Venezuela arrega e comunica a Brasil que não congelou relações diplomáticas

13
188

A situação de vergonha alheia para os bolivarianos segue interminável. Depois do cirquinho de “boicote a Temer”, agora a Venezuela parece arregar (até porque estão matando cachorro a grito):

O vice-chanceler da Venezuela para a América Latina, Alexander Yanez, telefonou neste sábado (14) para a embaixada do Brasil em Caracas para informar oficialmente que o embaixador do país em Brasília não foi chamado para consultas.

Segundo a Folha apurou, o embaixador Alberto Castellar já estava na Venezuela para uma reunião previamente agendada com o presidente Nicolás Maduro para discutir o impeachment no Brasil.

O telefonema à representação brasileira serviu para enviar a mensagem de que, embora Maduro tenha anunciado na TV o retorno de Castellar a Caracas, a viagem do embaixador não foi um gesto de desagravo ao novo governo brasileiro.

Com a ligação para o embaixador brasileiro na Venezuela, Ruy Pereira, o chavismo tenta interromper uma escalada diplomática que poderia resultar no congelamento das relações entre dois países vizinhos com interesses econômicos convergentes.

O princípio de crise deflagrou-se imediatamente após o afastamento da presidente Dilma Rousseff, importante parceira do chavismo, apesar do esfriamento bilateral nos últimos anos.

Comunicado da Chancelaria venezuelana chamou a decisão do Senado brasileiro de “golpe de Estado” e instou governos e populações do mundo inteiro a defender a petista.

Na quinta-feira, o partido chavista PSUV reuniu centenas de simpatizantes no centro de Caracas em solidariedade a Dilma.

Maduro fez dois discursos em cadeia de rádio e TV para atacar o governo de Michel Temer e acusá-lo de servir supostos planos norte-americanos de acabar com a esquerda na América Latina.

No segundo discurso, na sexta, Maduro anunciou o retorno a Caracas de Castellar.

“Pedi ao nosso embaixador no Brasil, Alberto Castellar, que voltasse. Me reuni com ele, estivemos avaliando esta dolorosa página da história do Brasil”, disse Maduro, sem deixar claro quando o diplomata havia voltado.

Isto tem um nome: arrego.

Melhor seria mudarmos o nível da conversa e exigir que o embaixador que foi conversar com Maduro não volte mais.

Deveríamos exigir sanções contra a Venezuela, por ser uma ditadura que possui presos políticos e, por isso, alheia à civilização.

Que pena que Maduro está desistindo de congelar as relações diplomáticas com o Brasil. Acho que deveríamos partir com a iniciativa de congelar essas relações a partir daqui.

Basta pressionar.

Fonte: Folha

Anúncios

13 COMMENTS

  1. Luciano, você viu que o Bolsonaro virou protestante? Foi batizado e tudo.

    Será que não é uma estratégia dele ganhar o apoio dos protestantes para se candidatar a presidência em 2018?

  2. Comunistas só são corajosos da boca pra fora! São fanfarrões por excelência, apesar de apreciarem eliminar adversários, desde que estes estejam devidamente desarmados e amarrados!!!

  3. O Brasil deveria deixar esses bolivarianos falando sozinhos e partir para fechar acordos com quem interessa: EUA, Europa, Israel e Japão.

  4. Façamos a pressão!
    Até quando o povo da Venezuela estará subjugado a esse atraso?
    Muito bom se o Brasil colocasse maduro abusado no sal…
    Mercosul, Unasul, já ficou provado que é retrocesso, usado para sustentar o bolivarianismo, os ditadores comunistas da América Latina. Sair fora é uma condição para avançar.

    • temos a obrigação de abrirmos novos mercados para nossos produtos,somos muito eficientes para produzir alimentos,temos a obrigação de encontrar vendedores e distribuidores capacitados para vender para o mundo inteiro nossos produtos excelentes.

  5. “….dolorosa página da história do Brasil.” Você tem toda razão, Maduro. Dolorosa página da nossa história mesmo. Admitimos que poderia ser pior, e só não foi por que, nós, povo brasileiro, fomos para as ruas e lutamos contra esse regime vagabundo que vocês queriam impor aqui, goela abaixo do país, que, diga-se bem de passagem, não elegeu Dilma e o PT para transformar aqui em comunismo.
    Então, fique bem pianinho, por que quem manda aqui na nossa casa somos nós, brasileiros, e você, seu presidentezinho de merda, não se meta em assuntos que interessam apenas a nós, pois o que diz respeito ao Brasil, só a nós cabe opinar e dar palpites. OK? Como dizia uma tia: “não gostou? Pois, então, que coma menos”. PILANTRA.

Deixe uma resposta