Se for impichada, Dilma vai pedir para Mercosul expulsar o Brasil. Epa, epa…

9
158

Esta notícia é deveras animadora:

NOVA YORK – A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira a jornalistas estrangeiros que pedirá ao Mercosul que suspenda o Brasil do bloco comercial se ocorrer a quebra do processo democrático no país, após chamar, em coletiva, o processo de impeachment em curso de “golpe”. O Mercosul tem uma cláusula democrática que pode ser ativada se um governo eleito de um de seus membros seja deposto, como já ocorreu com o Paraguai.- Está em curso no Brasil um golpe, então eu gostaria que o Mercosul e a Unasul olhassem esse processo. A cláusula democrática implica em uma avaliação da questão. Nós sempre fazemos essa avaliação – alegou.

A afirmação aconteceu na noite desta sexta-feira. Pela manhã, durante participação em cerimônia na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), Dilma usou parte do seu discurso, no qual apresentou as medidas tomadas pelo governo brasileiro no acordo climático, para citar o “grave momento que vive o Brasil”.

– A despeito disso quero dizer que o Brasil é um grande país, que soube superar o autoritarismo e construiu uma pujante democracia. O nosso povo é trabalhador e com grande apreço pela liberdade, e saberá impedir quaisquer retrocessos. Sou grata a todos os líderes que expressaram a mim sua solidariedade – declarou ela diante da plateia de chefes de estado.

Isto nos presta um duplo favor.

Primeiro, demonstra a presidente traindo a nação por usar o seu cargo e chantagear com base naquilo que ela acredita ser um dano. Motivo adicional para impeachment.

Segundo (e o que é melhor), nos faz um favor, pois o que mais precisamos é nos livrar desse atraso de vida chamado Mercosul. Melhor fazermos negócio com nações mais avançadas.

Tchau, Mercosul!

Tchau, Dilma!

Fonte: Dilma diz que pedirá que Brasil seja suspenso do Mercosul se ocorrer ‘golpe’ – Jornal O Globo

Anúncios

9 COMMENTS

  1. A saída do Brasil do Mercosul vai ajudar e muito a economia brasileira. Mas na visão esquerdista da Dilma, ela acha que isso vai ajudar a afundar o mercado nacional.

    Dilma mostra para quem queira ver como ela é despreparada para o cargo que exerce e fará de tudo para prejudicar o país.

    Bem, já que Dilma adotou essa atitude, não seria bom Luciano, usar um jogo de frame e dizer como Dilma e o PT querem o mal do país?

  2. Se formos “excluídos” do propalado Mercosul, ficaremos livre de construir (com o dinheiro de nossos impostos), Portos em Cuba, Usinas Hidrelétricas na Nicarágua, Rodovias na Bolívia, Metrôs na Venezuela, dentre numeráveis outras obras em países bolivarianos.
    Seria excelente!!
    Será que a Dilma vai nos fazer, ao menos, esse favor?

  3. O Brasil não vai ser punido pelo Mercosul de jeito nenhum. É uma ameaça vazia do PT. Façam os cálculos. Assim que Temer assumir ele vai ter apoio no bloco de Paraguai e Argentina. A Venezuela estará do outro lado com o Uruguai (que ao ver a tendência inevitável vai ser pragmático).

    O que vai ganhar força é sim a proposta do Macri de punir a Venezuela, o país que realmente viola a cláusula democrática continuamente mas até aqui era acobertado pelo Brasil.

    Eu discordo do sentimento geral de sair do Mercosul. O Brasil tem uma chance histórica, praticamente única, de assumir um papel de liderança no continente se agirmos como uma força anti-bolivariana e pró-democracia. Mas infelizmente não espero nada disso de Temer e do PMDB.

Deixe uma resposta