Lola diz que descarta machismo se for denunciado por… reaças

4
93

Ah, Lola. Ah, Lola…

Sempre facilitando o serviço daqueles que investigam as contradições feministas. Observe:

Nas manifestações de ontem pela democracia e contra o golpe algumas mulheres de esquerda levaram cartazes referentes ao “grelo duro” de Lula. Elas não encararam aquilo como machismo, e sim como elogio. A Cynara explica bem. Não sei se concordo totalmente, mas gostei da apropriação: um termo que foi apontado como machista é adotado pelas próprias militantes. E fica a lição: quem decide o que nos ofende ou não somos nós mesmas (e não é preciso ter unanimidade; ridículo feminista brigar porque uma achou machista e a outra não). Opinião de reaça? A gente descarta.

A imoralidade de Lola é evidente, pois ela diz que “descarta opinião de reaça”. Mas em termos racionais, os fatos falam mais alto que as opiniões. Se o machismo aconteceu, ele deve ser denunciando, não importando de um reaça denunciou ou não. A falácia de Lola é clara. Ela é também desumana ao não se importar com as mulheres apelando à falácia do bulverismo.

Porém, ela comete outra fraude intelectual: “quem decide o que nos ofende ou não somos nós mesmas”. Mas as feministas da extrema-esquerda não representam as mulheres, mas o partido que apoiam. Se o partido cometer machismo, essas feministas esconderão a baixaria, como várias da mesma extração de Cynara e Lola estão fazendo. Nenhuma mulher votou em Lola para que esta cinicamente diga que define o que “ofende ou não” as mulheres. Aliás, o número de mulheres rejeitando o feminismo já parece ser bem maior do que aquelas que as apoiam, haja vista as vendas de livros desmascarando as mentiras do feminismo esquerdista. (Aliás, como sempre digo, não precisamos do feminismo, mas do iluminismo, que já garantia a luta pelos direitos iguais)

As mulheres sãs se ofenderam por não uma, mas três ofensas objetivas praticadas por Lula contra todas as mulheres. Lola ignora essas ofensas da mesma forma que as feministas ignoraram os estupros de centenas de mulheres em Colônia: conveniência política.

Lola, para que tá feio…

Fonte: Escreva Lola Escreva: ALGUMAS OPINIÕES SOBRE A CRISE POLÍTICA

Anúncios

4 COMMENTS

  1. Quando ouvi aquelas gravações, juro que pensei nela. E Lola não decepcionou: provou novamente a pessoa horrorosa que é, em todos os sentidos.
    Agora estou esperando pelas explicações da Chauí, aquela cujo “mundo se ilumina quando Lula passa”…

  2. Basicamente o que a Lola diz é: se o Lula estuprar uma mulher, quem está errado é a mulher por não ter gemido mais intensamente. Para as feministas, a luta delas não é a favor da mulher, mas é a favor da esquerda. Para as feministas, se a mulher tiver que sofrer para a esquerda vencer, a mulher sofrerá.

  3. Esta esquizofrênica só está fazendo isto para cumprir uma agenda esquerdopata. Ela mesma se desqualifica com a suas palavras torpes.
    O público dela, são doentes mentais e lobotomizados e não pessoas íntegras como nós.

Deixe uma resposta