Planalto treme de medo de mais bombas da Lava Jato durante votações

2
46

O trabalho sempre sério do juiz Sérgio Moro segue aterrorizando a escória:

Interlocutores da presidente Dilma Rousseff apostam que o cenário político será mais uma vez embaralhado na próxima semana por causa de novas revelações da Operação Lava Jato. Entre os ocupantes do Palácio do Planalto há a certeza de que o juiz Sérgio Moro, responsável pelo processo onde há investigações sobre o escândalo da Petrobras na primeira instância, prepara uma ofensiva para atingir o governo na semana em que o impeachment deve ser votado no plenário da Câmara.

Pelo cronograma estabelecido, o processo deverá ser apreciado pelo plenário da Câmara no dia 17, um domingo.

Além de vazamentos relacionados a delações premiadas, há o temor de que Moro deflagre uma nova fase da operação e decrete a prisão de dois nomes que já tiveram bastante proximidade com a presidente: os ex-ministros da Casa Civil Antonio Palocci e Erenice Guerra. Segundo a delação premiada dos executivos da empreiteira Andrade Gutierrez que veio à tona esta semana, Palocci e Erenice teriam ajudado a estruturar o esquema de propina na obra da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará.

Os empresários apontaram um pagamento de cerca de R$ 150 milhões em propina. O valor seria referente a um acerto de 1% sobre contratos. O dinheiro teria como destino o PT e o PMDB e agentes públicos ligados aos dois partidos. Palocci foi o coordenador da campanha de Dilma em 2010. Erenice, por sua vez, era braço direito da presidente e assumiu a Casa Civil quando Dilma deixou o ministério para se candidatar à Presidência pela primeira vez.

Este é o típico cenário vivenciado por aqueles fraudadores corporativos que sabem que cometeram tantos deslizes que a vida de um auditor de fraudes se torna uma moleza. Como o PT sabe que está mais sujo que pau de galinheiro, entende que se Moro realizar seu trabalho – como já vem fazendo – de acordo com as novas evidências surgidas, o partido só tem a se queimar ainda mais. Força, Moro!

Fonte: Planalto prevê ofensiva de Moro durante votações – Agência Estado – UOL Notícias

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Com essa proclamação, os bandidos do projeto criminoso de poder estão pretendendo se vacinar contra alguma operação da Lava Jato que esteja prestes a ser desencadeada. Sabem que a prisão de Palocci e Erenice é muito provável e aí lançam essa advertência, tentando constranger Moro a não realizá-la para não ser acusado de estar partidarizando as operações. Eita truquezinho barato, esse! Espero que o Moro não caia nele.

  2. Eu quero ver a operação Carbono 14 com tudo. Até o presidente do Instituto Lula (Okamotto) já cometeu um ato falho pedindo ao STF para interromper a Lava Jato em função dessa última operação.

    – Celso Daniel vai puxar seu pé de noite, Lula!!!

Deixe uma resposta