Jucá expõe desequilíbrio de Dilma: “perdeu a serenidade”

0
54

Algumas pessoas andaram dizendo ontem que o áudio vazado de Temer foi um tiro no próprio pé. Parece que não. Mas com certeza as declarações de Dilma Rousseff nesta terça no Palácio do Planalto foi uma rajada de metralhadora nas pernas como um todo. Um claro caso de colapso mental. E desta vez até Romero Jucá foi bastante caridoso ao apontar a falta de lucidez da presidente:

O presidente interino do PMDB, senador Romero Jucá (RR), rebateu os ataques feitos mais cedo pela presidente Dilma Rousseff ao vice Michel Temer e afirmou lamentar que a presidente “esteja perdendo a serenidade” e “tentando culpar outras pessoas pelos desacertos do seu próprio governo”.

Jucá afirmou que Dilma está “apelando para um enredo já ultrapassado”, lembrando que o ex-presidente Fernando Collor também disse ser vítima de um “golpe” quando sofreu o impeachment em 1992.

“O governo deveria sim fazer uma autocrítica e reconhecer a difícil situação em que colocou o Estado brasileiro”, escreveu Jucá em seu perfil no Twitter.

Mais cedo, Dilma fez um duro discurso em que declarou guerra contra Temer e falou em “golpe”, “farsa” e “traição” cometidas pelo vice após o vazamento, que a petista disse ter sido intencional, de um áudio em que Temer, presidente licenciado do PMDB, fala como se o impeachment tivesse sido aprovado na Câmara dos Deputados.

Eis a situação de Dilma: como disseram por aí no Facebook, nem tarja preta resolve mais. Dilma não tem mais condições psicológicas de gerenciar até mesmo um aquário ou uma granja. Quanto mais um país.

Fonte: Jucá rebate ataques de Dilma a Temer: “perdeu a serenidade”

Anúncios

Deixe uma resposta