Marina à frente nas pesquisas não significa absolutamente nada

6
103

É bom que ninguém fique muito impressionado com os números colocando Marina Silva na dianteira. Veja a matéria da Folha e depois explico:

A ex-senadora Marina Silva (Rede) lidera numericamente as intenções de voto para a Presidência da República em 2018 e tem entre 21% e 24% das intenções de voto, dependendo de quem for o candidato do PSDB.

Marina, o senador Aécio Neves (PSDB) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) são os nomes mais citados para a eleição de 2018, segundo pesquisa Datafolha feita em 17 e 18 de março.

Considerando a margem de erro do levantamento, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, os três aparecem empatados quando confrontados entre si.

Entre a pesquisa realizada em fevereiro e a da semana passada, o ex-presidente Lula é quem mais sofreu com o cenário político do país.

Em todas as simulações em que a disputa envolve Marina e um tucano (seja Aécio, o governador Geraldo Alckmin ou o senador José Serra), Lula perdeu pontos além da margem de erro, na comparação com a pesquisa anterior.

Contra Alckmin e Serra, Lula ainda ficaria em segundo lugar, mas o ex-presidente cai para a terceira posição em um eventual confronto com Marina e Aécio Neves. Neste cenário, Lula aparece com 17%, Marina com 21% e Aécio com 19%.

Mas é o senador mineiro quem mais perdeu pontos nesta mesma simulação, caindo de 24% das intenções de votos em fevereiro para 19% agora. Em dezembro do ano passado, ele chegou a ter 27% das intenções de voto.

Na verdade, existe uma dinâmica que já aconteceu em 2014.

Inicialmente, uma direita mais radical bate de forma desesperada na opção tucana. Com isso, o candidato de uma esquerda mais moderada afunda temporariamente. Eles esperam com isso dar chances para alguma opção que apoiem. Desta vez, existe Bolsonaro, com poucas chances. Mas quem sabe?

Assim, esta direita mais radical vai priorizar os ataques a Aécio, o que aumentará sua taxa de rejeição.

Já a esquerda será mais pragmática, como sempre, e focará na opção Marina Silva, deixando de agredi-la na mesma proporção que a direita true fará com os tucanos. Com isto, ela ficará na dianteira por mais tempo.

Lá pelas tantas, é possível que Jair Bolsonaro se torne um candidato viável. Mas, como já disse, é uma chance menor. Se ele cair no primeiro turno, a tendência é que a direita vá de novo apoiar os tucanos. Ou alguém do PMDB. Dificilmente apoiarão Marina Silva ou algum candidato do PT.

Hoje a opinião pública ainda não reconhece Marina como uma socialista que montou um covil de petistas dissimulados, os quais saíram do partido mas ainda assim seguem obcecados pelo totalitarismo. Essa aliança deverá ser desconstruída em campanha, onde a oposição anexará o petismo à Marina. E isto deverá custar caro a ela.

Portanto, a pesquisa atual não traz nada além de previsível. Não é motivo para desespero, portanto.

Fonte: Folha

Anúncios

6 COMMENTS

  1. Ter Bolsonaro como candidato é muito bom mas ter Marco Feliciano como vice não será uma boa para ele. Nomes como o ex ministro Joaquim Barbosa, ou outros seria melhor para tentar desvincular a candidatura dele (Bolsonaro) de uma pregação religiosa o que faria o candidato perder muitos votos, apesar de eu achar o nome do M.Feliciano infinitamente melhor que J.Willys por exemplo. Mas nem todos pensarão assim. Por isso, apesar de eu achar que o Bolsonaro é o melhor para o país no momento, penso que ter M.Feliciano para vice será ruim para a candidatura do Bolsonaro.

  2. Essa pesquisa mostra outro ponto que você sempre abordou; o discurso frouxo do Aécio no papel de oposição continua custando caro. Foi o que mais perdeu nas pesquisas incluindo o próprio Lula que está na condição de machista, corrupto, ditador arrogante e com dias de liberdade em contagem regressiva. Bem, não foi por falta de aviso.

  3. Existe a possibilidade de Caiado também disputar pela direita e do Ciro Gomes pela esquerda,acredito que a esquerda vá apoiar Ciro,pois a Marina sempre se enrola em debates e não tem uma retórica boa

  4. Marina é o segundo Lula, usa de sua imagem de coitadinha sofredora e vai nos infernizar nas eleições Presidenciais até conseguir ganhar, tal qual fez Lula.

    Como o Brasilerio é miolo mole, vai cair na conversinha mole dela mais cedo ou mais tarde.

  5. Marina está a frente nas pesquisas porque está calada.Está recebendo os votos do Aécio, já que esse foi citado pelo Delcídio na delação.
    Se ela fizer a campanha igual a de 2014, vai perder.
    Sobre Bolsonaro, acho difícil ele conseguir ir para o segundo turno.Consegue virar senador sem problemas, mas não apostaria minhas fichas nele na corrida presidencial.

    • Se ela e o PSDB fizerem a campanha como em 2014, ela TAMBÉM vai ganhar do Aécio… A parte de estar calada tem um quê de razão. Aécio está se queimando direto…

Deixe uma resposta