Governo usa “medidas barbante” para (tentar inutilmente) esconder devastação econômica

2
38

Não há nenhuma diferença entre o padrão utilizado para a economia venezuelana e aquele utilizado no Brasil. Minto. Há uma diferença: lá a devastação começou antes. De resto, dá tudo no mesmo. Aqui o PT também utiliza “medidas barbante” que só servem para maquiar a crise – e nem isso será o suficiente – por alguns meses. Leia mais:

Enquanto enfrenta a turbulência política e a ameaça cada vez mais forte de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o governo corre para estabilizar a atividade econômica e dar sinais de que a saída para a crise pode vir pela economia. Cobrada por parlamentares da base aliada e pelo ex-presidente Lula, que pedem urgência na adoção de medidas de estímulo ao crescimento, a equipe econômica trabalha para apresentar iniciativas que possam segurar a recessão e fazer o crédito e o investimento deslancharem.

Sem dinheiro em caixa para o modelo de subsídios utilizado no passado, e mesmo com a queda significativa na arrecadação de tributos, as ações deixam de lado o ajuste fiscal e se baseiam principalmente na expansão de gastos e em medidas para destravar a concessão de financiamentos dos bancos públicos. Na avaliação de Lula e do PT, os efeitos dessas iniciativas têm o condão de dar sobrevida ao governo.

Apesar de argumentar que as medidas tomadas por Dilma são necessárias para o país, o líder do governo na Comissão de Orçamento do Congresso, deputado Paulo Pimenta (PT-RS), admite que o alívio na economia é uma forma de melhorar o clima na sociedade e, por consequência, no Congresso. “Melhorando a atividade, também melhora a situação política”, avalia.

Eu só precisava disso: da confissão de Paulo Pimenta de que as medidas são apenas para “mexer no clima”, e não para gerar resultados efetivos e duradouros. Quanto mais tempo o PT ficar no poder, maior será a destruição.

Fonte: Governo aposta em medidas econômicas para aliviar crise política | Economia | Notícias | VEJA.com

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Essa maldição do PT é como uma bactéria resistente, onde o antibiótico escolhido tem que ser usado em dose cavalar e de uma vez para não dar tempo de eles desenvolverem novos recursos de se defenderem e continuar no corpo do hospedeiro sugando-lhe a vida lentamente até a morte. RetroSatanas

  2. Paulo Pimenta é aquele que foi pego em flagrante se encontrando secretamente na garagem do congresso tentando subornar uma testemunha do mensalão.

    Paulo pimenta é aquele que levou uma escovada do Bolsonaro quando este disse que a Petrobras era roubada para subornar deputados a fim ganhar votações no congresso. Paulo Pimenta só riu sem graça. Uma confissão aquele riso cínico.
    o vídeo tem 07:24 mas se quiser ir direto ao ponto a partir de 04:30
    https://www.youtube.com/watch?v=-v7-CfE9UQU

    Paulo Pimenta é aquele que levou uma ensaboada do deputado Marchesan quando disse que o patrimônio do Pimenta era imcompatível com os ganhos de deputado.
    https://www.youtube.com/watch?v=fI1xp-i5KFY

Deixe uma resposta