Ministro do Turismo empregou tia da mulher com salário de R$ 19,4 mil

2
96

Quando sairam as notícias da ex-Miss Bumbum, a sensação de imediato foi: “Aí tem”. E deve ter muito mais do que vemos na notícia abaixo:

O atual ministro do Turismo, Alessandro Teixeira, empregou uma tia da mulher, a ex-miss bumbum Milena Santos, como secretária na Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). O órgão está vinculado ao governo federal e foi presidido por Teixeira até o fim da semana passada, quando foi empossado ministro pela presidente Dilma Rousseff. Após ser questionada pelo GLOBO, a ABDI informou que demitiu hoje a servidora.

A tia de Milena é Delfina Alzira da Silva Gutierrez, que ocupou uma função de confiança na ABDI com um salário de R$ 19.488,60. Trata-se de um cargo de assessoramento especial da diretoria de nível 3 (CAE-3). A ABDI é uma caixa-preta no governo e esconde contratações; cargos e funções desempenhadas; salários e diárias pagas a funcionários e diretores.

Teixeira é um nome de confiança de Dilma e coordenou o programa de governo da petista na campanha à reeleição. Um dos próceres do PT gaúcho e aliado de primeira ordem da presidente, chegou a atuar como assessor especial do gabinete presidencial. O economista foi escolhido para ser ministro do Turismo diante da debandada do PMDB, que incluiu ex-titular da pasta Henrique Eduardo Alves.

Apesar da relevância dentro do governo e de ter virado ministro, Teixeira era um servidor dos bastidores. Milena fez o marido sair do quase anonimato ao publicar em sua página no Facebook, na última segunda-feira, um ensaio de cinco fotos dentro do novo gabinete do marido. O ministro aparecia em três das cinco fotos. A ex-miss bumbum usava um decote ousado e escreveu na página social que acabara de se tornar “primeira-dama do Ministério do Turismo”. “Ao lado de um grande homem, existe sempre uma linda e poderosa mulher”, escreveu a modelo, que apagou a página na rede social depois da forte repercussão negativa do caso.

Como o escândalo foi complicado, eles já “deram um jeitinho” e demitiram Delfina:

Ao ser questionada pelo GLOBO por volta das 13 horas desta quarta-feira, a respeito da contratação de Delfina e da relação familiar dela com Milena, a ABDI informou que demitiu a servidora, às 16h30 desta quarta. “Em função da mudança de direção da ABDI, e consequente reestruturação do gabinete da Presidência, informamos que a senhora Delfina Silva Gutierrez foi desligada desta agência”, diz nota do órgão.

O posicionamento é diferente do apresentado no dia anterior, quando a reportagem procurou a agência e o Ministério do Turismo para comentarem sobre a contratação. Ficou acertado entre os dois órgãos que caberia à ABDI dar uma resposta. “A senhora Delfina Silva Gutierrez não possui qualquer relação de parentesco ou consanguinidade com a senhora Milena Santos, esposa do ministro de Estado do Turismo”, dizia a nota enviada ontem ao jornal.Delfina é irmã da mãe de criação de Milena, e não da mãe biológica, que vive nos Estados Unidos. A modelo foi criada desde criança por essa mãe de criação. A informação foi confirmada por pessoas próximas ao ministro.

E agora veio a distinção de emergência: “ah, ela é irmã de mãe de criação de Milenam e não da mãe biológica”.

Vão catar coquinho na descida…

Fonte: Ministro do Turismo empregou tia da mulher com salário de R$ 19,4 mil – Jornal O Globo

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Já passaram-se dois ou três dias que estão usando a bunda dessa mina para o ministrinho (com letra minúscula mesmo) ficar famosinho e não tem uma feminista falando um A…

  2. E em Minas, o governador nomeou a esposa Secretária de Estado do Trabalho para blindá-la durante as investigações da operação Acrônimo, o que contraria a legislação e decisões dos tribunais superiores. Também estabeleceu que há um limite que as pessoas podem se aproximar dele.

Deixe uma resposta