Feminista Nathali Macedo também tenta defender machismo de Lula e se dá mal

22
297

image110

As feministas estão desesperadas apelando ao estratagema erístico da distinção de emergência – mapeado por Schopenhauer – pelo qual alguém inventa uma regra de última hora para validar ou invalidar qualquer coisa. Depois do machismo abominável praticado por Lula – conforme revelado em escutas telefônicas nesta semana – aquelas feministas apoiadoras do PT estão correndo atrás das distinções de emergência mais ridículas.

Emulando o truque já usado por Maria do Rosário, Nathali Macedo tenta seu esperneio:

Usei algumas horas do meu dia tentando compreender por que o termo “grelo duro” utilizado pelo ex-presidente Lula para definir as feministas petistas seria ofensivo. Primeiro porque, quando um termo é ofensivo, o meu detector de machismo costuma funcionar muito bem: a revolta é instantânea.

Ademais, não me ofenderia por ser chamada de mulher de grelo duro. Quando estou de grelo duro – literalmente, quero dizer – isso não costuma me incomodar, muito pelo contrário, aliás.

Trocadilhos providenciais à parte, o que Lula quis dizer – e que foi, como já era de se esperar, manipulado pela grande mídia – é o que Brasil precisa das mulheres fortes – nós, as mulheres de grelo duro – na luta contra as intenções golpistas de uma direita fascista.

O que ele quis dizer – e disse – é que nós precisamos nos levantar contra os políticos que, além de sórdidos, são machistas em suas relações pessoais. Contra Aécio Neves, acusado de agressão física contra a esposa; FHC, que manteve um relacionamento abusivo com sua amante e pressionou-a a abortar contra a sua vontade; contra Bolsonaro, que disse à Maria do Rosário que não a estupraria porque “ela não merece”.

“Faz um movimento da mulher contra esse filho ****. Porque ele batia na mulher, levava ela pro culto, deixava ela se f****, dava chibatada nela. Cadê as mulheres de grelo duro do nosso partido?”

Nenhum conselho poderia ser mais certeiro: um movimento de mulheres contra os misóginos que não suportam ver uma de nós na Presidência da República, contra o conservadorismo que nos atinge mais fortemente do que aos homens, contra a elite que se recusa a reconhecer os próprios privilégios e por isso – só por isso – sente-se representada por políticos que, além de corruptos, são opressores em suas vidas privadas.

E para lutar contra isso, só mesmo as mulheres de grelo duro.

E são elas que vão salvar o país.A revolução será feminista.

Como já disse, Maria do Rosário foi desmascarada em um programa de rádio ao vivo por tentar o mesmo truque, portanto todas as palavras de Nathali são apenas mingau sem sentido.

Mas é preciso desmascará-la ainda mais. Ela cita a agressão de Aécio contra a esposa, mas até hoje não apresentou uma evidência jurídica do que afirmou. Aqui então ela finge estar “em defesa de uma mulher agredida” falando de uma agressão inexsistentes. Em relação a FHC ter pressionado a ex-amante a abortar, Nathali mostra-se novamente psicopaticamente seletiva em termos morais, pois Lula também é acusado por sua ex-namorada, Miriam Cordeiro, de ter exigido que ela abortasse. Logo, se ela critica FHC teria que criticar Lula também. Mas de novo ela mostra que não dá a mínima para as mulheres atacadas por Lula. Indignação seletiva não é indignação moral. É canalhice. Ah, e quanto a Bolsonaro? Simplesmente ele fez uma piada grosseira – é verdade -, mas muito menos ofensiva do que o ataque imperdoável de Lula às mulheres.

Também é engraçado notar que Nathali usa a tática de omitir os fatos. Decerto afirmar que suas militantes feministas são usadas para fins políticos é ofensivo, bem como dizer que elas tem “grelo duro”. Mas vamos supor que isso não fosse um problema, apenas a título de argumento. Ainda assim teríamos dois outros casos de machismo absurdo que invalidam moralmente qualquer associação de quem alega defender mulheres com a escória de Lula.

O primeiro está no fato de Lula ter contado uma piada de estupro, e Dilma rido da baixaria:

E que tal Lula e Wagner se divertindo muito com o fato de Marta Suplicy ter sido chamada de puta? Aqui para ninguém esquecer está a transcrição do diálogo:

Lula: E aqui em SP ninguém conseguiu falar dos dirigentes, Marta, Aécio. A Marta teve que se trancar na Fiesp. Foi chamada de puta, vagabunda, vira-casaca.

Wagner: É bom pra nega aprender. Bom, eu aviso a ela aqui e a gente conversa amanhã

Lula: Tá bom.

Que dizer então que chamar uma mulher de puta é “bom pra nega aprender”? Por que escondeu isso, Nathali?

A resposta é simples: aquelas feministas e ainda apoiam Lula são fraudadoras intelectuais que não dão a mínima para os piores ataques machistas feitos contra as mulheres. Só farão teatro para atacar opositores, mas esconderão os piores ataques, que justamente aparecem daqueles socialistas tiranos que membros dos coletivos apoiam. Aliás, não surpreende que nenhum bolivariano tenha reclamado quando os chavistas quebraram o nariz de Maria Corina Machado. Ou que não tenham chorado pelas centenas de mulheres estupradas em Colônia. Ou mesmo ficado de bico calado quando Eduardo Gaievski, assessor de Gleisi Hoffman, foi preso por estuprar meninas.

Como eu já disse antes, não precisamos do feminismo. Basta o iluminismo com sua luta por direitos iguais para todos, homens ou mulheres, heterossexuais ou homossexuais. Quanto mais as lideranças feministas continuarem apegadas a monstros machistas como Lula, mais elas sucumbirão juntas com os sádicos do PT.

Vários leitores e leitoras de Nathali notaram o seletivismo monstruoso:

  • “Entendi seu ponto, não importa a expressão, importa de quem vem. Se sou xingada por aquele que me paga está tudo bem. Se sou xingada por outro passa a ser ofensivo. Me desculpe Nathali, mas a o que o Lula fez é extremamente machista e ofensivo. O feminismo luta exatamente para acabar com este tipo de situação não importa de quem venha, mas você se porta como uma qualquer outra mulher que é oprimida e não se dá conta de sua própria situação, parece uma dondoca dos anos 50 que acredita que “seu homem” tem o direito de lhe tratar da maneira que quiser, seja lhe batendo, estuprando ou lhe humilhando. Acorde!”
  • “Aham, chamar de linda é assédio. Chamar de mulher do grelo duro nem ofende. Cadê a coerência?”
  • “Você não se ofende porque foi o Lula que disse, se tivesse sido o Bolsonaro estaria revoltadíssima agora. Isso só prova que a luta “feminista” de hoje em dia é ideológica de esquerda, e tão pouco se lixando com as mulheres e suas necessidade.”
  • “Somente uma mente deturpada pode arrotar ser feminista e tentar justificar um diálogo misógino como esse.”
  • “Isso é nada perto da canalhice do Jaques Wagner, que disse que a Marta Suplicy mereceu ser chamada de put@. Mas isso certamente não interessa para a feminista seletiva”
  • “Não vou nem entrar no mérito do que disse o Jaques wagner, o impressionante é que Marta foi xingada de forma infame , e não teve uma palavra de apoio a ela ou de censura aos calhordas que o fizeram, estão muito preocupados em defender o machismo de Lula, repito foi uma demonstração de preconceito, machismo, a forma como marta foi tratada por aqueles ignorantes, se fosse a uns anos atrás e marta estivesse em uma manifestação a favor do governo e fosse xingada por pessoas contra o governo teríamos tratados sociológicos sobre machismo, sobre como nossa sociedade e patriarcal, mas como Marta não faz parte do governo é abandonada por aqueles que dizem combater toda forma de preconceito.”
  • “”Entram 5 caras no quarto dela e ela pensa que é um presente de Deus”. Isso também não é ofensivo? Qual a diferença dessa frase e a frase do Bolsonaro?”
  • “Feminismo conveniente. Mas como foi Lula quem disse, aceito (e baixo minha cabeça). Mulher forte, combativa, de caráter, não precisa ser taxada como de ‘grelo duro’.”
  • “Minha nossa, agora convicções dependem contra que são?? se fosse Bolsonaro, aecio ou fhc todos destruiriam e com razão esses comentários toscos proferidos pelo lula, mas como é de uma “aliado’, é triste ver boas causas e lutas verdadeira tenha sido sequestradas por essa organização que está no poder . Lula, Sarney, Collor, renan, jader barbalho, maluf , dilma, Edison lobão, romero jucá, todo são iguais, todos buscam se embriagarem no poder. Isso que você escreveu me lembra de quando Hitler saiu em defesa de uma amigo de longa data acusado de ser “judeu”, ele disse: -Quem determinar quem é judeu sou eu. Abaixo a qualquer forma de machismo, homofobia, preconceitos de raça , cor ou credo, seja de quem for, seja como for.”
  • “HIPÓCRITA!!! Um texto todo deste para justificar o que poderia ser escrito em uma linha. Certas “feministas” tem um senso moral bem relativo quando se trata de julgar sujeitos como o Lula. Imaginem o que seria desta página se um Bolsonaro ou um Feliciano da vida fosse gravado falando algo até menos ofensivo.”
  • “E quando ele disse que a Clara Ant teria considerado 5 homens invadindo sua casa como um presente de Deus, certamente a nobre e compreensiva articulista também não deve ter se ofendido com a ideia do grande líder imaginar que a expectativa de um estupro coletivo seria uma dádiva divina.”
  • “Quando o homem é bonito o assédio passa despercebido. Quando o termo chulo vem de um petista graduado idem.”
  • “Fiu fiu não pode. Homens, usem a abordagem “grelo duro” nas cantadas. Ficou claro agora? Quanta coerência..”

Acabou, Nathali.

Qualquer feminista que estiver do lado de Lula depois dessa é uma hipócrita. A piada de estupro de Lula é muito mais grave do que a provocação grosseira de Bolsonaro.

Fonte para o teatro de Nathali: Por que a expressão “grelo duro” não me ofende. Por Nathali Macedo – Diário do Centro do Mundo

Anúncios

22 COMMENTS

  1. Nathali Macedo, vou repetir o que você disse “Usei algumas horas do meu dia tentando compreender por que o termo “grelo duro” utilizado pelo ex-presidente Lula para definir as feministas petistas seria ofensivo”.

    Ora, se você precisou de algumas horas do seu precioso dia para entender o cerne pejorativo do comentário do Lula, então está explicado porque você é feminista e petista.

  2. Parei de ler em “quando um termo é ofensivo, o meu detector de machismo costuma funcionar muito bem: a revolta é instantânea”. Fique sabendo jovem, que mulher de “grelo duro” não é mulher, é arremedo de mulher, é macho-fêmea, como dizia minha centenária avó. Lula insinuou que coragem é coisa de homem, ou de mulher de “grelo duro”, mas não de mulher, não desse tipo ordinário de mulher que vocês feministas dizem representar.

  3. É o que eu sempre digo: com raras exceções, ativistas em geral não ligam a mínima para as causas que dizem defender – apenas as usam com desculpa para encher o saco dos outros com seu moralismo pseudomoderninho. Feministas como esta não mexem um dedo para resolver casos concretos, preferem vomitar seu repertório de chavões contra aqueles que elas escolhem como vilões.

  4. Não sabe que agora Graças a Lula podemos chamar todas as feministas e militantes petistas de mulheres de Grelo Duro que não é ofensivo e sim gracioso e elogioso. kkkkk

  5. No meu ver ele quis dizer que a mulher e mais corajosa do que os outros mais forte em suas decisões , não tem medo ,impõem respeito .
    . agora tem homem que parecem puta não consegue perde ficam fazendo intrigas nas emissoras esses.distorcendo conversa das pessoas,
    . ainda tem pessoas fracas que não tem opiniões próprias vive do que os outros falam e ainda entendem errado .

    • Isso, foi isso mesmo que ele quis dizer. E quando falou da Marta foi porque de fato ela merece ser chamada de puta. E quando fez a piada com a Clara Ant, coitada, a mulher estava necessitada mesmo, e como a mulher tem o seu corpo é suas regras, ela pode fazer sexo com quantos ela quiser, e ela também pode aceitar um “estupro” como aceitável se ela quiser, ninguém tem nada com isso.

  6. O sistema educacional, tanto secundarista, quanto universitário, foi muito competente em incutir na cabeça das pessoas a idéia de que a direita representa tudo que há de ruim no planeta. A direita é a Mal encarnado, enquanto a esquerda é formada por anjos de candura, lideres impossiveis de serem criticados, muito menos denunciados quando erram. Maniqueísmo puro a serviço de fraudadores e demagogos. Não importa para as feminista o não foi ou não dito, importa a posição politica.

  7. Certa vez ouvi um debate entre um gaúcho e um mineiro, onde o gaúcho todo valentão disse- oh! tchên na minha terra muié é macho, Já o mineiro com sua humilde sabedoria disse: Oi tchê na minha não, lá homem é homem e muié é muié.

  8. Me considero uma mulher forte, determinada e de opiniao…..mas acredite, NÃO ACEITO NINGUEM ME CHAMANDO DE MULHER DE GRELO DURO..aff
    O que me assombra mais é ver duas mulheres aceitando essa ofensa do LULA como coisa natural, podemos ate imaginar que se alguem do PT estuprar uma criatura dessas, ela pode dizer que ficou horas do dia dela pensando se realmente foi um estupro ou um elogio à sua pessoas por ter sido escolhida pelo estuprador….Ahhh…me poupe, mulherada safada.

  9. Só quero saber da onde dizer que a mulher é de “grelo duro” é pior do que dizer que não estupraria tal, por que não merece, só isso. Péssimo.

  10. Eu entendo que as pessoas comumente em conversas privadas falam coisas usando brincadeiras de mal gosto junto a amigos ou familiares a respeito de algo ou outras pessoas, mas jamais colocariam em prática essas opiniões publicamente por considerarem brincadeiras. Eu já enxergo tais atitudes como mal caratismo (caso do lula e sua trupe). Penso que “você é o quê ninguém vê”, logo seus valores morais diante da situação ocorrida estão desmoralizados, pois ele se permitiu a principio invadir a intimidade de uma pessoa antes que ela permitisse. Exatamente por serem pessoas publicas e defenderem ideias de racismo, machismo e feminismo, os tornam hipócritas publicamente. Moralidade é algo que o Lula e seus aliados não costumam priorizar, e isso reflete negativamente em um País conservador, pois acreditam que por ser uma pessoa pública deve ter postura e princípios morais diante do que eles diz publicamente acreditar.

  11. Caralho, o ser humano é capaz de conseguir produzir um texto lixo e um site cu.

    e o resultado não poderia ser pior. ó a quantidade de imbecil comentando… 😀

    se joga, doido!

  12. Queria saber se essas pessoas que falam tanto na “grande midia” não tem controle remoto em suas tvs..Que caralho,é sempre a mesma coisa…

Deixe uma resposta