Ulysses, Constituição e democracia recebem homenagem em vídeo do PMDB

1
45

1106

Como impeachment está na constituição, mas o crime não, o PMDB fez muito bem em lançar um vídeo mostrando a legitimidade do histórico 17/4:

Num instante em que Dilma Rousseff e o PT martelam a tese de que está em curso no Brasil um golpe de Estado, o PMDB divulgou um vídeo para defender o contrário. Na peça, o partido do vice-presidente Michel Temer sustenta que os 367 votos que aprovaram abertura do processo de impedimento da presidente “ouviram as vozes das ruas e seguiram a Constituição brasileira…”

Divulgado pela Fundação Ulysses Guimarães, braço acadêmico do PMDB, o vídeo utiliza como trilha sonora o hino nacional brasileiro. Exibe as fotos dos deputados e deputadas que votaram contra Dilma na sessão do último domingo. No final, o comercial anota: “Quando o Brasil quer, o Brasil muda.”

A frase foi pronunciada por Ulysses Guimarães em 1988, na sessão em que a Constituição foi promulgada. O comercial do partido exibe como última imagem uma foto histórica de Ulysses, que presidiu o Congresso Constituinte, erguendo um exemplar da nova Constituição, batizada por ele de “cidadã”.

Nesta terça-feira, um dia depois de ter reiterado a tese do golpe em conversa com jornalistas brasileiros, Dilma voltou à carga numa entrevista à imprensa estrangeira. Defendeu a adoção no Brasil de “uma grande pactuação democrática”. Disse isso num dia em que os líderes dos partidos discutem com o presidente do Senado, Renan Calheiros, a tramitação do processo de impeachment em suas fases finais.

É mais do que importante relembrar as figuras responsáveis pela votação a favor do impeachment. Quanto aos que votaram “contra” ou se abstiveram, podem esperar, mas a hora de vocês vai chegar…

Fonte: PMDB divulga vídeo em que associa o impeachment à Constituição e Ulysses – Política – Política

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta