Antecipar eleições é golpe, diz Temer. Ele está certíssimo.

0
84

TEMER-SID

É bem como disse Romero Jucá ontem em entrevista no Roda Viva: eleições antecipadas estão na regra? Não, não estão. Então é golpe. Simples assim. Temer também afirmou o óbvio nesta terça-feira:

O vice-presidente Michel Temer chamou nesta terça-feira (26) de “golpe” a tentativa de antecipação das eleições presidenciais para este ano e disse que, nos Estados Unidos, “as pessoas ficariam coradas” de apresentar uma proposta como essa, que não está prevista na Constituição Federal.

Essa guerra de narrativas só perde para o PT quem quiser.

Como o PT não falou em eleições diretas até ter a certeza de que perderia a batalha do impeachment, então não tem moral para falar em antecipação de eleições agora. Isto porque enquanto acreditava ter chances de escapar, o PT falava: “se quer disputar o poder, espere até 2018”. Mudaram de ideia porque? Puro cinismo que só pode enganar crianças ou descerebrados.

Desta feita, com o PT e seus isentões, o papo tem que ser reto: “novas eleições estão na lei?”. A resposta é não. Então que peçam o impeachment de quem quiser ou aguardem as novas eleições. Antecipar eleições na ocasião do impeachment de um presidente não faz parte das regras do jogo. Se não faz parte das regras, então requisitá-lo só pode ser um golpe oficializado.

Está na hora de apontar o dedo na cara de quem vir com o papinho de “novas eleições” e lhes dizer: “aprendam a seguir o que está na lei”. Depois é só lembrar que pessoas que não gostam de seguir a lei costumam ter um nome: bandidos. E golpistas.

Fonte: Folha

Anúncios

Deixe uma resposta