Dilma e sua herança maldita: uma conta de R$ 300 bilhões

8
131

_____dilma rindo

Como a vida de Dilma ultimamente está resumida a se vingar do Brasil, sua herança será a mais maldita já deixada por alguém que ocupou o cargo de presidente:

Uma conta feita pelo banco UBS dá a medida do desafio a ser enfrentado por Temer na economia – e mostra que, enquanto o namoro do vice com o mercado começou promissor, o casamento pode se provar não tão fácil assim.

Nos cálculos da equipe liderada por Guilherme Loureiro, o governo precisa de nada menos que 300 bilhões de reais para conseguir estabilizar a relação entre dívida e PIB, que vem em trajetória explosiva.

O problema é de onde tirar esse dinheiro. Mesmo as medidas impopulares de aumento de impostos e corte de gastos trariam um alívio de “apenas” 240 bilhões de reais, levando à necessidade de venda de ativos ou alternativas, como utilização de reservas cambiais, para estancar a sangria fiscal.

Do lado da tesoura nas despesas, ainda que sejam aprovados o congelamento nos programas habitacionais e nos salários dos servidores públicos, desindexação dos benefícios sociais do salário mínimo, o fim do abono salarial e o aumento da idade mínima para aposentaria, a economia seria de “apenas” 95 bilhões de reais.

Já na dolorosa frente de aumento de impostos – que Skaf não nos ouça –, o retorno da CPMF e o aumento da Cide e do Pis/Cofins da gasolina, associada à redução de benefícios tributários, como desoneração da folha de pagamento, a receita extra seria de 144 bilhões de reais — isso se o país voltar a crescer à taxa de 2% ao ano.

Conclui o banco, em relatório: “Enquanto reformas extensivas podem ser possíveis, é preciso ter em mente que conquistá-las não vai ser fácil, e o risco de decepções no médio prazo não é baixo”.

A mais cruel presidente de nossa história política recente jamais deverá ser perdoada pelos seus atos de vingança. O nome Dilma Rousseff deverá ser lembrado como um exemplo de vergonha para a política brasileira.

Fonte: O desafio fiscal de Temer: uma conta de R$ 300 bilhões | Radar on-line | VEJA.com

Anúncios

8 COMMENTS

  1. Cruel. Crueldade num nível Maduro da coisa. Dilma revelou o quanto quer o que o povo brasileiro se foda, pois o mesmo sofrerá mais ainda a partir de agora, graças a ela. Vagabunda do caralho. Essa merece ser xingada com palavrões dos mais baixos.

  2. Criticar o desgoverno Dilma, sem mencionar que ela é Lula e Lula é ela, e que ela desgovernou como fantoche dele é fazer oposição de má qualidade, Lula e o PT também querem se livrar dela, e não é de hoje..

    A herança maldita é do Lula, por primeiro. Até ela é herança maldita dele.

  3. É uma pena que Temer não vai divulgar o “saldo Dilma” para todos conhecerem. Se o fizesse, poderia até sair abalado do governo, mas mostraria o PT como o vilão que realmente foi, acabando com possibilidades do PT se reerguer.

    Pena que o Temer vai jogar o jogo da discrição…

  4. Privatizar todas as estatais, demitir os mais 100.000 nos cargos comissionados, estimular o aumento da concorrência no setor privado, parar de distribuir dinheiro para artistas e pseudo-ONGs e pseudo-movimentos sociais, acho que já resolveria.

Deixe uma resposta