Dilma apela ao mimimi e diz que impeachment é preconceito contra mulher

0
155

A presidente que riu de piada de estupro e cujo líder partidário chama as mulheres da sigla de “mulheres de grelo duro” tentou um recurso retórico patético para convencer trouxas: se dizer vítima de “sexismo” por impeachment:

“O fato de ser mulher teve influência na abertura do meu processo de impeachment.” A declaração é da presidente Dilma Rousseff na véspera da votação no Senado Federal que pode afastá-la temporariamente do cargo. Dilma discursou em Brasília, na tarde desta terça-feira (10), na abertura da 4ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres – último evento público confirmado, até as 17h, pelo Palácio Planalto antes da possível instauração do processo de deposição constitucional no Senado. “A história ainda vai dizer o quanto de violência contra a mulher, o quanto de preconceito contra a mulher tem nesse processo de impeachment golpista”, disse a presidente a respeito de suposto preconceito.

Dilma ofende as mulheres com esse tipo de vitimismo torpe. Melhor ela faria pelas mulheres se pedisse para seus parlamentares e militantes parar de bater em mulher, pois é o partido que se especializou em agressões contra mulheres.

O PT pediu 50 impeachments contra ex-presidentes. Quando o alvo é ela, aí passa a ser “machismo”. De novo, isso é ofender as mulheres.

Fonte: ‘Ser mulher influenciou na abertura do processo de impeachment”, diz Dilma – Notícias – Política

Anúncios

Deixe uma resposta