Por que desde o fim de 2014 ficar contra as manifestações democráticas sempre foi imoral?

37
52

cabodeguerra

Não faz nem um mês que este blog desmascarou o fatídico hangout da depressão, onde nove seguidores de Olavo de Carvalho planejavam sabotar as manifestações de 13/3. Toda esta história pode ser lida em vários posts, para quem ainda não os acompanhou, em sequência:

Depois disso tudo, ainda há muita gente com rancor em relação a mim. Adicionalmente uma verdadeira campanha de ódio foi lançada a partir de um mestre embusteiro, que não poupou esforços em descer ao nível do esgoto. Esta história não termina por aqui, naturalmente, mas nesse post melhor deixá-la de lado. Foquemos no mais relevante: as manifestações do próximo domingo, 13/3.

Hoje em dia tudo aponta para o sucesso destas manifestações. Decerto certezas só temos quanto a duas coisas: morte e impostos. Mas é uma boa aposta dizer que as manifestações de domingo possuem tudo para ser um sucesso.

Nada melhor que lembrar um argumento da tropa do hangout: “Luciano apenas desmascarou os sabotadores do 13/3 por uma única razão: encontrar bodes expiatórios para justificar o fracasso do movimento”. Eis o eterno truque de inventar falsas intenções nos outros, sem qualquer evidência para fazê-lo.

Na verdade, meu argumento sempre foi bem diferente: independentemente do resultado – sucesso ou fracasso nas manifestações – a atitude de boicotá-las sempre foi imoral, ao menos em um cenário onde (ainda) não temos outras opções. Logo, se no próximo domingo tivermos apenas um manifestante, ou se tivermos 3 milhões, meu argumento segue válido, por simples questão de lógica.

Considere, por exemplo, que temos 5 pessoas para ajudar a levantar um carro que corre o risco de cair no precipício. Na ocasião de termos a noção de que toda a força disponível é a melhor opção, sabemos – por mera questão de lógica, como já disse – que ter três pessoas disponíveis para mobilizar o carro é uma situação menos desejável do que ter cinco. Quando reclamamos da ausência de duas pessoas – que poderiam muito bem estar ajudando a evitar a queda do carro no abismo -, não o fazemos em busca de “bodes expiatórios”, mas pela obtenção da maior força possível em torno de um objetivo.

E há um detalhe adicional: claro que podemos justificar a ausência de esforço quando as pessoas estão com outras atividades prioritárias. Mas e se não ajudam a tirar o carro do abismo por pura birrinha? Isto, então, é imoral.

Alguém poderia até dizer “ah, mas o carro já ia cair no abismo mesmo”, de modo antecipado. Mas isso não muda nenhuma das constatações lógicas: ter o máximo esforço possível à disposição é melhor do que não tê-lo, especialmente quando não há uma justificativa moral para abortar o uso deste esforço.

Atualmente, sabemos que vários participantes do hangout mudaram de opinião – ou talvez estejam encenando, em alguns casos – e passaram a apoiar o 13/3. Nisto, recebem meus aplausos. Isto vale especialmente ao que mudaram de posição honestamente. O que talvez prove que eu tinha razão em reclamar. Eu não queria buscar bodes expiatórios, mas argumentar em favor da revisão de posições. O que foi feito em alguns casos.

Como disse várias vezes por aqui, quanto maior esforço for dedicado às manifestações democráticas, melhor. Mas e se alguém – por alguma razão particular – está “com raiva” de movimentos como MBL e Vem Pra Rua? (E como vimos antes no histórico, todo o chorume iniciou-se com Olavo de carvalho)

A razão é atordoantemente simples: eles não tinham opção alguma. Não tinham movimentos paralelos. Não tinham manifestações diferentes. Ou seja, se não fossem às ruas para apoiar o impeachment de Dilma, a tropa do hangout ia ficar jogando Playstation? Ficar proferindo “Fora Foro” no Facebook? Nada contra ações desse tipo, mas daí a se limitar a elas? Isso de forma alguma poderia deixar de receber uma repreensão moral.

Irritados com o apontamento do óbvio, passaram a inventar razões obscuras para este que vos escreve. Vivendo pela lógica do dogmatismo tático, onde somos “contra” ou “a favor” de ações táticas, chegaram a me julgar pelos mesmos parâmetros válidos apenas para eles próprios. Espero que eles não tenham percebido que eu adoto o ceticismo tático. Eu sinceramente prefiro que eles tenham sido dissimulados ao proferir espantalhos, ao invés de decididamente estúpidos.

Baseado em Saul Alinsky – basicamente, em uma reconstrução -, eu defini o termo ceticismo tático. Sem a compreensão deste paradigma, muitos – especialmente aqueles da direita true – pensam criticar o que eu escrevo, quando na verdade criticam o que está em suas mentes de acordo com os túneis de realidade adotados. É quase como a analogia da caverna de Platão.

Pessoas que não pensam sob este paradigma entendem apenas os posicionamentos táticos como “contra” ou “a favor”. Pior ainda: quando você se posiciona “a favor” de uma tática, pensam que automaticamente você está “contra” outra. Isto poderia ser até aplicável em aulas de lógica básica, mas não vale para discussões táticas.

Mas por que não vale para táticas? Isto acontece porque precisamos forçar um “agnosticismo” na avaliação tática para pressionar os defensores de uma tática específica a executá-la. No mundo organizacional, isto ocorre a todo momento. Assim, ao invés de definirmos nossos posicionamentos em relação a táticas apenas como “contra” ou “a favor”, definimos mais classes, como exemplo:

  • sou a favor e apoio integralmente a ideia
  • sou a favor e apoio moderadamente a ideia
  • sou agnóstico, mas quero ver pessoas que defendem essa ideia a levarem para frente
  • sou completamente contra e lutarei contra a ideia

Opa, opa… e lá se foi o mundo do “contra” ou “a favor”. Mas não é só isso que vai para a vala: também sucumbe o dogmatismo tático. Em seguida, muitas ideias são aceitáveis em relação ao seu potencial de funcionamento. Desde que não violem nosso senso moral. Assim, não há expectativas de me verem apoiando intervenção militar. Já quanto às ações de desobediência civil que alguns estão pregando, a coisa muda de figura.

Eis que o túnel do tempo novamente volta para nos ajudar: em 11 de novembro escrevi o seguinte no Facebook:

Eis algo que muitos talvez não esperavam: meu apoio ao movimento OlavoTemRazão, em 15 de novembro. Como geralmente meus críticos me avaliam por fragmentos (mas jamais por minhas ideias), muitas pessoas entenderam algumas críticas que fiz no passado a… sabe-se lá o que.

Na verdade, o que sempre sugeri é que um grupo específico de pessoas agiram, por 2 meses (desde que o MBL endossou o pedido de impeachment de Helio Bicudo) de forma crítica, mas ao fazê-lo criticavam não grupos de pessoas com crenças, objetivos e valores iguais os seus, mas diferentes. Como consequência, eles criticavam pessoas somente por não terem crenças, objetivos e valores iguais aos deles. Assim, ao criticarem o MBL por ter apoiado o pedido de impeachment, sequer queriam saber quais eram as crenças, objetivos e valores de quem fez isso. É a isso que defini como conversa de maluco.

Uma das coisas que eu sempre usava para rebater: “Ok? O que vocês querem? Qual demanda? Com qual data? Como validamos os resultados?”. Faltava clareza. E não estou atribuindo isso seja ao Olavo de Carvalho seja a pessoas específicas. Estou falando de comportamentos que vi, geralmente em postagens no meu blog e em outros locais.

Uma sugestão que fiz, na época, era: criem um grupo tático. Ou seja, assim como existem os que buscam a carreira de médico, existem os que buscam a profissão de caminhoneiro, e existem os que buscam a profissão de professor. Enfim, um médico não pode avaliar como absurdo que alguém se torne um professor de economia sem antes entender os objetivos, crenças e valores dessa pessoa. Com a criação de um grupo tático congregando pessoas, finalmente agora temos pessoas que poderão até se comparar aos outros grupos, mas jamais exigir que eles façam aquilo que o seu próprio grupo é que deveria fazer.

Me lembro que algumas pessoas me diziam: “Infelizmente não conquistaremos (a) por que o MBL fez (b)”. Isso, para mim, era o fim da humanidade. Se havia um outro grupo tático, que em bloco pensava assim, deveriam falar: “Infelizmente, não conquistaremos (a) por que nós não fizemos (b)”. E aí essas pessoas revisariam suas ações. A partir daí, as conversas com outros grupos podem ser mais produtivas, pois cada um tem demandas específicas, por causa de objetivos específicos, e atuam com base em crenças específicas, até mesmo por se moverem por valores específicos. Estava faltando um grupo tático para assumir essas demandas.

A partir de agora, com um grupo tático claramente definido (e pelas posições que as pessoas ocupam como formadoras de opinião, não é algo que deve se dissipar tão cedo), é possível que um grupo seja claro e diga: “Como demandas, queremos (a), (b) e (c). Nossos valores são (d) e (e). Nosso objetivo final é (f). Acreditamos em (g), (h) e (i)”. Disso sairão macro-demandas, demandas menores, ações táticas, difusão de métodos aplicados e daí por diante. Cada grupo tático torna-se responsável basicamente pelos seus resultados. Quanto cada grupo melhor se conhecer (e aos outros), melhor será o interfaceamento de táticas, e aí sim, em vários momentos, alguns poderão atuar juntos.

Muito provavelmente este grupo tático que veremos no vídeo abaixo entenderá que o impeachment é apenas um passo menor diante de objetivos maiores. Excelente. Daí eles poderão descrever seus outros objetivos, que, conquistados, permitirão que eles próprios se avaliem quanto a resultados. E que os outros grupos táticos possam se comparar também.

Algumas das demandas deste grupo receberão meu apoio, outras receberão meu apoio moderado, e daí por diante – até por já ter dito que se eu fosse escolher as demandas, escolheria as demandas do MBL, mesmo que eu tenha sempre achado que era preciso de um outro grupo tático agindo claramente, com demandas diferentes, até para termos benchmarks. É a isto que chamaríamos de dialética de resultados.
Desta feita, aplaudo a iniciativa do grupo abaixo. Pessoal, bem vindos à arena.

O printscreen segue abaixo, embora infelizmente eles deletaram o vídeo:

olavo_tem

Em resumo: em meados de novembro a direita true planejava um evento chamado “Olavo tem Razão”. E o que eu fiz? Usando o ceticismo tático, os apoiei e incentivei. Queria ver a aderência das ideias deles, a capacidade de agregação, a resiliência das demandas e o nível de personalização de oponentes. E por aí vai.

Todos aqui sabem que sempre optei pelas manifestações puramente democráticas, inclusivas e focadas na pressão sobre os políticos. Por isso, apoio principalmente as manifestações promovidas pelos grupos MBL, ROL e Vem Pra Rua. Mas não me posicionei “contra” os grupos que alegavam que “desobediência civil é a melhor opção”.

Porém, esses grupos nada fizeram. Talvez não acreditassem suficientemente em suas demandas. Talvez as pessoas não saíssem às ruas contra “o Pacto de Princeton”, o “Diálogo Interamericano” e para falar “Olavo tem Razão”. Será que um movimento orientado exclusivamente a tais demandas teria capacidade de mobilizar massas? Eu particularmente sempre duvidei. Mas especialmente por isso forneci todo apoio e incentivo para que eles testassem suas ideias. Mas como não fizeram, parecia que aquele hangout absurdo – tão irrealizável quanto imoral em suas propostas – seria apenas uma válvula de escape para boicotar movimentos alheios. E aí voltamos à analogia da disponibilização do esforço máximo possível. Se alguém está de mãos abanando, é imoral deixar que o carro caia no precipício enquanto ela pode tentar fazer alguma coisa. Mas se o carro por sorte não cair no precipício, as pessoas ainda vão olhar torto para aquele que se recusou a ajudar.

Isso é o que me motivou a questionar os membros do hangout e o mestre de toda a tropa. Sempre foi imoral sair boicotando manifestações democráticas que já haviam avançado bastante – enquanto os críticos não organizavam sequer um movimento paralelo, e quando o fizeram estavam apenas boicotando manifestações alheias e pensando, como compensação, em propostas delirantes – e esse é o argumento apresentado aqui. Novamente ressalto que várias dessas pessoas revisitaram suas opiniões e propostas. Não me importa se fizeram isso pelos fatos novos ou por pressão de quem os questionou moralmente por aquele hangout. O que importa é que estão tomando a decisão certa de apoiarem os movimentos de 13/3.

Se no futuro eles tiverem outras alternativas – sérias, claro, e não apenas papo-furado -, novamente receberão meu apoio, salvo em casos onde citarem bizarrices como intervenção militar. Talvez recebam meu ceticismo em âmbito tático, o que é plenamente normal. Mas não podemos nos acostumar com retirada de esforços em troca de nada, principalmente em situações tão críticas quanto a luta atual contra um governo tirânico. O que eu propus aqui no que diz respeito ao combate a um inimigo comum não é nada tão surpreendente assim: a extrema-esquerda sempre tem feito isso ao longo das décadas.

Esse tipo de pressão – orientada a resultados, e jamais tolerante quanto a trocar uma ação em nosso favor por nada – é algo que precisamos fazer mais vezes.

Todos para a rua em 13/3!

Anúncios

37 COMMENTS

  1. Já é Março de 2016 e o PT ainda não saiu do poder. Um ano e meio de manifestações e nada. Manifestação sem Organização de Massas não adianta de NADA, repito N-A-D-A.

    A única força política organizada que está disputando o poder e se beneficiando das manifestações são os tucanos, os mesmos que entregaram um governo estável ao PT de mão beijada (http://www.larouchepub.com/other/1995/2245_iad.html). Eles são o próximo problema, pelo menos até 2018.

    Quando Aécio ganhar em 2018 e repetir o que o FHC fez na década de 90 veremos quem está certo. Mas lógico que você não admitirá, é o maior vira casaca da internet, mas nunca admite que seu oponente está certo.

    Mas faz bem ter uma crença política no PSDB, Luciano. Continue assim 😉

    • Já é Março de 2016 e o PT ainda não saiu do poder. Um ano e meio de manifestações e nada. Manifestação sem Organização de Massas não adianta de NADA, repito N-A-D-A.

      Como tem sido as manifestações organizadas pela direita true? Tem “cases” de sucesso mostrando como é que deveríamos fazer? É sempre o gogó…

      A única força política organizada que está disputando o poder e se beneficiando das manifestações são os tucanos, os mesmos que entregaram um governo estável ao PT de mão beijada (http://www.larouchepub.com/other/1995/2245_iad.html). Eles são o próximo problema, pelo menos até 2018.

      E daí? Quando tivermos esse problema, vamos lidar com ele. E o que você propõe até lá?

      Quando Aécio ganhar em 2018 e repetir o que o FHC fez na década de 90 veremos quem está certo. Mas lógico que você não admitirá, é o maior vira casaca da internet, mas nunca admite que seu oponente está certo.

      “Vira casaca” é termo que se usa no futebol, contexto ridículo de análise política.

      Mudar de opinião e abandonar bandeiras – algumas por decepção e análise racional – é MOTIVO DE ORGULHO. Sim, eu EVOLUÍ e abandonei a crença em líderes de seita. Se quiser trazer argumentos – e não slogans – traga. Qual SEU ARGUMENTO?

      Mas faz bem ter uma crença política no PSDB, Luciano. Continue assim 😉

      Não projete nos outros as limitações que você tem. Eu uso o ceticismo tático. Eu só sei quem é o adversário principal. Quanto ao resto? Tu não tem a menor ideia de quem receberá meus votos em 2018. Aliás, nem é essa minha preocupação agora.

      • Diferente da direita liberal parasita e cria da direita conservadora, a direita conservadora quando entrou na batalha VENCEU.

        Enquanto o vietnamita fracassado e aproveitador reúne mais de 1 milhão de pessoas para ter como resultado tirar fotinha com FHC e entregar o poder da população para conseguir o impeachment nas mãos do PSDB (aliado do PT – http://www.larouchepub.com/other/1995/2245_iad.html), a direita conservadora GANHOU quando entrou em cena.

        Escola sem Partido é um projeto que só ganha espaço e resultados políticos pelas mãos de políticos VERDADEIRAMENTE conservadores que sabem o que está acontecendo.
        https://www.youtube.com/watch?v=7t8ucShY8bw
        https://www.youtube.com/watch?v=RjhdM5F9N4o
        https://www.youtube.com/watch?v=3hwnRdL_XVM

        Ideologia de Gênero foi barrada com a pressão no lugar CORRETO, com Organização Popular e com VERDADEIROS representantes da manifestação da direita conservadora.
        https://www.youtube.com/watch?v=KoO28WkhO-k

        Se os otários do MBL tivessem seguido a mesma coisa além de terem o impeachment, teriam colocado um político verdadeiramente de direita para conseguir o impeachment.

        Só pra refrescar a tua memória: o Olavo era completamente a favor das manifestações (mas AINDA É parcialmente) ATÉ o vietnamita começar a tirar fotos com FHC e ir pra Brasília entregar o poder da população nas mãos do PSDB.

        Você aprendeu a lutar a guerra política faz 2 anos e já quer cuspir no prato que você comeu. Sendo que as suas manifestações não conseguiram NADA de efetivo a não ser fazer barulho e tirar fotinha com políticos esquerdistas.

      • Lel
        Diferente da direita liberal parasita e cria da direita conservadora, a direita conservadora quando entrou na batalha VENCEU.
        Quando isso aconteceu, Lel?
        Enquanto o vietnamita fracassado e aproveitador reúne mais de 1 milhão de pessoas para ter como resultado tirar fotinha com FHC e entregar o poder da população para conseguir o impeachment nas mãos do PSDB (aliado do PT – http://www.larouchepub.com/other/1995/2245_iad.html), a direita conservadora GANHOU quando entrou em cena.
        De novo o slogan, Lel? Aqui slogan não vai funcionar…
        Além do mais, quem disse que “resultado foi tirar fotinha com FHC”? Isso é historinha inventada pelo mestre babão da Virgínia.
        Escola sem Partido é um projeto que só ganha espaço e resultados políticos pelas mãos de políticos VERDADEIRAMENTE conservadores que sabem o que está acontecendo.
        Você nem sabe quem ajudou o Miguel Nagib a construir bons frames. E nem sonha que quem está escrevendo um livro sobre o assunto, junto com ele, é… um liberal. Olavo mente pra caralho sobre méritos que a turma dele não possui.
        Se os otários do MBL tivessem seguido a mesma coisa além de terem o impeachment, teriam colocado um político verdadeiramente de direita para assumir o posto de presidente.
        Deixa eu ver… teria que ser o candidato de vocês, não é? Você acha que os outros são bestas de cair nessas chantagens?
        Só pra refrescar a tua memória: o Olavo era completamente a favor das manifestações (AINDA É parcialmente) ATÉ o vietnamita começar a tirar fotos com FHC e ir pra Brasília entregar o poder da população nas mãos do PSDB.
        Então isso prova que Olavo é mesquinho e coloca suas birrinhas acima dos interesses do Brasil. Obrigado por PROVAR MEU PONTO!
        A história é bem clara: http://altaculturaolavetica.com/2016/02/28/resumao-da-birrinha-de-olavo-com-mbl/
        Você aprendeu a lutar a guerra política faz 2 anos e já quer cuspir no prato que você comeu. Sendo que as suas manifestações não conseguiram NADA de efetivo a não ser fazer barulho e tirar fotinha com políticos esquerdistas.
        Repita as mentiras do Olavo quanto quiser. Mas os movimentos democráticos fizeram muito mais pelo Brasil do que a turma do Olavo, que teve que se calar ante à democracia.
        Ah… eu ESCREVO sobre guerra política há 5 (cinco) anos. E sobre este assunto NÃO DEVO NADA a Olavo de Carvalho. Ele foi uma influência para mim há mais tempo. Meus principais débitos intelectuais sobre guerra política vão para Alinsky, Horowitz e Gramsci.
        Está vendo como vocês fantasiam tanto sobre a realidade que nem mesmo compreendem seus divergentes táticos? Tsc, tsc….
        Outra coisa… sobre Olavo, eu NÃO DEVO NADA a ele. Eu comprei vários livros e PAGUEI POR ELES. Então, eu não devo nada.

      • Luciano agora é o Olavo orgulhoso dos liberais. Antes dele, os direitistas não humilhavam direito esquerdistas em debates, somente começaram a humilhar esquerdistas depois do Luciano começar a escrever sobre frames. Luciano é o segundo salvador da direita.
        Luciano, o próprio Olavo usava inúmeros frames nos vídeos e debates dele. A única coisa que você revolucionou sobre os frames foi dar aos frames o nome frames. Antes disso qualquer um Brasil chamava isso de retórica.

        Miguel Nagib e Marcel van Hattem não faziam a mínima ideia de quem é você, Luciano. Devem ter lido os textos sobre a Escola sem Partido que você escreveu depois da Escola sem Partido refutar alguns esquerdistas e você já quer tomar o mérito para você.
        Não estou dizendo que você não possui mérito por ensinar seus leitores a saber rotular, mas Miguel Nagib sabia debater muito bem antes de você começar a publicar textos sobre o Escola sem Partido.

        Pode ser o NOVO, LIBER, Bolsonaro qualquer um desses, mas não PSDB. PSDB não é de direita.

        Vou hoje na Av. Paulista apenas porque estou apoiando essa merda desde o início. O impeachment não vai sair. Qualquer criança sabe disso. Perdeu a pequena chance que tinha de sair depois que o Kim deu o poder popular ao PSDB.
        Mas eu continuo apoiando as manifestações mesmo sabendo que não vai dar em nada.

        A propósito, peço que os leitores do site negativem esse vídeo. O vídeo não possui NENHUMA evidência, são puras acusações sem prova nenhuma:

      • Vamos lá…

        Luciano agora é o Olavo orgulhoso dos liberais. Antes dele, os direitistas não humilhavam direito esquerdistas em debates, somente começaram a humilhar esquerdistas depois do Luciano começar a escrever sobre frames. Luciano é o segundo salvador da direita.

        Eu nunca escrevo as coisas aqui em termos de “antes de Ayan, depois de Ayan”. Isto geralmente é recurso de dono de seita. Eu sei sobre o conhecimento trazido aqui, e que é reconhecido por muita gente interessante.

        Luciano, o próprio Olavo usava inúmeros frames nos vídeos e debates dele. A única coisa que você revolucionou sobre os frames foi dar aos frames o nome frames. Antes disso qualquer um Brasil chamava isso de retórica.

        Ele usava a retórica, mas tinha um foco em um grupo muito específico. Pregava muito para convertidos. Os frames, na política, não visam apenas o seu grupo, como especialmente o público aberto…

        Era por isso que dava para prever que os FRAMES do Olavo não levariam as pessoas às ruas, mas aqueles feitos por movimentos como MBL e Vem Pra Rua sim. Como se vê, controle de frame É MAIS DO QUE retórica…

        Miguel Nagib e Marcel van Hattem não faziam a mínima ideia de quem é você, Luciano. Devem ter lido os textos sobre a Escola sem Partido que você escreveu depois da Escola sem Partido refutar alguns esquerdistas e você já quer tomar o mérito para você.

        Em que parte eu estou “tomando o mérito”? Aliás, não preciso citar os leitores que usam o conteúdo deste site, e de como o conteúdo deste site é utilizado por muitos FORMADORES DE OPINIÃO. Se o Van Hattem e o Nagib acessam este site? Deixemos que você fique na dúvida.

        Ah… em tempo: eu não disse que eu “ajudei” o Nagib. Mas sei de pessoas que o assessoraram, no que ele é muito grato. Um deles é moderador de minha página. 😉

        Não estou dizendo que você não possui mérito por ensinar seus leitores a saber rotular, mas Miguel Nagib sabia debater muito bem antes de você começar a publicar textos sobre o Escola sem Partido.

        O Nagib é muito competente, mas está EVOLUINDO na questão de usar frames e rotulagem. Se a evolução dele se deve especialmente à assessoria que ele recebeu, deixemos você na dúvida. 😉

        Motivo: você tem várias certezas a respeito de onde eles tiram boas ideias para frames, não é? Então, fique com tua certeza.

        Pode ser o NOVO, LIBER, Bolsonaro qualquer um desses, mas não PSDB. PSDB não é de direita.

        Certo. O argumento não é esse. Para tirar um partido de extrema-esquerda, podemos ter um de esquerda moderada se não tiver uma opção de centro ou de direita.

        Vou hoje na Av. Paulista apenas porque estou apoiando essa merda desde o início. O impeachment não vai sair. Qualquer criança sabe disso. Perdeu a pequena chance que tinha de sair depois que o Kim deu o poder popular ao PSDB.

        A ideia de “culpar o Kim” não é resultante de análise racional, mas de chilique do Olavo de Carvalho. Aqui de volta: http://altaculturaolavetica.com/2016/02/28/resumao-da-birrinha-de-olavo-com-mbl/

        Mas eu continuo apoiando as manifestações mesmo sabendo que não vai dar em nada.

        Vai dar naquilo que nós pressionarmos para dar…

        A propósito, peço que os leitores do site negativem esse vídeo. O vídeo não possui NENHUMA evidência, são puras acusações sem prova nenhuma:

        Boa dica.

        Alias, dois moderadores deste blog estão trabalhando em uma refutação detalhadíssima deste vídeo, a ser publicada em breve.

      • Luciano, o Nagib lê textos do Olavo pelo menos desde 2008 e o Marcel fez referência ao Olavo várias vezes em sua página do Facebook, mas nenhum deles nunca fez menção à sua página.

        Você acusa o Olavo de teoria da conspiração (sendo que eu já trouxe a prova que ele não colocou na postagem, mas você continua não aceitando porque é orgulhoso igual o Olavo), mas você possui a sua própria.
        Traga provas do que esta afirmando e eu aceitarei numa boa e pedirei desculpas pela minha postagem. Não traga e você é um mentiroso com síndrome messiânica igual o Olavo (mas o Olavo possui justificativa pelo que fez no passado).
        Está agindo igualzinho os esquerdistas do vídeo que postei.

        Usar retórica de taxar oponentes existe desde que existe política. Se Marcel e Nagib não te citam, então não foi você que os ajudou a refutar esquerdistas antes de você escrever sobre o Escola sem Partido, a não ser que você ofereça provas sólidas e eu aceitarei numa boa.
        Ou o Olavo, os comunistas, esquerdistas e petistas aprenderam a taxar os outros com muita maestria graças ao seu trabalho recente sobre frames? Lógico que não. O mesmo raciocínio é usado para a direita.

        Sobre os outros assuntos, volto a afirmar e posso quebrar a minha cara: o impeachment não irá sair. O próprio Kim melou o impeachment porque não sabe conduzir o processo. Passeatas numerosas ajudam, mas não resolvem em absolutamente nada. A pressão deve ser feita no lugar CERTO, igual os conservadores fizeram e os esquerdistas fazem sempre.

        Partidos de esquerda moderada devem ser trocados por partidos da esquerda bolivariana NAS ELEIÇÕES, não no caso do Impeachment. São casos completamente diferentes.

        Abraços.

      • Luciano, o Nagib lê textos do Olavo pelo menos desde 2008 e o Marcel fez referência ao Olavo várias vezes em sua página do Facebook, mas nenhum deles nunca fez menção à sua página.
        Eu não estou buscando menção à minha página. Estou inserindo conceitos em formadores de opinião, que poderão ser úteis para outros formadores de opinião. Em tempo: há vários casos de menção à essa página que importam. (Existe um fator de “menção ao Olavo” muito mais divertido do que você imagina, e você irá notar nos próximos dias. Tem muita gente que hoje “menciona Olavo” para não ficar mal na fita em relação ao volume de público. Porém, isto está diminuindo e outros formadores de opinião melhores estão adquirindo potencial. E isso é bom.)
        Você acusa o Olavo de teoria da conspiração (sendo que eu já trouxe a prova que ele não colocou na postagem, mas você continua não aceitando porque é orgulhoso igual o Olavo), mas você possui a sua própria.
        Sua “prova” não serve como prova. O texto é uma INTERPRETAÇÃO do Diálogo InterAmericano, mas não serve para provar o conchavo. Dica: busque fontes primárias…
        Traga provas do que esta afirmando e eu aceitarei numa boa e pedirei desculpas pela minha postagem. Não traga e você é um mentiroso com síndrome messiânica igual o Olavo (mas o Olavo possui justificativa pelo que fez no passado).
        Provas do que? Eu não fiz alegação no meu post anterior. Eu estou dizendo que há coisas que você não sabe e que não te revelarei para que você fique com SUA CERTEZA. Isso não é uma mentira, mas um fato do mundo. Todas as pessoas tem informações que não passam para outros que agem arrogantemente. É um fato da vida.
        Ah…. a frase “mas o Olavo possui justificativa pelo que fez no passado” te compromete, pois é DUPLO PADRÃO. Mentira é mentira. Se Olavo mentiu, não há adoçante que o salve…
        Está agindo igualzinho os esquerdistas do vídeo que postei.
        É sua opinião…
        Usar retórica de taxar oponentes existe desde que existe política. Se Marcel e Nagib não te citam, então não foi você que os ajudou a refutar esquerdistas antes de você escrever sobre o Escola sem Partido, a não ser que você ofereça provas sólidas e eu aceitarei numa boa.
        Eu estou CAGANDO E ANDANDO se você aceita ou não. E eu não disse que EU fiz auxílio para estas pessoas diretamente. É possível que eu tenha feito ou não, mas também existem questões de discrição nos casos em que fiz. Porém, sei de coisas divertidas e acho curioso como você TEM CERTEZA de que não houve influencia alguma. Em breve revelarei algo sobre a Operação Triplo X. Aguarde.
        Você está agindo feito torcedor de futebol. Colocou seu orgulho em um “mestre”, e quer competir dizendo “meu mestre é melhor que você”. Isso é gozar com o pau dos outros. Meu público é específico e não busco seguidores de seita.
        Ou o Olavo, os comunistas, esquerdistas e petistas aprenderam a taxar os outros com muita maestria graças ao seu trabalho recente sobre frames? Lógico que não. O mesmo raciocínio é usado para a direita.
        As ovelhetes não são meu público principal… então se eles taxam de acordo com minhas dicas ou não, não faz diferença (aliás, eu tenho uma coleção de citações ao meu trabalho que estão bem guardadinhas). Estou focado em MEUS LEITORES. Ah… eu não aprendi o que sei em termos de guerra política com o Olavo, então estamos quites.
        Sobre os outros assuntos, volto a afirmar e posso quebrar a minha cara: o impeachment não irá sair.
        E ficará mais difícil de sair enquanto pessoas agirem como você. Estude sobre profecia autorrealizável..
        O próprio Kim melou o impeachment porque não sabe conduzir o processo. Passeatas numerosas ajudam, mas não resolvem em absolutamente nada. A pressão deve ser feita no lugar CERTO, igual os conservadores fizeram e os esquerdistas fazem sempre.
        Como demonstrei aqui, as manifestações que deram certo foram organizadas por liberais. Estou aguardando as manifestações de vocês… (mas fique tranquilo, pois pragmaticamente não dividimos as coisas entre “liberais contra conservadores”, até porque vocês não tem procuração para falar “em nome dos conservadores”, dá uma lida mais sobre pragmatismo e você vai entender)
        Frase de efeito não vai funcionar aqui. Em termos de arregimentação de massas, os conservadores precisam evoluir…
        O Kim está de parabéns pelo trabalho feito. O histórico de birrinha do Olavo com ele está claro e evidenciado. Não é assim que se julgam táticas…
        Partidos de esquerda moderada devem ser trocados por partidos da esquerda bolivariana NAS ELEIÇÕES, não no caso do Impeachment. São casos completamente diferentes.
        Er…. em um impeachment, há uma vaga aberta. E temos que fazer escolhas. É o básico.

      • Achei um comentário que não está nesse vídeo do YouTube que você pode usar alguma coisa no seu futuro post.


        Ninguém no vídeo postou nenhuma evidência. Só acusações sem prova nenhuma. O viés ideológico fica claro quando é os termos “neoliberal” e “brazilian tea party” são usados, já que são termos com conotação negativa e são mais usados pelo pessoal de esquerda para difamar quem apoia políticas de livre mercado, estado mínimo e liberdade econômica.

        A gota d’agua foi falar que o PSDB é um partido conservador, só no Brasil social-democracia é ideologia de direita. Então ele diz que as manifestações de 20 de agosto (pró-governo) deram quase 1 milhão de pessoas? Por favor, vá mentir na casa da puta que te pariu…

        NYTimes, The Guardian, BBC, Huffington Post, Bloomberg, El País, etc são todas mídias famosas e abertamente esquerdistas (a maioria delas são de esquerda “light”). São igual a Carta Capital, a Revista Fórum e o Centro do Mundo lá fora. Não possuem credibilidade alguma quando falam sobre política e economia.

        Teoria da Conspiração para começar a ser uma Conspiração válida, precisa apresentar várias provas sólidas, coisa que depois de 2 longos anos de acusações não apresentaram nenhuma.

        Mas esquerdista é assim mesmo, pouco antes da Venezuela entrar em colapso econômico total, a Carta Capital acusava a CIA de estar financiando os protestantes. Agora estão aí os resultados ditatoriais dos bolivarianos para todo mundo ver. Mentira, canalhice e desonestidade são sobrenomes de esquerdistas. Até quando irão aceitar o que esses desgraçados com moral de psicopatas falam?

        O autor deve aprender a dar verdadeiras evidências de fontes PRIMÁRIAS (ou seja, as próprias organizações declarando de quem receberam dinheiro, declarações de renda do ricaço em questão e as transações bancárias), antes de traduzir vídeos de esquerdistas norte-americanos desinformadores fazendo apologia ao partido mais corrupto da história do Brasil.

        http://www.discoverthenetworks.org/viewSubCategory.asp?id=123

        http://keywiki.org/Organizations_Funded_Directly_by_George_Soros_and_his_Open_Society_Institute

        https://www.activistfacts.com/organizations/528-center-for-american-progress/

      • Cada dia mais propositalmente cego e desonesto, Luciano, tsc, tsc.
        Já te mostrei no comentário passado as poucas passeatas que deram algum RESULTADO para a direita e nenhuma delas foram organizadas por liberais.
        Se vai afirmar algo contrário ao que estou afirmando, poste as provas do que está afirmando. Eu postei as minhas provas, você ainda não postou NENHUMA PROVA.

        Eu fui na Paulista apenas para fazer número e fazer barulho. Militante de rua age assim. Quem tem que saber direcionar a passeata para fazer pressão no lugar certo é a organização da passeata, ou seja, o Kim e a turma dele. Se o impeachment não sair vai ser por pura incompetência do Kim que você apoia até quando ele está errado (e eu também infelizmente, já que fui em quase todas as passeatas organizadas por ele).

        Luciano, aprenda a ler inglês, você está passando vergonha.
        O texto é de 1995 mostra a NOTÍCIA de que o diálogo Interamericano (que o FHC foi, representando o PSDB ou não nunca iremos saber) se encontrou com o Foro de São Paulo (e o Lula, representando o PT, também estava na reunião) para discutir as estratégias em Washington.

        Aquela imagem que você postou possui origem na página Meu Professor de História, uma página comunista e defensora de Stalin, que não sabia da existência do Foro de SP em 2013.
        O link foi postado em 2013 como resposta em um grupo junto com um texto falando sobre a colaboração entre o PSDB e o PT, mas em 2016 você ainda não quer aceitar o fato que o FHC (com quase certeza representando o PSDB) é colaboracionista com o Foro de São Paulo.

        Eu sei que você não irá assumir seus erros, Luciano. Você é o maior vira casaca da Internet, mas nunca assume que está errado.

      • Cada dia mais propositalmente cego e desonesto, Luciano, tsc, tsc. Já te mostrei no comentário passado as poucas passeatas que deram algum RESULTADO para a direita e nenhuma delas foram organizadas por liberais.
        Todas as passeatas de 2014 para cá foram organizadas principalmente por liberais. Estes são os fatos. Explica-se: eles foram menos dogmáticos em suas demandas, personalizaram as questões e não trataram de abstrações. Quanto das manifestações “dos conservadores”, me diga qual o impacto delas? Pode fingir o quanto quiser…
        Se vai afirmar algo contrário ao que estou afirmando, poste as provas do que está afirmando. Eu postei as minhas provas, você ainda não postou NENHUMA PROVA.
        Você não mostrou absolutamente nenhuma prova. Aliás, as manifestações deste 13/3 estavam para serem SABOTADAS por um time… da direita conservadora (que não representam todos os conservadores, claro). Eu ainda estou no aguardo de uma manifestação só de vocês.
        Eu fui na Paulista apenas para fazer número e fazer barulho. Militante de rua age assim. Quem tem que saber direcionar a passeata para fazer pressão no lugar certo é a organização da passeata, ou seja, o Kim e a turma dele. Se o impeachment não sair vai ser por pura incompetência do Kim que você apoia até quando ele está errado (e eu também infelizmente, já que fui em quase todas as passeatas organizadas por ele).
        Então o critério vale para vocês: se o Foro de São Paulo não for encerrado vai ser por pura incompetência do Olavo. Está vendo como é fácil fazer você sucumbir pelo seu próprio livro de regras?
        Na verdade, estou aguardando VOCÊS realizarem trabalho semelhante. Em relação ao impeachment, o Kim e seus amigos já fizeram muito e merecem parabéns. A turma da birrinha contra o Kim não fez um décimo disso. É absurdo que vocês não percebam o quanto está feio o despeito de vocês.
        Luciano, aprenda a ler inglês, você está passando vergonha. O texto é de 1995 mostra a NOTÍCIA de que o diálogo Interamericano (que o FHC foi, representando o PSDB ou não nunca iremos saber) se encontrou com o Foro de São Paulo (e o Lula, representando o PT, também estava na reunião) para discutir as estratégias em Washington.
        O texto não comprova nenhum CONCHAVO, além de ser uma notícia com poucas referências. Tudo tem o mesmo tom daquele livro do Heitor de Paola. Faltam evidências mais claras. Aliás, não sei se você percebeu, mas a página da Wikipedia da Executive Intelligence Review traz alguns exemplos do sensacionalismo estilo Alex Jones da publicação: https://en.wikipedia.org/wiki/Executive_Intelligence_Review
        Não me parece fonte confiável…
        Aquela imagem que você postou possui origem na página Meu Professor de História, uma página comunista e defensora de Stalin, que não sabia da existência do Foro de SP em 2013. O link foi postado em 2013 como resposta em um grupo junto com um texto falando sobre a colaboração entre o PSDB e o PT, mas em 2016 você ainda não quer aceitar o fato que o FHC (com quase certeza representando o PSDB) é colaboracionista com o Foro de São Paulo.
        Não há prova alguma deste colaboracionismo. Precisamos de fontes mais críveis. Bem, eu sei como deve ser dura a sua situação. Precisar apelar a fontes obscuras para tentar validar delírios que você aceitou por pura dominação psicológica lançada sobre você. Desculpe, mas não dá.
        Eu sei que você não irá assumir seus erros, Luciano. Você é o maior vira casaca da Internet, mas nunca assume que está errado.
        Já expliquei que ‘vira casaca’ é termo que só vale como ofensa em diálogos de boteco. E só quando se fala de futebol. Mudar de opinião diante das evidências é MOTIVO DE ORGULHO. Enquanto isso, vocês jamais mudam diante das evidências. Vocês caíram em um conto e foram estimulados emocionalmente a crer neste conto. Chega a dar pena a ver sua insistência…
        Enquanto isso, aguardo suas EVIDÊNCIAS….

      • “Todas as passeatas de 2014 para cá foram organizadas principalmente por liberais. Estes são os fatos.”

        Me AONDE eu neguei isso. Eu estou falando DESDE O COMEÇO que as passeatas DO IMPEACHMENT estão sendo organizadas por liberais. E logo depois eu disse que não estão dando resultado político NENHUM. É isso que estou afirmando e você cometeu por duas vezes a falácia Red Herring de desviar do assunto e inserir algo que não está sendo discutido.
        Seja desonesto com petistas, esquerdistas e progressistas, não com seus aliados direitistas.

        Explica-se: eles foram menos dogmáticos em suas demandas, personalizaram as questões e não trataram de abstrações.

        Com toda certeza, Luciano. Foram tão pragmáticos que não obtiveram resultado político NENHUM. Esses são os fatos. Pode desviar do que eu estou afirmando o quanto quiser. Enquanto o MBL somente tiver números nas ruas, NÃO VÃO ter nenhum resultado político. Essa é a realidade que você não quer enxergar.

        Quanto das manifestações “dos conservadores”, me diga qual o impacto delas?

        O impacto obviamente foi menor, mas deu RESULTADOS DESEJADOS, Luciano. Essa é a diferença e o que está sendo discutido. O que importa são os RESULTADOS, não a moral utilizada, não impacto, não a repercussão na mídia, etc. E você sabe muitíssimo bem disso.
        Está cometendo pela terceira vez a falácia Red Herring. Isso é reflexo de que você sabe que está errado, mas é orgulhoso e não admite estar errado.

        “Eu ainda estou no aguardo de uma manifestação só de vocês.”

        Ah sim, o velho truque de inverter o ônus da prova. Quanta imaturidade, Luciano.
        Estou estou discutindo NUMA BOA com você, Luciano, NUMA BOA. Não estou querendo “vencer” nada. Por isso não estou sendo desonesto e nem utilizando truques SUJOS contra um aliado.
        Já apresentei as manifestações que deram RESULTADOS e você respondeu na maior cara de pau que o mérito era seu. Agora mudou a retórica de nenhuma manifestação foi organizada por conservadores. Mas tudo bem, eu posto novamente.

        Ideologia de Gênero foi barrada graças aos políticos e as manifestações nos lugares CERTOS:

        https://www.youtube.com/watch?v=KoO28WkhO-k

        https://www.youtube.com/watch?v=k6U3saGGRsw

        https://www.youtube.com/watch?v=ED38BZXcV9c

        Escola sem Partido já deu resultados. A Bancada da Bala também. Mas isso são movimentos iniciados e organizados por conservadores, e não passeatas.

        Já liberais ainda não conseguiram NADA de resultados, só barulho (algo que não é ruim, mas como resultado é ruim).

        “Então o critério vale para vocês: se o Foro de São Paulo não for encerrado vai ser por pura incompetência do Olavo.”

        Está tendo uma manifestação com mais de 6 milhões de pessoas com o objetivo declarado de derrubar o Foro de São Paulo e o Olavo é o líder dessa manifestação? Resposta: Não. Então a culpa não vai ser dele. Situações diferentes, regras diferentes. É a mesma coisa sobre o exemplo do Impeachment e das Eleições que citei anteriormente.
        Você está cometendo falácia atrás de falácia, Luciano. Cometa essas falácias de desviar de assunto, inverter ônus da prova e misturar situações completamente diferentes com petistas e esquerdistas, não com outros direitistas.

        “Na verdade, estou aguardando VOCÊS realizarem trabalho semelhante.”

        O Kim pegou primeiro a oportunidade de organizar as passeatas para conseguir o Impeachment. Mérito dele. Nenhum outro movimento vai conseguir chegar perto. E é exatamente por isso que os conservadores estão dando dicas do que ele pode fazer para conseguir o objetivo em um movimento de liberais e não tentando criar o próprio para se igualar com o MBL. Eu e vários conservadores estamos indo nas passeatas para fazer número, o Olavo e outros direitistas estão dando estratégias do que pode ser feito para conseguir o RESULTADO do Impeachment.

        Em relação ao impeachment, o Kim e seus amigos já fizeram muito e merecem parabéns.

        Concordo plenamente. Merecem parabéns pela iniciativa.

        O texto não comprova nenhum CONCHAVO, além de ser uma notícia com poucas referências.

        http://www.cfr.org/brazil/brazil-lulas-prospect/p5393

        Artigo escrito por Rockefeller para o Conselho de Relações Exteriores.

        “Não há prova alguma deste colaboracionismo.”

        http://www.cfr.org/brazil/brazil-lulas-prospect/p5393

        Artigo escrito por Rockefeller para o Conselho de Relações Exteriores usando como fonte o artigo do Executive Intelligence Review que a Reunião entre o Diálogo Interamericano e o Foro de São Paulo em Washington para traçar estratégias aconteceu.

        “Enquanto isso, aguardo suas EVIDÊNCIAS…”

        Eu apresento todas as provas sobre o que eu afirmo e você não apresenta NENHUMA sobre o que você afirma. Mas ainda assim possui a cara de pau de pedir mais provas enquanto não apresenta nenhuma.
        Mais uma vez cometendo o velho truque de inverter o ônus da prova. Tsc, tsc. Seja falacioso com esquerdistas e petistas, Luciano, não com outros direitistas.

        Abraços.

      • E logo depois eu disse que não estão dando resultado político NENHUM. É isso que estou afirmando e você cometeu por duas vezes a falácia Red Herring de desviar do assunto e inserir algo que não está sendo discutido. Seja desonesto com petistas, esquerdistas e progressistas, não com seus aliados direitistas.
        Falsa identificação de falácia. Então falamos de um movimento que tem sido criticado por BIRRINHA pelo Olavo (como mostrei com evidências), sem NENHUM MOVIMENTO PARALELO. Você está sendo desonesto para defender uma agenda desonesta e sofista.
        Com toda certeza, Luciano. Foram tão pragmáticos que não obtiveram resultado político NENHUM.
        Não… só colocaram o impeachment na boca do povo. Sua análise tática é BIRRINHA e só.
        Enquanto o MBL somente tiver números nas ruas, NÃO VÃO ter nenhum resultado político. Essa é a realidade que você não quer enxergar.
        Ué… decidam-se. Enquanto iam para Brasília, criticaram por parar de colocar pessoas nas ruas. Depois que voltaram a colocar pessoas nas ruas, criticam POR colocar pessoas nas ruas. Tu é muito desonesto mesmo…
        O impacto obviamente foi menor, mas deu RESULTADOS DESEJADOS, Luciano. Essa é a diferença e o que está sendo discutido. O que importa são os RESULTADOS, não a moral utilizada, não impacto, não a repercussão na mídia, etc. E você sabe muitíssimo bem disso.
        Só que os RESULTADOS não são dos conservadores… Ih… foi pego em mais uma mentira.
        Está cometendo pela terceira vez a falácia Red Herring. Isso é reflexo de que você sabe que está errado, mas é orgulhoso e não admite estar errado.
        A questão é que você ESTÁ MENTINDO e está ciente que mente. Aqui não temos mais um debate, mas sim um desmascaramento.
        Ah sim, o velho truque de inverter o ônus da prova. Quanta imaturidade, Luciano.
        O velho truque de inventar uma falácia inexistente. Quanta safadeza, quanta desonestidade…
        Estou estou discutindo NUMA BOA com você, Luciano, NUMA BOA. Não estou querendo “vencer” nada. Por isso não estou sendo desonesto e nem utilizando truques SUJOS contra um aliado.
        Lá vem o truquezinho típico de petista de dizer “quero diálogo” enquanto está mentindo sem parar. Por que você usa tantos truques sujos contra um aliado como eu? Não tem vergonha?
        Já apresentei as manifestações que deram RESULTADOS e você respondeu na maior cara de pau que o mérito era seu.
        Você é mentiroso. Eu disse que uma pessoa que faz parte da moderação deste blog teve uma participação. A falácia da ampliação indevida é uma tentativa de exagerar uma afirmação do oponente para refutar a versão exagerada. Não vai colar aqui…
        As manifestações de escola sem partido são TANTO liberais quanto conservadoras.
        Ideologia de Gênero foi barrada graças aos políticos e as manifestações nos lugares CERTOS:

        https://www.youtube.com/watch?v=k6U3saGGRsw


        Ué… os ataques à ideologia de gênero são feitos TANTO por conservadores como liberais. A defesa do direito de uma criança não ser doutrinada é parte da DOUTRINA LIBERAL.
        Escola sem Partido já deu resultados. A Bancada da Bala também. Mas isso são movimentos iniciados e organizados por conservadores, e não passeatas.
        Mentira tua. Ambos os movimentos são tanto conservadores como liberais. Ué… o direito de usar armas virou “demanda conservadora” onde, palhaço? Direito de crianças não serem doutrinadas virou “demandas conservadora” onde, mentiroso? Em tempo: Rodrigo Constantino, liberal, está escrevendo um livro com Miguel Nagib. Combina bem.
        Já liberais ainda não conseguiram NADA de resultados, só barulho (algo que não é ruim, mas como resultado é ruim).
        Pfff….
        Sem os liberais (que lutam pela liberdade) suas “demandas” não seriam nada. De novo, VOCÊ NÃO REPRESENTA conservadores, mas neoconservadores ou alguma do tipo. Tua postura não tem nada de conservadorismo…
        Está tendo uma manifestação com mais de 6 milhões de pessoas com o objetivo declarado de derrubar o Foro de São Paulo e o Olavo é o líder dessa manifestação? Resposta: Não. Então a culpa não vai ser dele. Situações diferentes, regras diferentes.
        De jeito algum.
        Olavo fez a ALEGAÇÃO de que tinha “a demanda do povo”. Ele falou disso milhares de vezes.
        Em vez disso, o povo foi em outras manifestações. Em outubro foi criado um movimento chamado “Olavo tem Razão”. Ninguém foi nas ruas. Ou seja, em termos de LIDERAR MOVIMENTOS, Olavo fracassou…
        Mas o MBL não. É só comparar. É que vocês não tem direito de pensar e compraram a birrinha do mestre.
        Você está cometendo falácia atrás de falácia, Luciano. Cometa essas falácias de desviar de assunto, inverter ônus da prova e misturar situações completamente diferentes com petistas e esquerdistas, não com outros direitistas.
        Mostrei aqui que seus truques de identificação de falácias são todos falsos. A falsa identificação de falácia é uma das falácias MAIS GRAVES. E você faz isso com um aliado. Aliás você diz “Cometa essas com (x), não com (y)”. Isso mostra que você não tem senso moral. Não devemos cometer falácias com ninguém.
        E é exatamente por isso que os conservadores estão dando dicas do que ele pode fazer para conseguir o objetivo em um movimento de liberais e não tentando criar o próprio para se igualar com o MBL.
        Dica? Pegamos neocons no pulo tentando sabotar o 13/3. Ficou feio demais. Além do mais, dica de quem? As dicas do babão foram DISPENSADAS, não percebeu?
        Eu e vários conservadores estamos indo nas passeatas para fazer número, o Olavo e outros direitistas estão dando estratégias do que pode ser feito para conseguir o RESULTADO do Impeachment.
        Não foi o que vimos em vários printscreens, onde Olavo usou a tática do “(x) não é importante, é melhor (y)”. Esse padrão de mudança de direção já ficou até cansativo.
        http://www.cfr.org/brazil/brazil-lulas-prospect/p5393.
        Artigo escrito por Rockefeller para o Conselho de Relações Exteriores.

        Qual o parágrafo que você considera meis interessantes como PROVA DE CONCHAVO do PSDB com o PT?
        http://www.cfr.org/brazil/brazil-lulas-prospect/p5393
        Artigo escrito por Rockefeller para o Conselho de Relações Exteriores usando como fonte o artigo do Executive Intelligence Review que a Reunião entre o Diálogo Interamericano e o Foro de São Paulo em Washington para traçar estratégias aconteceu.

        Qual o conteúdo desta reunião? No que elas implicam o conchavo para colocar o PT no poder?
        Eu apresento todas as provas sobre o que eu afirmo e você não apresenta NENHUMA sobre o que você afirma. Mas ainda assim possui a cara de pau de pedir mais provas enquanto não apresenta nenhuma.
        Não apresentou evidência alguma. As evidências que os “movimentos conservadores é que davam resultados” fracassaram pois não eram movimentos conservadores.
        As provas de que se comentou sobre uma reunião não configuram o conchavo conforme descrito por vocês.
        Aprenda a avaliar EVIDÊNCIAS. Se alguém entrou em uma quitanda não é prova de que ela matou alguém lá dentro. Suas “evidências” se baseiam em um recorte da realidade que não provam sua ALEGAÇÃO. Temos evidências de que se escreveu sobre uma reunião para discutir vários pontos, mas só. Não tem nada mais além disso? É assim que o Alex Jones faz. A técnica de “juntar os pontos”, mas sem provar nada.
        Seja falacioso com esquerdistas e petistas, Luciano, não com outros direitistas.
        Não seja falacioso com ninguém. Aprenda a ser uma pessoa MORAL.
        Tsc, tsc…
        Acho que podemos encerrar por aqui, certo? Se tiver algo novo, traga, caso contrário, nem adianta ficar repetindo frames para não me tomar tempo. Vocês tem a pagina do Olavo para viver em groupthink. Seja feliz por lá.

  2. Você continua gastando muita “tinta” com esse imbrógio, mas, ao que se parece, não conseguiu, até agora, mais do que encher o saco de todo mundo. Apesar disso, continua “cantando vitória” num embate que nem aconteceu, já que seus supostos oponentes pouco se ocuparam das suas diatribes centradas na ideía pseudodelirante de que o Olavo e sua turma estariam querendo sabotar as manifestações de 13 de março.

    Poderia, um peso pena, derrotar um peso-pesado? Ao que se viu, o misericordioso meio-médio Nate Diaz livrou o falastrão Conor McGregor de “perder a cabeça” ,tentando semelhante proeza. Melhor para o Conor, melhor para você.

    • Você continua gastando muita “tinta” com esse imbrógio, mas, ao que se parece, não conseguiu, até agora, mais do que encher o saco de todo mundo.

      O objetivo era esse: incomodar os embusteiros.

      Apesar disso, continua “cantando vitória” num embate que nem aconteceu, já que seus supostos oponentes pouco se ocuparam das suas diatribes centradas na ideía pseudodelirante de que o Olavo e sua turma estariam querendo sabotar as manifestações de 13 de março.

      Estranho que vimos várias mudanças de posicionamento em relação ao hangout. O truque do “nem doeu, nem doeu” não engana ninguém aqui…

      Poderia, um peso pena, derrotar um peso-pesado? Ao que se viu, o misericordioso meio-médio Nate Diaz livrou o falastrão Conor McGregor de “perder a cabeça” ,tentando semelhante proeza. Melhor para o Conor, melhor para você.

      Lucas, não venha com truquezinho de seita aqui. Retardados mentais podem até enganar alguém dizendo “meu mestre te vence”, mas estamos falando de um debate entre Lucas X Luciano, e até agora você não refutou nem sequer meu argumento central: o de que – na ausência de uma ação alternativa – não fazer nada pela melhor alternativa (na hierarquia de valores) é imoral.

      Em tempo: dizer “meu mestre te vence” é GOZAR COM O PAU DOS OUTROS. Coisa de gente sem dignidade e sem honra.

      Ademais, Olavo está cada dia mais desmascarado, sem reputação perante várias cabeças pensantes. Está mais próximo de um Ratinho da direita. Só ele está ganhando com isso, e vocês estão afundando. Em breve mostrarei aqui alguns padrões de SEITA e até de DESCONVERSÃO. Quem sabe alguns de vocês conseguirão finalmente pensar independentemente.

      • “padrões de SEITA e até de DESCONVERSÃO”
        Oba!!!!

        O pessoal do Prometheo Liberto falou sobre esses temas tb. No entanto, considero o material deles um tanto intragavel, por serem nacionalistas anti-liberais.

      • Responder o quê, se você censura a tréplica dos seus adversários para que possa recorrer ao surrado estratagema da falsa proclamação da vitória? Ainda que a sua réplica, por pífia que é, dispense qualquer exercício de refutação.

      • Lucas,

        Não há qualquer debate com você. Você só inseriu truques retóricos como “você é formiga perto do elefante que é meu mestre” ou “até uma criança te derrota”. Meu blog é lugar para debates táticos, não para truques de frames sujos que só enganariam crianças. Se quiser REALMENTE debater, ok. Não há como proclamar vitória contra você, pois você está se recusando até a lutar dialeticamente. Mas não posso ficar perdendo tempo, pois seria gastar esforço com soldado raso.

        Abs,

        LH

  3. Eu nao consigo entender essa obstinacao em nao aceitar a intervencao militar. Ela ja esta ocorrendo e de forma mais inteligente do que se supoe, ou nao esta claro que as FFAA estao dando apoio ao Juiz Sergio Moro? Vivi os idos de 1964 e tenho certeza que foram os melhores anos que o Brasil tem tido recentemente. Faz parte do jogo politico o apoio das armas.

  4. Sobre este assunto, já me posicionei aqui, decidido a não tomar partido. Mas acabo de ler a matéria de Reinaldo de Azevedo “Bem-vindos os vira-casacas…” (http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/bem-vindos-os-vira-casacas-eu-os-quero-a-favor-do-impeachment/) onde ele registra uma frase memorável que reflete muito bem o que penso – e também, tenho a certeza, muita gente melhor do que eu – a respeito dessas discussões intra-oposição ao PT e sua linha auxiliar:

    “”A tarefa urgente, da hora, sem muito tempo para prosopopeias, é segurar o navio na tempestade. Depois a gente diverge sobre todo o resto, ora bolas! Ou alguém quer parar para discutir a relação com a onda lhe cobrindo a testa e a embarcação prestes a virar?”

    • De fato, RA tem razão sobre a questão da prioridade (derrotar o PT). Porém, é nítido que ele em verdade redobra esforços para melhorar a imagem dos tucanos nos seus últimos posts, sendo o fato específico da hostilidade a Marta Suplicy, mencionado no artigo citado, tão somente um disfarce, um álibi para encobrir aquele desiderato.

  5. Não sei se sinto mais indignação ou melancolia com essa alucinação toda. Hoje li que segmentos do planalto viram nas manifestações uma oportunidade para apostar ainda mais em políticas esquerdistas e de interesse dos movimentos sociais!!!!! Meu Deus, esse é justamente um dos pontos críticos do esquema,uma dos estopins centrais da cisão observada dentro da sociedade brasileira, e eles acham que a saída é “esquerdizar”? A melancolia ,então, aparece quando nos damos conta da capacidade que a política tem de assimilar e de ser invadida por indivíduos com SERÍSSIMOS transtornos não apenas morais, mas psicológicos também. “Doença”, empregada no atual contexto nacional, não é só uma provocação retórica, não é um “shaming”, como gosta de dizer o Luciano, ela se mostrou um diagnóstico clínico mesmo.É senhores, parece que fomos transportados diretamente para um dos contos de gente como Kafka, ou Ionesco, ou E.T.A. Hoffmann, ou Edgard Allan Poe. Bem vindos ao mundo das narrativas fantásticas. Porém, acima das considerações mais práticas, para quem ainda tem algum senso moral, tudo isso é sumamente, quase insuportavelmente, constrangedor.

    PS: Você viu nesse vídeo sobre uma suposta participação dos irmãos Koch, o bostinha do jornalista americano informando que houveram manifestação em favor do governo Dilma de quase 1 milhão de pessoas em resposta aos atos do final do ano passado, atos esses, nas palavras suínas dele, promovidas por um “Tea Party” brasileiro.? Começo a achar que existem interesses muito grandes por detrás disso. As mentiras já adentraram nos patamares da pura amoralidade….

  6. Olavo escreveu hoje no twiter, em tom especulativo claro, que existe a possibilidade de o primeiro-ministro do futuro parlamentarismo ser Luís Inácio Lula da Silva. Perdoe-me Luciano, mas se isso acontecer então os militares têm o dever de interceder. Se essa amoralidade descabida se confirmar…nunca pensei ter de dizer isso…mas eu passo a apoiar um chega pra lá dos milicos. Entretanto…Entretanto, tomara mesmo que seja só uma viagem do OdC.

    • Ele nem virou ministro e,mesmo que vira se,nao seria motivos pra tal intrevencao militar ocorrer. Às vezes parece que voces torcem por uma situacao ruim acontecer.

Deixe uma resposta