Tirania socialista de Maduro usa fome do povo como método de controle social

2
162

Ainda existem algumas criancinhas políticas de direita que recusam a tese da intencionalidade socialista na criação da miséria. Em negação, adeptos da fé cega na crença dizem “ah, mas seria melhor para eles que a economia tivesse sucesso, então são apenas enganados mesmo”. Pena que a realidade apareça de novo para jogar esse delírio na lata do lixo, como vemos em texto do blog de Aluizio Amorim:

Vejam bem o que está acontecendo na Venezuela.

Segundo o jornal El Nuevo Herald, de Miami (EUA), a crise na Venezuela sob a tirania do comunista Nicolás Maduro se torna mais aguda. Agora mesmo Maduro manipula a escassez de alimentos criando ‘bolsas de comida’ que são entregue nas casas dos poucos adeptos do chavismo que restam no país, enquanto mais de 70% dos venezuelanos são obrigados a adquirir comida no mercado paralelo a preços extorsivos.

Segundo o Herald, Maduro está exercendo a repressão contra a população por meio da escassez de comida para a maioria e entregando de graça bolsas de alimentação para a minoria chavista que ainda vota no governo.Ao mesmo tempo o plebiscito revogatório destinado a afastar Nicolás Maduro do poder já aprovado pela Assembléia Nacional de esmagadora maioria oposicionista fez aumentar a repressão. Maduro utiliza os bandos chavistas vestidos de vermelho para agredir oposicionistas.

No vídeo acima, os bandos comunistas de Maduro atacam cidadãos que marcharam até a sede do CNE – Conselho Nacional Eleitoral, para exigir que sejam liberadas as planilhas necessárias para que se inicie o referendo revogatório.

Ao mesmo empo em que são atacados pelos bandos vermelhos a Guarda Nacional Bolivariana (equivalente à Força Nacional do Brasil criada pelo governo do PT) apenas assiste homens e mulheres sendo agredidos de forma violenta pela bandalha comunista que tem licença da ditadura de Nicolás Maduro inclusive para matar cidadãos que se rebelam contra os comunistas.As pessoas decentes e trabalhadoras que não apóiam o regime comunista de Nicolás Maduro, são obrigados a enfrentar filas enormes todos os dias em busca de alimentos no mercado negro. Já os chavistas recebem em casa uma Bolsa de Alimentos.

É por isso que a tese dos “socialistas como coitadinhos enganados” chega a ser hipócrita. Ao contrário, uma análise adulta do socialismo mostra que eles provocam a crise intencionalmente pois encontram nessa devastação as melhores oportunidades para manter o povo submisso a uma ditadura.

Fonte: BLOG DO ALUIZIO AMORIM: TIRANIA COMUNISTA NA VENEZUELA USA ESCASSEZ DE ALIMENTOS COM MÉTODO DE CONTROLE SOCIAL PARA CASTIGAR A OPOSIÇÃO

Anúncios

2 COMMENTS

  1. GOLPE TOTALITÁRIO EM CURSO

    URGENTE! De saída do poder, PT prepara aprovação de projeto totalitário
    (Publicado em 9 de abril de 2016 por Editor em ReaçaBlog)

    Depois do repúdio ao Registro Civil Único (RCU), ao Registro Civil Nacional (RCN) e ao Registro de Identidade Civil (RIC), o PT mudou o nome de seu projeto de controle total da vida do brasileiro para ‘Identificação Civil Nacional (ICN)’.

    As informações são de Lauro Jardim, de O Globo:

    “José Dias Toffoli e Júlio Lopes (PP-RJ), relator do Registro Civil Nacional, entraram em consenso e acertaram como será o projeto que criará um registro único.

    O novo número mudou de novo: agora vai se chamar Identificação Civil Nacional. Os números do CPF e do título de eleitor serão mantidos por pelo menos dez anos, enquanto o TSE coleta os dados biométricos de toda a população. Já os registros permanecerão sob controle dos cartórios.

    O comitê que vai gerir o ICN terá integrantes indicados por Congresso, CNJ, governo federal e TSE.

    A ideia é que a votação na Câmara e no Senado ocorra nas semanas após o impeachment, por consenso.”

    ATENÇÃO: TODOS OS PRESIDENTES E CORREGEDORES DOS 27 TRIBUNAIS DE JUSTIÇA REPUDIAM O ICN!

    Relembre nosso texto de outubro de 2015:

    Presidentes e Corregedores dos 27 Tribunais de Justiça repudiam novo Registro Civil Nacional

    Todos os presidentes e todos os corregedores-gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil repudiaram a iniciativa do ministro Dias Toffoli, presidente do TSE, de criar em parceria com o governo federal o Registro Civil Nacional (RCN), através do PL 1775/15.

    O Registro Civil Nacional é uma versão igualmente tenebrosa do Registro Civil Único (RCU) ou Registro de Identidade Civil (RIC). Sobre o RCU, o ex-secretário Nacional de Justiça do governo Lula, Romeu Tuma Jr., declarou em seu livro Assassinato de Reputações:

    “Eles tentaram criar um projeto de erigir um banco de dados único nacional, com proposta interessante para o público que não conhece o plano de fundo da criação desse Registro de Identidade Civil: era o sonho pelo qual você teria o RG, passaporte, CPF, certidão de nascimento, título de eleitor, tudo no mesmo documento. Eles queriam centralizar em seu banco de dados todas as informações relativas ao cadastro de identidade civil e federal. A PF com isto nas mãos seria maior que a CIA e a KGB juntas. Se esse sonho se realizasse eles teriam acesso, num clique, a todas as informações sobre a carteira de habilitação, carro, imposto de renda, Ministério da Fazenda, nota fiscal paulista, tudo sem ordem judicial. E sob o pretexto de se criar um registro único (…

  2. Com o Brasil nas mãos do PT, certamente irão usar o desemprego e o caos na saúde como forma de subjugar; além do que já fazem com a economia. Nem tem relação sado-masoquista neste caso. É sadismo puro. É a tirania absoluta.

Deixe uma resposta