ATEA entra com ação fascista contra SBT

13
84

silvio

De novo a ATEA aparece para envergonhar os ateus com mais um papelão fascista, censor e autoritário:

A Atea (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos) prepara um processo judicial e uma denúncia no Ministério Público contra o SBT. Para a entidade, houve demonstração de intolerância e de desrespeito aos ateus no “Programa Silvio Santos” de domingo (8). No quadro “Jogo dos Pontinhos”, os seis participantes se disseram contra o ateísmo. Filha de Silvio, Patricia Abravanel falou que “a gente fica muito miserável quando não acredita em Deus”. O SBT não quis comentar.

Eu sou ateu e decerto não gosto de ouvir alguém dizendo que “a gente fica muito miserável quando não acredita em Deus”. Mas ouvir opiniões que não gostamos faz parte da vida. Ao mesmo tempo, muitos religiosos ouvem dos ateus opiniões de que não gostam.

Enquanto isso é o pleno exercício da liberdade de expressão, a ação da ATEA se posiciona do lado da censura mais abjeta possível ao querer impedir o direito de opinião. Em um mundo civilizado, tanto um ateu tem o direito de achar que as pessoas ficam miseráveis por acreditar em Deus, quanto um religioso de achar o inverso.

A frescurite da ATEA pode encontrar seu fim se eles resolverem processar a organização pelas opiniões que dizem sobre religiosos, que vão muito além de apenas dizer que “o oponente fica miserável por ter uma crença diferente”. Está na hora de rejeitarmos todas as violações à liberdade de expressão vindas do fascismo cultural, grupo do qual o neoateísmo é membro destacado.

Que vergonha, que vergonha…

Fonte: Folha

Anúncios

13 COMMENTS

  1. Hahahahaha…

    Já não basta fazerem um monte de meme imbecil e se levarem a sério, agora inventaram de processar uma emissora? Eles realmente acham que vão conseguir algo com isso além de passar vergonha?

    Não sou ateu e nem religioso, mas meu recado pra ATEA é: VÁ A MERDA, vão brincar de associação na casa do caralho, crianças débeis.

    • Fizeram todo aquele carnaval comtra o sensacionalista Datena e qual foi o resultado?
      Uma vídeo do MPF, dizendo que todas as crenças (ou falta delas) devem ser respeitadas e que ninguém deu bola.Para a atea, isso é uma “vitória”.
      A bem da verdade, quem é ateu mesmo nem perde tempo com essa turma (muitas até tiram sarro, de tão infantil que ela é).Isso ai mais parece um clubinho para quem necessita dizer que “é” ateu para tudo e todos (atpe porque “ser” ateu virou modinha).Basta ver a parte de fotos do facebook, onde só há meme infantil e fotos de jovens tirando selfie com o símbolo do ateísmo.
      Saudades da STR.Essa ao menos se preocupada a mandar conteúdo útil.

    • Cara, estou na mesma posição que você. Não me considero ateu, tampouco religioso. Acho que a questão da fé ou falta dela é uma coisa pessoal de cada um e sou meio que indiferente a tudo isso. A ATEA sempre me pareceu um bando de adolescentes sem ter o que fazer que ficam o dia inteiro posando de “edgy” na internet para chocar papai e mamãe. Tem horas que eles chegam a me lembrar muito as feministas ou aqueles ativistas LGBT com esses pitis que eles dão por qualquer besteira.

  2. Então mesmo você ainda precisa dar um passo adiante rumo ao que realmente significa a falta de crença em Deus. Eu também não acredito em Deus e não sinto nada ao ouvir que “a gente fica muito miserável quando não acredita em Deus”. É só uma opinião; não tem significado relevante nenhum. Coisas como a ATEA são apenas mais do caldo fecal produzido por uma sociedade mais desidratada do que ameixa velha. São um bando de abestalhados reunidos que precisam ver no ateísmo algum tipo de “ousadia” que compense seus espíritos tímidos e sem assertividade.

  3. Ainda bem que eu já passei da fase “neo-ateu revoltadinho”.É até uma fase perigosa, pois ajuda a dar palanque para fanáticos (sim, também há fanatismo no ateismo – como em qualquer grupo -).

    A propósito, a quem se interessar, entre no facebook dessa associação e vá na parte de fotos.Você verá muito conteúdo tolerante e respeitoso (eu mesmo acabo de ver uma imagem de Jesus segurando duas armas).

    PS:Até hoje eu acho engraçado o episóido em que a atea deu pulinhos de alegria quando a Gilma mandou tirar crucifixo, assim como eu acho engraçado o fato deles terem inventado a figura do “semi-ateu” (na cabeça da atea, se uma pessoa é cristã ela é “semi-ateu”, pois não acredita em deuses de outras religiões – ainda estou vendo se classifico isso como desonestidade ou burrice -).
    Duvida?

    https://www.facebook.com/ATEA.ORG.BR/photos/a.191647587532498.43552.172083906155533/1228750903822156/?type=3&theater

  4. O Modus Operandi da ATEA é o mesmo dos movimentos “sociais”: “tudo o que não é por mim é contra mim”.

    Isso por si só já a desqualifica.

  5. Eu flertei com o neo-ateísmo e quase, por auto persuasão e influenciado pelo discurso vitimista neo-ateu,, acreditei que era perseguido como minoria.

    Mas logo me recompuz e vi que ninguém estava se preocupando pelo fato de eu não acreditar.

    Experimentei em baixa medida o sentimento falso esquerdista de ser oprimido. Percebi que, se essse tipo de sentimento avança em altos níveis, vira uma cegueira, uma doença.

    Livrei-me a tempo…

  6. Eles devem estar sentindo o cheirinho de algum respingo do sangue, com o acontecido covardemente com a jornalista Rachel Sheherazade pelo comportamento de agente da censura de Jandira Fhegali q o SBT acatou.

  7. Os ateus-crentes já ganham dos protestantes malas no quesito chatice. É que com o protestante mala, basta você dizer que adora o diabo pro cara sair vazado, mas o ateu-crente praticante não pára de falar e repetir as asneiras que vê no Facebook nem se chover crucifixo. Eu particularmente tenho mais apreço por histórias bem escritas que sobrevivem mais de 2 mil anos do que por uma pilha de frases prontas catadas em um site de gosto duvidoso.

    De resto, sobre esse assunto, o que eu sempre observo é que na hora que a morte dá as caras até o ateu mais fervoroso pede a ajuda de Deus. Deve ser algum tipo de reflexo involuntário, vai saber.

  8. O que aconteceu com a seção de livros Luciano?

    Uma dica, você podia fazer uma seção com os melhores artigos do blog, com os temas: controle de frame, dinâmica social, aquele sobre os 6 papéis da guerra política, o “entrando na arena” e etc. Para ficar de mais fácil acesso esses conteúdos importantes, para os iniciantes.

    Lendo esse post, lembrei dessas discussões sobre existência ou não de Deus.
    Então me pergunto, se essa questão de existir ou não, não pode ser provada, pois está além da razão humana, (em CRP, Kant sepulta essa questão ((me corrija se estiver errado)), então porque vemos tantas pessoas se debruçando sobre essa questão?

Deixe uma resposta