Lula esperneia de novo pela censura de mídia

7
43

images-cms-image-000484947

Lula segue correndo atrás da censura de mídia tal como um cachorro corre atrás da cadela no cio. O ex-ditador afirmou:

Tenho profundo respeito pela imprensa. Quem deve julgar a imprensa é o telespectador, ouvidor, leitor. De vez em quando, eles precisam lembrar que o povo não é cabeça de bagre. Eles destilam ódio no horário nobre. Estão tentando transformar o Brasil numa sociedade meio a meio. Não irão transformar esse povo maravilhoso, que tem orgulho de andar de vermelho, num povo raivoso. Quem vai para a Paulista vestido de verde e amarelo é desinformado. Não temos raiva deles […] Não pode continuar nove famílias mandando na comunicação deste país. Nem fizemos tudo o que queríamos fazer, e uma das coisas é a regulamentação dos meios de mídia.

Nem vale a pena comentar o papo de “Brasil [dividido] numa sociedade meio a meio”, pois 90% estão contra a tirania petista. A sociedade não está “dividida”. Ademais, “ódio”, no linguajar petista, é toda discordância civilizada a se posicionar contra um partido que vive do crime e do barbarismo.

A questão da censura já deveria ter se tornado óbvia para qualquer estudioso das ditaduras bolivarianas: a censura sutil dos meios de comunicação é um pilar do “socialismo do século 21”, pois com este tipo de censura é fácil esconder escândalos de corrupção e os indicadores econômicos. Ao dizer que deveriam ter censurado a mídia (mas não conseguiram fazer), Lula simplesmente confessa as intenções sádicas do bolivarianismo.

Fonte: Lula: faltou fazermos a regulamentação da mídia | Brasil 24/7

Anúncios

7 COMMENTS

  1. São confissões canalhas de um canalha. A vida deste patife de agora em diante, com o país inteiro convencido de que o PT e ele com sua discípula são o câncer na vida saudável da sociedade, que precisa ser extirpardo com desonra, de agora em diante com suas suas falas não diz nada além daquilo que todos já tinham certeza: o projeto criminoso de calar a imprensa livre. Ele tomou no pavilhão retal. O impeachment é uma correção de rumo e uma lição para estes estelionatarios que isso aqui não é o nível deles: eles assaltaram o Brasil e não veremos bem breve este embusteiro vindo do peleguismo do ABC ser ouvido nos meios de comunicação deitando opinião pois com muita esperança o veremos embora ainda possa demorar preso e por pelo menos dez anos sem capacidade de veicular suas idéias de jerico pois é um traidor da pátria, um vilão e um ladrão. Vai pro inferno que é o lugar de almas impenitentes seu instrumento do capeta! Você está perdido.

  2. Trata-se, ao que tudo parece indicar, de um criminoso empedernido e cruel, chefe supremo do projeto criminoso de poder que esta´destruindo o país. Depois que tudo isso passar, seu nome deveria ser apagado de todos os registros públicos para que as gerações futuras não saibam que alguém tão canalha ocupou, um dia, o posto de supremo mandatário deste país.

  3. “Não pode continuar nove famílias mandando na comunicação deste país.” O golpista de oito tentáculos quer que apenas uma “famiglia” mande em tudo.

  4. Isso não foi o que colocou os meios de comunicação contra o PT no passado? Lembro que a Globo defendia o PT até começarem com essa história de regulação da mídia… Não me surpreende mais o que fazem, mas sim o quanto querem morrer pela boca – Ministro da Justiça com “Não preciso de provas”, Ministro do STF dizendo que Temer cometeu os mesmos crimes de Dilma (ou seja, já admitindo que houve crime)… O frame de mídia golpista a favor do PT sempre é esquecido.

Deixe uma resposta