Maduro rouba fábricas e prende empresários

2
40

Quase virando uma Cuba, a Venezuela sofre nova violência antidemocrática de Nicolas Maduro:

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, ordenou neste sábado, como parte do estado de exceção decretado na sexta-feira, a intervenção nas fábricas que estiverem paralisadas e a detenção dos empresários que pararem a produção com o objetivo de “sabotar o país”.

– No âmbito desse decreto em vigor (…) tomemos todas as ações para recuperar o aparelho produtivo que está sendo paralisado pela burguesia (…), e quem quiser parar para sabotar o país que vá embora, e o que fizer isso deve ser algemado e enviado para a PGV (Penitenciária Geral da Venezuela) – declarou Maduro, em um comício no centro de Caracas.

A medida pode implicar a tomada de quatro fábricas de cerveja da Empresas Polar – a maior produtora de alimentos e de bebidas do país. Essas unidades se encontram paralisadas desde 30 de abril passado pela falta de acesso a divisas para importar insumos, de acordo com a companhia, dentro do estrito controle cambial imposto em 2003 pelo então presidente Hugo Chávez (1999-2013).

– Planta parada, planta entregue ao povo! (…) Vocês vão me ajudar a recuperar todas as plantas paralisadas pela burguesia – lançou Maduro a seus milhares de seguidores durante o ato.

Também neste sábado, Maduro ordenou a realização de “exercícios militares” no próximo sábado, para enfrentar o que denunciou como “ameaça externa”, após decretar estado de exceção no país.

– No próximo sábado, convoquei exercícios militares nacionais das Forças Armadas, do povo e da milícia, para nos prepararmos para qualquer cenário – afirmou Maduro, em entrevista à televisão no encerramento da mobilização chavista.

Opositor Henrique Capriles adverte sobre implosão na Venezuela se Maduro bloquear referendo.

Os venezuelanos ainda vão sofrer muito mais. Que sirvam como exemplo de tudo que o PT sempre ambicionou para o Brasil.

Fonte: Maduro anuncia tomada de fábricas paralisadas e prisão de empresários – Notícias de mundo – Notícias de Porto Alegre e Rio Grande do Sul – ZH

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Maduro está seguindo, letra por letra, o script do livro “A Revolta de Atlas”, escrito com tom caricato a fim de ressaltar as imbecilidades do discurso socialista. Ayan Rand certamente nunca esperaria que se tornasse realidade ipsis litteris.

Deixe uma resposta