Barbara Gancia e sua historinha muito mal contada sobre demissão da Band

5
173

Barbara Gancia está choramingando aos quatro cantos se dizendo injustiçada por ter sido demitida da Band. Ué, ela não gosta tanto de um governo que está destruindo empregos? Que ela vá reclamar com Dilma. Quem sabe não arruma algum cargo na BLOSTA. Mas o mais ridículo é vê-la contar uma historinha furadíssima para o motivo de sua demissão:

“Fui demitida da Band porque me recusei a pegar leve com o Eduardo Cunha”, afirmou. “Um belo dia recebo uma orientação: você não pode falar do Eduardo Cunha porque ele é primo do Johnny Saad (dono da emissora). Como assim? Eu sou comentarista, jamais podia aceitar uma coisa dessas”.

A Band enviou a seguinte resposta ao DCM através do assessor de imprensa André Rizzatto Cameira: “Barbara Gancia foi demitida por contenção de despesa. Não existe nenhum parentesco entre Eduardo Cunha e a família Saad”.

Pois é Dona Gancia, a resposta da Band te deixou sem discurso.

Mas há um detalhe adicional: a senhora tem provas do que falou? Tem alguma gravação? Algum e-mail validado em ata notarial? Ah, não tem? Então não adianta contar historinha pra boi dormir. No fundo deveria ter agradecido por ter tido emprego na Band por tanto tempo, pois jamais produziu nada que preste.

Fonte: Diário do Centro do Mundo Barbara Gancia: “Fui demitida da Band porque me recusei a pegar leve com Eduardo Cunha”

Anúncios

5 COMMENTS

  1. Pede seguro desemprego para o pseudo-ministro e pão com mortadela para a CUT. É mais do que muito esquerdista defensor desse desgoverno vai receber se esse país se tornar uma republiqueta bolivariana.

  2. Mas o que raios é um email v”alidado em ata notarial”? Você deve saber por sua profissão, mas o resto da turma tem de aprender tudo? Por favor, use linguagem comum.

  3. É fácil conferir se a história de não se poder atacar o Eduardo Cunha na Band porque ele é primo do Johnny Saad faz sentido ou não. É só ver as matérias jornalísticas da Band. O canal livre pode atacar o Cunha ? O Gentili e o CQC, nos antigos programas, podiam fazer piada com a figura ? Quanto a provas só uma emissora muito burra iria dar uma ordem dessa por escrito. A Carta Capital manda e-mail proibindo chamar o Collor de corrupto ? Ou então para esconder a sujeirada do PT ?

Deixe uma resposta