Dilma em ritmo de piada: “Não sou uma pessoa dura, sou honesta”

1
168

Já em ritmo de comédia, Dilma se manifestou de novo em desconexão com a realidade:

Em discurso neste sábado (7), em Palmas, a presidente Dilma Rousseff voltou a afirmar que o processo de impeachment contra ela é um golpe e disse ser uma pessoa honesta.”Falam que eu sou uma pessoa dura. Eu não sou uma pessoa dura não, eu sou honesta, é diferente”, afirmou. “Eu não tenho contas no exterior, eu não recebi dinheiro de propina, eu não recebo dinheiro de corrupção.”

Não sei de onde essa senhora tirou a ideia de que desonestidade se refere apenas a “receber dinheiro de propina, ter contas no exterior e não receber dinheiro de corrupção”.

O Maníaco do Parque também não recebeu dinheiro de propina, não tinha contas no exterior, não recebia dinheiro de corrupção e está na cadeia. Assim, o discurso de Dilma não tem nexo.

Em tempo: a campanha de Dilma foi abastecida com dinheiro de propina e seu governo organizou o maior esquema de corrupção do mundo. Se ela não enfiou dinheiro no bolso – até onde sabemos – isso não a torna mais honesta.

Seu crime de responsabilidade está na esfera de R$ 60 bilhões de reais, diretamente, e de R$ 1 trilhão de reais, indiretamente. (Esse último valor se refere à riqueza destruída após a prática das pedaladas, o que ajudou a afugentar investidores)

Dilma é dura na queda quando estamos tratando de desonestidade. Em par com Lula, ela deixou muita gente comendo poeira, como Fernando Collor e Paulo Maluf. Ela é uma nova referência em desonestidade.

Fonte: “Não sou uma pessoa dura, sou honesta”, afirma Dilma – Notícias – Política

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta