Órgão de censura, “Humaniza Redes” some das redes sociais

3
81

_____________________maxresdefault (1)

Um dos mais apavorantes órgãos de censura – algo como uma Gestapo virtual – do governo petista saiu do ar após a entrada de Temer no governo:

Em menos de 12 horas após a posse de Michel Temer como presidente interino, os efeitos já começam a ser sentidos. Pelo menos na Internet. Os perfis do “Humaniza Redes” no Facebook e no Twitter saíram do ar esta noite, sem qualquer aviso prévio. O site da iniciativa, bem como os perfis no Google Plus, Instagram e Youtube, que possuem menos seguidores, por enquanto continuam no ar.

O “Humaniza Redes” é uma iniciativa criada pelo governo Dilma Rousseff há um ano para “humanizar” as redes por meio do patrulhamento “politicamente correto” nas redes sociais. Por meio da iniciativa – a qual pagou 300 mil reais por um logo e custa 120 mil reais por mês aos pagadores de impostos – qualquer usuário da Internet poderia denunciar outro(s) usuário(s) por qualquer texto ou comentário que não fosse “humanizado”, o que na prática significa a censura à liberdade de expressão na Internet.

Temer está de parabéns por essa atitude, uma vez que assustadoramente a oposição não denunciou essa aberração suficientemente. O fim do Humaniza Redes é uma das razões para acreditar que não há noite eterna.

Fonte: Menos de 12 horas após a posse de Temer, “Humaniza Redes” some das redes sociais – ILISP

Anúncios

3 COMMENTS

Deixe uma resposta