uma das cidades mais chiques do planeta, fez uns filmes infantis e depois mais nada de relevante. E agora fica aí, tentando provar ao mundo e a si própria que é inteligente e “antenada”, defendendo um discursinho esquerdista previsível, politicamente correto e pré-mastigado para tentar afagar o próprio ego e dizer para todos: “Vejam pessoal, como eu sou alruísta!” Típico dessa juventude “leite com pêra” da Europa Ocidental e da América do Norte.

    • É óbvio que ela não vai, mas isso sair em uma nota de jornal que seja já vai causar um prejuízo político bem grande para os esquerdistas, que terão sua hipocrisia revelada a muitos dos ingênuos que caem nos truques deles. ISSO é jogar o jogo político.

  5. kkkkkk. Excelente iniciativa para desmoralizá-la, mostrando sua hipocrisia.
    Até é aceitável que uma jovem como ela, movida pela emoção, tenha apoiado a vinda dos refugiados. Mas o silêncio perante a situação na Alemanha, com os estupros cometidos por estes refugiados que ela apoiou, não é aceitável.
    Agora ela tem que ir lá mostrar o poder dela como a bruxa Hermione junto aos refugiados. kkkkkk

Deixe uma resposta