Wadih Damous ataca a OAB de forma cretina e hipócrita

5
64

As mentiras da escória petista estão cada vez mais patéticas. Irritado com o fato do presidente da OAB ter protocolado novo pedido de impeachment, Wadih Damours, um dos advogados mais violentamente fascistas do time petista chegou a um nível de cretinice inédito em postura de ataque:

O deputado petista Wadih Damous (RJ), um dos expoentes da bancada na Câmara nos últimos meses, chamou a Ordem dos Advogados do Brasil de golpista pela decisão de protocolar novo pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff na tarde desta segunda (28), em tumultuada visita.

Wadih foi presidente da Ordem seccional Rio de Janeiro por dois mandatos, e criou a conhecida Comissão da Verdade no âmbito da OAB no Estado.“A OAB não pode tomar partido” – disse em coletiva. “Não reconheci conselheiros, não reconheci presidentes aqui hoje” – emendou, ao criticar a postura de dirigentes das seccionais que acompanharam o presidente do conselho federal, Cláudio Lamachia.

Wadih não tem vergonha de mentir tanto assim? Tanto a OAB pode tomar partido como tomou no impeachment de Fernando Collor, em 1992, apoiado pelo… PT. Logo, a OAB logicamente pode tomar partido. Por favor, enviem um carregamento de óleo de peroba para Wadih…

Fonte: Ex-presidente da OAB-RJ, deputado do PT chama Ordem de golpista – Política – Política

Anúncios

5 COMMENTS

  1. Por favor, conserta aí.
    Wadhi não é jurista coisa nenhuma. Ele é advogado e nem é grandes coisas.
    Conheci ele em 1999 ou 2000 quando ele era presidente do sindicato dos advogados do RJ.
    Não vale nada, o que ele mais gosta é de poder.

  2. A OAB ou a pessoa do presidente da OAB nacional deve acionar o Wadih judicialmente.
    Que eu saiba ele é suplente. Caso o PT saia mesmo do governo vai ter PTista querendo voltar ao congresso e nesta o Wadih dança.

  3. Vale frisar que foi só ocorrer a troca de presidentes que a OAB voltou a representar a democracia. Aquele Marcos Vinícius Furtado Coelho era um verdadeiro capacho do PT.

    Quanto ao Wadih Damous, trata-se de uma das figuras mais nefastas da história da advocacia brasileira.

Deixe uma resposta