Por aclamação, PMDB chuta traseiro do PT

0
71

2016-899225756-201603291611597693.jpg_20160329

Como vimos durante a tarde, o PMDB desembarcou do covil em uma reunião relâmpago de menos de meia hora:

Agora é oficial. Por aclamação, o PMDB aprovou, nesta terça-feira (29), o rompimento com o governo da presidente Dilma Rousseff e a entrega imediata dos cargos. Aos gritos de “Fora PT”, a reunião, que selou afastamento do governo, durou poucos minutos.

Os seis ministros do partido, assim como membros da sigla que ocupam postos no governo, devem deixar o cargo até o próximo dia 12 de abril. Na noite de ontem, o então ministro do Turismo Henrique Alves se antecipou ao posicionamento oficial da sigla e pediu demissão.

A decisão de hoje foi feita por aclamação. O vice-presidente Michel Temer (presidente do PMDB) e os ministros não participaram da reunião de hoje, comandada pelo senador Romero Jucá (RR).“A partir de hoje, dessa reunião histórica, o PMDB se retira da base do governo Dilma Rousseff. Ninguém está autorizado a exercer qualquer cargo federal em nome do PMDB”, disse Jucá.

Nunca é demais lembrar que é importante questionar os deputados do PSD e PP para que eles pulem fora também. Caso ficarem enrolando, deverão ter suas imagens desgastadas. Com nosso empurrão, claro.

Fonte: Por aclamação, PMDB aprova rompimento com o governo Dilma e a entrega imediata dos cargos – Blog de Jamildo

Anúncios

Deixe uma resposta