Toffoli defende a legalidade do processo de impeachment

1
25

E de onde menos se espera…

O ministro do STF Dias Toffoli afirmou, nesta quarta-feira (23/3), que o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff é previsto na constituição e nas leis brasileiras. “Não se trata de um golpe. Todas as democracias têm mecanismos de controle e o processo de impeachment é um tipo de controle”, explicou. A entrevista foi concedida ao Jornal Nacional, da TV Globo.

O esclarecimento do ministro ocorreu após Dilma questionar, novamente, a legalidade do processo contra ela: “Eu não vou opinar sobre o caso concreto, porque o juiz do caso concreto é a Câmara dos Deputados, inicialmente, e, posteriormente, o Senado da República. Qualquer andamento do processo que esteja fora das regras legais pode o Supremo Tribunal Federal, então, colocar dentro dos parâmetros da constituição”.

Toffoli disse ainda que o momento atual é a democracia e “aqueles que se sentirem atingidos podem recorrer à justiça brasileira”. “É muito melhor vivermos desta forma, do que sob uma ditadura”, declarou.

Ele está certíssimo. Dar golpe é rejeitar os processos constitucionais, como faz o PT o tempo todo.

Fonte: Ministro Dias Toffoli defende a legalidade do processo de impeachment

Anúncios

1 COMMENT

  1. Muita esmola, o santo desconfia.. Desconfio do Toffoli. Ele faz parte da bancada petista do STF. E acho que está escalado para votar contra os demais petistas, enquanto o seu voto for voto vencido, no intuito de mostrar que um ministro-petista vota contra o PT e que os outros podem fazer isso também. Teoria da conspiração? Não creio. Eles são capazes de tudo.

    Quem viver, verá..

Deixe uma resposta