Cardozão deve ir pra rua. Isso é bom ou ruim?

16
67

cardozao_vala

Lemos aqui na coluna de Monica Bergamo que o ministro da justiça, o Cardozão, vai para a rua. Leia mais:

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, deve deixar pasta nesta semana. Interlocutores da equipe de Dilma Rousseff dizem que ele já tomou a decisão.

Afirmam ainda que, embora a presidente preferisse que ele continuasse onde está, desta vez Cardozo, que já ameaçou pedir demissão em outras oportunidades, não deve voltar atrás.

Os dois já teriam inclusive conversado sobre a eventual demissão. Não está descartada a possibilidade de ele ser aproveitado em outro cargo.

A saída do titular da Justiça, se efetivada, ocorrerá em um dos momentos mais delicados do governo Dilma: bombardeada por denúncias que podem envolver a sua campanha eleitoral, em especial depois da prisão do marqueteiro petista João Santana, a presidente está cada vez mais isolada e distante até mesmo do PT, partido que a elegeu e ao qual é ainda filiada.

Cardozo deixa o cargo também em uma semana conturbada, em que novas delações premiadas podem ocorrer na Operação Lava Jato e em meio a rumores de que estariam sendo preparadas buscas e apreensões em propriedades ligadas ao ex-presidente Lula e a seus familiares.

Nas últimas semanas, a pressão sobre Cardozo, vinda do PT, de partidos da base do governo e de representantes de setores empresariais, chegou a limites “intoleráveis”, segundo revelam amigos próximos do ministro.

Ele estaria sofrendo críticas “injustas tanto da direita quanto da esquerda”.

E teria concluído que “ajuda mais saindo do governo do que permanecendo no cargo”, afirma um desses interlocutores à Folha.

Na verdade, a batata dele começou a assar, como lemos no dia 24/2 na Coluna Esplanada:

A tensão vivida nos últimos meses pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, sobre o andamento da Operação Lava Jato e o cerco se fechando a integrantes do Governo Federal não se limita à pressão de Lula e da presidente Dilma para que tenha ingerência na Polícia Federal, sob o comando do Ministério da Justiça.

Zeladores da credibilidade da corporação, os delegados federais fizeram chegar ao ministro o seguinte recado: na primeira ligação que fizesse para interferir na operação, Cardozo ouviria voz de prisão por tentativa de obstrução de investigação.

Obviamente nunca passou pela cabeça do ministro essa tentativa, ele mesmo avisa aos holofotes e à equipe palaciana da presidente Dilma. Sustenta que a PF é independente, a despeito da subordinação ao MJ. Mas o recado foi dado.

De fato, ia ficar muito feio vê-lo sair algemado. Deve ir para a rua mesmo.

Me perguntam se isso é bom ou ruim.

Na verdade, em termos técnicos, o PT deve arrumar outro bagulho no mesmo nível. Ministros da justiça, para o PT, são advogados do partido. Porém, o nível de Cardozão era muito baixo. Não tinha vergonha nenhuma de usar seu espaço de mídia para dar declarações de que “certamente Dilma não cometeu crime algum” ou que “Lula com certeza é inocente”. Isso é postura de ministro da justiça? Claro que não. É postura de advogado de partido.

Enfim, ter um novo ministro da justiça, se for elencado pelo PT, não muda nada em termos técnicos. Mas provavelmente dificilmente encontrem um pseudo-ministro – agindo como advogado – tão fanfarrão. E aí talvez possamos esperar alguém mais discreto, pelo menos.

Anúncios

16 COMMENTS

  1. Creio no contrário.
    Um próximo ministro mais ousado e que vai tentar exercer influência sobre as investigações.
    Mas não creio que qualquer um que seja consiga barrar a PF, que está empenhada em descobrir até onde vai o buraco.
    O PT acabou.
    Vai ser esvaziado.

  2. Quer dizer então que essa Boneca Inflável vai cair fora? 😀

    Cardozinha é uma Boneca Inflável mesmo, foi usada sem reclamar pelo PT, meteram sem nenhuma piedade nela, e agora que já bem arrombada estão jogando fora. Antes que alguém espete um prego nela, a fure e vaze todo o ar.

    Vá pro inferno, boneca inflável do cacete. Termine sua vida cheia de VERGONHA.

    Luciano, chama ele de Cardozão não, ele é Cardozinha, uma bonequinha de lixo que se o Lula pedir pra fazer um babão, faz na hora.

  3. Sugestão para o dia 13/03 pra quem tiver capital pra isso:

    Levar uma boneca inflável que represente a Cardozinha, pra que vire um personagem e essa porra de ministra termine a vida com o nome na VERGONHA, fique lembrada para sempre como uma BONECA INFLÁVEL.

  4. A sua análise omite o essencial. O Cardozo vem sofrendo crescente pressão de Lula da Silva, porque “não consegue controlar a PF”, e esta é razão da sua “exoneração”. Os petralhas virão com tudo para cima da Lava Jato. Ponto.

  5. Ele sempre foi desprezado pelo PT por ser mole demais (“tucano demais”, diriam alguns). Sinceramente, antes ele do que um Wadih Damous da vida (esse sim um verdadeiro bolchevique).

  6. Acho que podemos capitalizar um pouco mais em cima disso. Dilma não disse que não governava só para o PT? E agora seu ministro cai por pressão do próprio… PT. Só comprova o quanto Dilma é um fantoche do Lula. Cardozo está sendo pressionado pelo PT porque não consegue manipular a PF para evitar as investigações sobre Lula e já tomou uma nota da PF que se tentar impedir as investigações vai para cadeia também. O PT quer que Cardozo evolua do habitual lobista cínico naturalmente hipócrita para reencarnação do diabo. Se misturou? Que se lasque.

    Let Them Eat War

  7. Como já sabemos, você se apressou um pouco na análise, pois Cardozo não “foi pra rua”, foi realocado. E, também como vimos, o substituto tem tudo para ser pior que Cardozo. Tão pior que talvez vejamos sim um ministro ser levado algemado. Em se tratando de PT, nunca podemos esperar melhoria de espécie alguma. Vão sempre mais fundo no esgoto. E por falar em esgoto, Cardozo, agora na AGU, poderá se permitir ir ainda mais longe que Adams. E irá.

Deixe uma resposta