Conheça Ariel de Castro, a figura da extrema-esquerda que iniciou a campanha de ódio contra policiais

14
909
arieldecastro
Como vimos ontem por aqui, a campanha Vai ter Criança Fardada Sim! está indo de vento em popa, causando ranger de dentes na escória de extrema-esquerda. Porém, os policiais e os movimentos republicanos estão ignorando um fator crucial nesta batalha política (como lembrou o amigo Danilo Lima).

Antes, vamos rever o trecho de uma matéria do G1, expondo os ataques canalhas de um sujeito que está se dando bem pela via da encenação teatral:

Naquela oportunidade, Ariel de Castro Alves, coordenador estadual do Movimento Nacional de Direitos Humanos e um dos fundadores da Comissão da Criança e do Adolescente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), tinha dito à equipe de reportagem que a exibição da foto violava o artigo 232 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

“Submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento”, com pena de seis meses a dois anos, segundo afirmou Alves. “A criança é colocada em uma situação constrangedora, vexatória. Foi exposta com uma arma, ainda que não seja uma arma de fogo, mas armas usadas para reprimir, como o cassetete e a algema para prender”.

O coordenador pedia a retirada da foto ou a retratação da corporação por entender que ela poderia gerar problemas para a criança no futuro. “Por ela ter sido colocada com símbolos de repressão e violência de uma polícia vista como repressiva, ela pode passar por situações de constrangimento na escola”, disse.

Quem é, então, essa figura que atende por Ariel de Castro? Ele é coordenador nacional de grupos de extrema-esquerda que fingem “lutar por direitos humanos”, mas cuja agenda é dedicada unicamente a defender a impunidade de menores, movimentos fascistas (como aqueles organizados por CUT, MST, UNE e UJS), desarmamento de civis e tudo aquilo que faz a festa do que há de pior em termos morais na sociedade.

Obviamente, sua atuação não pode ser comparada a de profissionais decentes, que atendem os interesses da sociedade. Ariel de Castro vive  para atender aos interesses de tiranos e diversas outros seres sádicos e desumanos. Que um sujeito desse naipe moral tenha tentado constranger uma criança por ter usado o uniforme de uma profissão honesta (como a de policial) é de uma canalhice sem igual. Vergonhoso seria ver uma criança vestida com uniforme das entidades que ele apoia, não o de uma profissão honesta e moralmente muito superior do que a de qualquer amiguinho dele.

Quem clicar aqui, aqui e aqui poderá ver vídeos onde o fascista de plantão apoia a impunidade de menores, dentre outras agendas podres, nenhuma delas, é claro, útil ao cidadão trabalhador. Quem clicar aqui poderá ver como eles sempre jogam sujo no ataque aos policiais.

O problema mais grave é que uma figura tão deplorável como essa teve a pachorra de vir com ameacinha, aventando a “pena de seis meses a dois anos”. Quem é ele para vir com esse show de ferocidade misturado a encenação teatral das mais vagabundas? Os movimentos em favor dos policiais cometerão um grave erro se não organizarem um processo civil – incluindo um processo por denunciação caluniosa – contra Ariel de Castro. Não é possível que um ataque tão torpe e tão difamatório saia de graça para ele…

Anúncios

14 COMMENTS

    • Dalborga, que falta faz! Tinha umas ideias estatistas, mas batia na tecla do BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO com a ferocidade que esse assunto merece. Uma pena que quando ele faleceu eu ainda era um colegial com alta influência de professores USPianos e nem o conhecia, só conheci anos depois. Espero que esteja descansando em paz, mesmo sem a porra da Dilma deixar…

  1. UM RETARDADO MARGINAL DECLARADO E PROTETOR DE SEUS PARENTES E AMIGOS MARGINAIS SE COLOCA CONTRA UMA IMAGENS DE CRIANÇAS USANDO FANTASIAS DA POLICIA, ENQUANTO SEUS ENTES MARGINAIS COLOCAM NA INTERNET SUAS FOTOS VESTIDOS COMO MARGINAIS, CRIMINOSOS COM ARMAS E OBJETOS ADQUIRIDOS DE MODO ILICITO E USANDO DROGAS…
    ESTA TUDO ERRADO, ENTIDADES DE DIREITOS HUMANOS DEFENDENDO O MAL E DENEGRINDO O BEM…
    MAS UM DIA TUDO VOLTA PRA ELES…

Deixe uma resposta