370 votos com Temer

0
68

Felizmente, Temer retornou ao melhor território de batalha na reta final, onde o cenário se mantém positivo para nós, adeptos da liberdade:

Na guerra de votos entre Dilma Rousseff e Michel Temer, o grupo do vice-presidente teria conseguido o apoio de três peemedebistas que o governo, até então, acreditava que poderiam votar contra a abertura do pedido de impeachment da presidente petista.

Na lista estariam os votos dos deputados Mauro Lopes (PMDB-MG), ministro licenciado da Aviação Civil, Fábio Reis (PMDB-SE) e João Arruda (PMDB-PR). Os dois últimos estavam evitando declarar seus votos e o governo esperava que eles entrassem no grupo de peemedebistas que vão votar com a presidente.

Já o ministro Mauro Lopes havia declarado que era contra, mas nos bastidores admitia que ainda não estava totalmente definido. Segundo disse a interlocutores, ele gosta da presidente Dilma, mas não poderia trair seu partido.

Mauro Lopes telefonou neste sábado para ao vice Michel Temer para informar que irá votar pela abertura do impeachment. Já os deputados Fábio Reis e João Arruda estiveram pessoalmente no Palácio do Jaburu para declarar o voto a favor do impeachment.

A equipe do vice-presidente contabiliza pelo menos 370 votos neste momento a favor da autorização da abertura do processo de impedimento da presidente petista.

Agora é hora de manter o corpo a corpo e torcer. Estamos quase lá.

Fonte: Folha

Anúncios

Deixe uma resposta