Torcedora protesta em campo contra ditadura petista durante FlaXFlu

16
40

foradilma

Sabemos que o Flamengo venceu o Fluminense em jogo ocorrido em Brasília, capital do DF. A pergunta é: e daí?

Como já conheci o estudo do processo vicário, não gosto de futebol – e gostava antes – e hoje não dou a mínima para isso. Na verdade, torcer por times de futebol é apenas um subproduto evolutivo, que nos faz transferir a rivalidade dos conflitos humanos para um esporte, e, depois, pelo processo vicário, não precisamos fazer parte dos conflitos para obter “sensações de vitória”. Basta se sentir do lado daqueles vitoriosos. Todas as espécies animais possuem estes feedbacks, incluindo golfinhos, guaxinins, pelicanos e peixes beta.

Quando conhecemos o funcionamento deste processo, passamos a escolher melhor como experimentar essas sensações. Daí podemos descarregar em outros contextos, como na política, vencendo debates, humilhando oponentes, rotulando inimigos e daí por diante. Lançar um texto de shaming na política é muito melhor do que assistir uma vitória de seu time em jogo de futebol. E ainda não ficamos irritados com a incompetência dos técnicos e dirigentes de nossos times. Tudo bem que nos incomodamos quando vemos Aécio Neves agir feito frouxo ou Jair Bolsonaro cometer deslizes na hora de duelar com seus adversários, mas em algumas interações temos controle, pois participamos diretamente. Aliás, temos maior poder de pressão direta sobre candidatos na política do que n o futebol. No futebol, na maior parte das vezes as vitórias dependem unicamente de partes alheias à nossa esfera de ação.

Seja lá como for, usar os mecanismos da rivalidade humana na política é muito mais produtivo que torcer para futebol. É por isso que já diziam que o futebol é o ópio do povo, pois, sem ele, as pessoas iriam controlar a testosterona se dedicando a outras lutas. Para conhecer mais sobre esse processo, recomendo o livro The Secret Lives of Sports Fans, de Eric Simons, com estudos interessantes sobre o processo vicário aplicado ao esporte.

Então, de que importa o jogo entre Flamengo e Fluminense? É que uma torcedora adentrou ao gramado para protestar contra a tirania petista.

Leia mais a partir do UOL:

Uma torcedora aproveitou o clássico entre Flamengo e Fluminense em Brasília, neste domingo, para fazer sua manifestação política. Segurando um cartaz com os dizeres “Fora Dilma”, ela paralisou o jogo, antes de ser rapidamente retirada pelos seguranças do estádio Mané Garrincha.

De calça jeans e enrolada em uma bandeira do Brasil, ela aproveitou uma paralisação durante um lance de ataque aos 33 minutos do segundo tempo, driblou a segurança na arquibancada atrás de um dos gols e invadiu o gramado.

Antes de ser detida por dois seguranças, ela correu por alguns metros e chegou a se aplaudida por parte da torcida presente ao Mané Garrincha.

Além dos dizeres “Fora Dilma” em um lado do cartaz, o outro convocava para uma manifestação no próximo dia 13.

Divertido:

Anúncios

16 COMMENTS

  1. Caraca, que coisa linda! E o legal é que o Mané Garrincha fica em Brasília e não em São Paulo, ou seja, bosta nenhuma de ~elite branca paulistana~ (é meuzovo).

    E gostei muito do comentário seu sobre o futebol em si. Quando pequeno torci pelo Santos, e acho que essa coisa de torcida A e B combina mesmo com INFÂNCIA: me lembra gincana de escola, programa infantil com competição meninos x meninas, etc. É infantilizado.

    Sempre que vejo um torcedor muito apaixonado falando do próprio time com brilho nos olhos me parece uma criança ingênua, é uma cena infantilizada.

    Um dia uma colega de serviço contou que chorou durante um jogo inteiro do São Paulo. Ok, cada um hora pelo que quiser, mas não consigo olhar e achar isso coisa de gente grande. É uma criança chorando porque na gincana da escola a classe dela perdeu o passeio ao Hopi Hari.

    • Surpreso que foi em Brasília? Deixa eu te contar uma história, chamada Eleições 2014 no DF.

      No primeiro turno, míseros 22% dos votos foram na Dilma. E no segundo turno, modestos 35%.

      E já adianto a todos os leitores: a indignação da grande maioria do povo brasileiro é com o PT, e não com a tirania comunista que está se aprofundando no Brasil. Enquanto esse lixo ideológico continuar permeando a cultura brasileira, continuaremos sendo enrabados.

    • O futebol é uma forma que o ser humano inventou para torna-se uma eterna criança. Somos crianças quando queremos, somos gente grande quando precisamos. Pare de pre-julgar e respeite nosso sentimento. A sua análise crítica fundamentada na parte profana do futebol demostra quanto o seu mundo é chato!!! Aprecie um outro segmento em que não haja corrupção… Kkkkk…. Quando os nossos olhos brilham ao falar de nossos clubes, nos referimos ao lado mágico, lúdico do futebol e das entidades. É idiota quem pensa que nós torcedores apaixonados não fazemos críticas aos nossos clubes e ao que acontece de errado no futebol e em outros setores da sociedade. As críticas de vcs são tão determinantes incisivas em relação ao futebol, como se houvesse corrupção apenas neste segmento, Não assista tênis, pois descobriram maracutaia la tbm, vá torcer pelo Anderson Silva… Kkkkkkk…… Ou procure qualquer outra coisa que não exista ngm mal intencionado, um segmento constituido por anjos, santos e deuses. O futebol parece mais não é um mundo a parte, mais parece que vc ainda pensa que sim. Tudo esta interligado, ô zé da verdade… O futebol nada mais é do que o reflexo dessa sociedade que talvez vc ajude a construir de várias outras formas… Mais parece que vc ainda pensa que o futebol é (ou deve ser) um mundo a parte. O mundo precisa se livrar dessas pessoas chatas… N gosta mais de futebol pq tem muita coisa errada… Vc deve ter encontrado um mundo encantado…. A Alice e o país das maravilhas… Kkkkkk….. Estes metidos a intelectuais que apenas repetem o que leem….. f…..

      • Nossa, hoje a noite está rendendo mesmo!

        Primeiro que você próprio concorda, logo de cara, que o futebol é uma coisa infantilizada.

        Depois me ordena: “respeite nosso sentimento”
        Ah, mano, que baitolagem! Desde quando pra você gostar de futebol precisa do respeito de uma pessoa que você nem conhece?

        Tá parecendo fã de diva pop: “ai, não fale mal da Madonna, respeite a diva”.

        A coisa piora com “nos referimos ao lado mágico, lúdico do futebol e das entidades”. ENTIDADES? LADO MÁGICO? Isso parece conversa de alucinógeno. Nunca vi lado mágico nenhum em um monte de macho suado correndo atrás de bola. Se você vê, sorte sua.

        De qualquer forma, me fez rir muito a sua resposta. Mas discutir com gente que gosta de futebol é o mesmo que discutir com crianças birrentas.

        Esse post, assim como o do Roger, atraiu pra cá um pessoal interessado em fofoca, não em política. Aqui é espaço pra política, ô Janderson dos gramados. Volta pro Globo Esporte pra curtir o ~lado mágico~ do futebol e deixe aqui pra quem está preocupado em mudar o rumo do país.

  2. A atitude da torcedora no fla-flu é a mais pura prova de que o futebol não impede de forma alguma um pensamento crítico de qualquer cidadão. Somente os paumatórias do mundo como vc pensam desta forma. Sou torcedor de futebol, não sou alienado. Somente os idiotas de torcidas organizadas estão fora do contexto. Sei muito bem da sujeira q rola no futebol como no vaticano, vc quer santidade em um segmento que é constituido por seres humanos. Tenho certeza que eu não estou pensando de forma equivocada. Infelizmente o futebol como qualquer outro segmento é passível de ações de picaretas que o utilizam muitas vezes como vitrine para interesses políticos ou pessoais. Agora cite o segmento que está imune a estas ações, Sr dono da verdade. Vc repete o que ler. Quanto a rivalidade, esta terá sempre que existir. Quanto a guerra civil que esta envolvida no futebol nos tempos atuais é apenas o reflexo da sociedade construida talvez pelos próprios políticos em que vc vota. Viva a rivalidade na esportiva.

  3. Cauê, se vc prefere pensar que sou alienado o problema é seu, o lado lúdico so é percebido e vivenciado por aqueles que tem o esporte em seu dna. Pessoas como vc são chatas mesmo. Somos crianças, quando queremos e adultos quando precisamos. Quem aprecia o esporte sabe do que falo. Minha vida não se resume a futebol. Vc não pode me pre-julgar se vc não me conhece. O futebol é o esporte mais político que eu conheço. Nós torcedores de futebol, não vivemos em função do mesmo. Não somos dirigentes, somos o público, apreciadores de tal esporte, vc não é ngm p dizer o que eu sei ou não, nem tão pouco a forma como devo pensar. Vc quer falar de política mais falou de futebol. Coisa que vc não entende, por tanto não comente. O futebol é um segmento qualquer componente da sociedade, por tanto não dar p viver o futebol sem viver a política. Viva a sua política e não se preocupe com futebol. Somente manifesto a opinião de que todos os segmentos de lazer e entretenimento não estão alheios aos interesses políticos de aproveitadores, então vcs não podem dizer que somos alheios a tudo que ocorre na sociedade, estamos inseridos no contexto político e a manifestação da torcedora no maior clássico do futebol brasileiro apenas mostra o que vcs não querem ver. Que não somos os alienados que vcs desenham em suas críticas sem vivências sobre o caso. Somos críticos de todos os desmandos em todos os setores da sociedade. Mais uma vez não me julgue, pois vc não me conhece, não sabe nada da minha vida pessoal nem profissional para simplesmente insinuar que minha vida se resume a futebol. Vc é que verdadeiramente so deve ter aprendido a fazer críticas azedas, ensinadas por professores traumatizados por sempre terem sido uns almofadinhas…. Essa de dizer que o futebol é o ópio do povo não é verdade, hoje cada vez mais o futebol é um segmento cada vez mais profissional, por tanto, cada vez mais inserido na vida política da sociedade. O despertar para crítica desenvolvida por aqueles que estão ligados ao meio se dar a medida em que este se torna alvo fácil para aproveitadores, por se tratar de um esporte com amplo espaço para o marketing pessoal, político e empresarial. Agora me aponte o segmento da sociedade imunes a estas mazelas. Vc nãome respondeu de forma inteligente, apenas me atacou sem argumentos plausíveis para a provocação que lhe fiz, vamos lá mostre- nos o que vc considera divino nesta sociedade.

    • Caralho! Tinha esquecido desse post aqui, mas vim rever pra conferir se o tal futebolista Janderson tinha dito mais alguma coisa, e pra minha diversão disse VÁRIAS! E olha que eu nem li toda a resposta longa dele.

      O vitimismo dele foi pior do que feminista se vitimizando. Ele próprio se xingou de um monte de palavras que eu nem sequer falei: alienado, vagabundo, vida que se resume a futebol… ele sozinho se rotulou! Divertidíssimo.

      E como uma feminista louca, acusa de estar querendo controlar a vida dele, reprimindo, controlar o que ele pensa…

      Janderson: você gosta de futebol. Ok. Divirta-se. Mas não venha VOCÊ querer me obrigar (nem a mim, nem a ninguém) a pensar o mesmo que você. Eu acho infantil, acho bobo, acho idiota ouvir uma pessoa falar o quanto ama um time, acho uma merda o crime que corre solto em torcidas organizadas, acho patético, acho ridículo ser torcedor louco de futebol. Isso sou EU!! E não tenho a mínima intenção de mudar o SEU pensamento. Mas acho que você nem vai ler isso, a essa altura já voltou pro site do Globo Esporte. Ufa!

      • Vc não leu direito seu Sr caue. Vc esta me chamando de tudo isso pq simplesmente não tem argumentos inteligente. Qualquer um vai entender o que eu escrevi, menos vc. Me chamou de vagabundo. Espero que saiba sobre alei de crimes virtuais.. Eu disse que a minha vida NÃO SE RESUME A FUTEBOL. feminista louca deve ser vc que não tem argumentos e tem que apelar para distorcer os fatos e desrespeitar as pessoas.

      • E mais outra. Vc que esta querendo que todos pensem como vc, Rotulou todas as pessoas que gostam de futebol como alienadas sim! Isso pq vc é arrogante sem argumentos, esta forma de agir serve de recusos para todos aqueles e continua dizendo que eu so assisto o globo esporte Kkkkk ô seu vermezinho vc nem me conhece seu retardado, vc não é ngm para dizer o que eu assisto ou não. Nem este programa eu assisto. Vc com certeza é muito traumatizado com a vida. Pessoas como vc que rotulam as pessoas sem conhece-las não podem ser providos de nenhum principio inteligente. Sem conhecimento de mundo. Uma pesoa que simplesmente distorce o argumeto do outro como única saída, melhore o seu poder de argumentação. Cuidado no que vc fala e com quem vc fala.

  4. Outra coisa Sr, Caue. As entidades são lúdicas pelas sua respctivas histórias, marca e o que representam tradicionalmente para as comuidades desportistas de cada região. O futebol tem o seu lado mágico da coletividade, das gerações que se encontram, as classes sociais que se misturam, do sentimento envolvido neste esporte e vc não é ngm para desmerecer este sentimento. Para vc, o futebol é apenas machos suados correndo atrás de uma bola, para nós é muito mais do que isso, se vc analisa desta forma é pq não é capaz de enchergar a um palmo do seu naríz. muitos são os autores que consideram o futebol como uma metáfora da vida. Somente quem acompanha este esporte ver esta forma. Li recentemente o artigo: Possibilidades políticas de marco nogueira que trata desta analogia, mais pessoas mílpes como vc que são nunca irão ter esta percepção.marcoanogueira.blogspot.com/2014/07/o-futebol-como-metafora.html

Deixe uma resposta