Para sabotar decisões do PMDB, Dilma brinca com o zika e o sofrimento do povo

0
62

zika_dilma

Há quem diga que Dilma é uma “coitadinha incompetente”. Na verdade, é uma presidente capaz de se manter no poder pela via de alguns procedimentos mentais, entre eles o sadismo, algo que apenas alguns cérebros misturando maquiavelismo extremo e agilidade mental surpreendente conseguem. Agora, ela pode chegar ao cúmulo de brincar com o cargo de ministro da saúde para interferir nas eleições internas do PMDB.

É como eu digo: ela dá tapas na cara dos caciques do PMDB o tempo todo, e eles se ajoelham. Isso é algo que Lula não tinha a habilidade de fazer. Leia a matéria do Radar Online:

Larga um minuto a zika pra votar

O grupo que defende o nome de Hugo Motta para a liderança do PMDB na Câmara fez duras críticas à presidente Dilma Rousseff devido à possibilidade de ela exonerar temporariamente o ministro da Saúde, Marcelo Castro, para que ele vote na recondução de Leonardo Picciani.

Nas palavras de Lúcio Vieira Lima, um dos articuladores da candidatura de Motta, “Dilma mostra que não tem responsabilidade com o país” e que “está brincando com a zica”, num trocadilho com a epidemia do vírus zika.

O título da matéria é “Dilma está brincando com a zica”. Mas sádicos fazem isso mesmo. E todos estão se ajoelhando e ninguém está reagindo.

Claro que o ministro Marcelo Castro é um fanfarrão, mas ficar com “entra e sai” só vai piorar a situação em um momento de extrema criticidade para saúde brasileira. Ao usar o cargo de ministro da saúde para a politicagem fecal, Dilma mostra mais uma vez o quanto é desumana. O sofrimento do povo é apenas um jogo em suas mãos.

Chamá-la apenas de “incompetente e desastrada” nesse momento é menosprezar como ela usa o sadismo para se manter no cargo.

Anúncios

Deixe uma resposta