Tucanos caem porque são frouxos, não porque atacam o PT

4
138

bichopreguica

A bobice do PSDB é de uma candura infantil. Já conspiracionaistas de extrema-direita costumam bradar :”é conchavo com o PT”. Difícil provar. Na verdade, como mostrei por aqui, burrices políticas são praticadas em quantidade até maior pela direita mais radical do que pela esquerda moderada (e politicamente frouxa) compreendida pelos tucanos.

Politicamente néscios, é capaz até de acreditarem nas palavras cínicas de Kennedy Alencar sobre a queda do PSDB nas pesquisas:

A ausência da presidente Dilma no encontro do PT no fim de semana vai aumentar o isolamento dela numa hora difícil. A presidente foi atacada pelo próprio partido.

Apesar de publicamente ter defendido Dilma no sábado, o ex-presidente Lula avalizou as críticas à política econômica e ao ministro da Fazenda, Nelson Barbosa. Lula vai manter o discurso público de apoio a Dilma, mas avalia que ela conduz mal o governo e vai priorizar a sua defesa e uma eventual candidatura à Presidência.

Pesquisa Datafolha publicada hoje mostra que Lula está ferido, mas não é carta fora do baralho. E tem um dado preocupante para o PSDB: os tucanos deveriam estar numa situação mais confortável.

Não estão porque o partido se comporta como quem quer tocar fogo no circo. As cenas de ontem na disputa pela indicação do PSDB a prefeito de São Paulo ilustram as dificuldades locais e nacionais do partido. Muita briga e nenhuma ideia para a cidade e o país superarem as suas dificuldades.

O PT faz o típico jogo do sádico. Como para cada cascudo dado pelo PSDB no PT os primeiros tomam 10 de volta, é óbvio que não podemos dizer que os tucanos querem ‘tocar foco no circo”. Comportam-se na verdade, como aqueles que vão para o chuveiro para se lavar, relaxar um pouco e voltar para apanhar muito mais. Por exemplo, são rotulados de “golpistas” pelo PT enquanto devolvem com “discordâncias” e até o frame horrível dizendo que “Dilma comete erros na economia”.

É exatamente esta frouxidão que tem servido como deleite para a extrema-direita – que não vai conquistar poder algum, é claro – poder rotulá-los de “partido em conchavo contra o PT”. E enfim o PSDB entrou nessa espiral: quanto mais afrouxar, mais vai perder pontos, dando pretexto para uma extrema-direita ávida por descartá-los. Enquanto isso, serão acusados pelo PT de “agressivos demais” ou ‘pessoas querendo tocar foco no circo”.

A coisa já virou definitivamente um circo.

Anúncios

4 COMMENTS

  1. Depois que FHC chamou Dilma de “pessoa honrada” e acha que o PT é um partido que ainda tem um papel a desempenhar na política brasileira, desisti desses caras.
    Também não acho que estejam mancomunados com o PT ou que façam parte de um obscuro pacto de não sei o quê. Só acho que não nos servem: não tem garra, são voláteis e nunca se sabe qual será o seu próximo passo.

  2. Há alguns anos havia um leitor do RA que chamava o PSDB de “Cidinha”. Segundo ele, ao ser encontrada pela polícia na rua toda cheia de marcas de surra, a moça se apresentou aos PMs: “Eu me chamo PSDB, mas pode me chamar de Cidinha”. Hehehe

  3. Vi hoje a notícia de que a ~oposição~ vai monitorar se esse novo ministrinho de lixo, a nova boneca inflável que colocaram na Justiça irá jogar a favor do PT mais pesado ainda do que a Cardozinha Boca Quente ou não. Ei PSDB, quem vai ficar de olho somos NÓS: nós é que vamos ver se vocês estão monitorando e acusando direitinho essa baixaria!

Deixe uma resposta