Recriação do MinC pode ser tiro no pé da extrema-esquerda

29
594

wagnermoura

Reinaldo Azevedo analisa o recuo de Michel Temer – decidindo recriar o Ministério da Cultura, sob pressão da elite artística do PT, ávida por verbas estatais – em seu blog:

O presidente Michel Temer vai recriar o Ministério da Cultura. Vamos melhorar um pouco este texto: não se extinguiu estrutura nenhuma; não haveria corte de verbas. Muito pelo contrário: o setor está com um rombo de quase R$ 250 milhões. Temer já negociou com Henrique Meirelles, da Fazenda, a cobertura do buraco, em prováveis parcelas de cinco vezes. Sabem quando Dilma faria isso? Nunca!

Havia uma justa demanda da sociedade pela redução do número de ministérios. E o da Cultura, em razão da estrutura que tem e da proximidade óbvia com a Educação, era um candidato à fusão.

Todos sabem a minha opinião a respeito: eu não teria feito essa fusão porque me parecia que a dor de cabeça seria infinitamente maior do que os benefícios. Na era da Internet, boatos viram fatos.

E o boato de que a Cultura estaria sendo subestimada virou, para os artistas, um fato, ainda que não-verificável. Porque, efetivamente, não há desprestígio nenhum.

Mas, ora vejam!, a política também vive das aparências. Ainda que Temer tenha mandado resolver o rombo da cultura e tenha anunciado a disposição de aumentar a dotação orçamentária, isso acabará sendo subestimado se restar a sensação de que, ao transformar um ministério em secretaria, ele rebaixou o setor.

Assim, o presidente está decidido a devolver à Cultura o status de ministério, atendendo, de resto, ao apelo não apenas dos artistas. Parte considerável da classe política também não viu a medida com bons olhos.

É um recuo? É, sim! E me parece meritório! O bem que como tal não é percebido e que corre o risco de ser lido às avessas, vamos convir, “bem” não é. Porque assim será apenas se puder se desdobrar em fatos virtuosos. E, definitivamente, não é o que está em curso.

O presidente está com uma tarefa gigantesca nas mãos, como todos sabemos. O rombo no Orçamento anunciado nesta sexta, 76,35% maior do que a gestão Dilma havia anunciado, dá conta do desafio. Temer está consertando um avião que estava pronto para se espatifar enquanto ele está voando.

Eu mesmo estou entre aqueles que chamaram de “erro” a fusão. E não vou, obviamente, censurar alguém que corrige um erro. Ao contrário: vou aplaudir.

Que a Cultura volte a ter status de Ministério. O que cobro, isto sim, é que seja gerida por gente competente e que os gestores se orientem pelo critério, então, da eficiência, da qualidade e do retorno dos recursos investidos. Com em qualquer área.Anotem aí: na segunda-feira, o presidente deve anunciar a mudança. Que bom!O Brasil estava enfarado era de governantes que, ao perceber que adotaram um remédio errado, dobravam a dose. Assim fazia Dilma.Também essa mudança é positiva.

Reinaldo vê de maneira positiva a capitulação de Temer no MinC. Eu a vejo de forma negativa, mas que pode ser revertida a nosso favor.

Enquanto isso, a oposição ao PT vai ter que manter a pressão sobre Temer (e ampliá-la), sem permitir o retorno de Dilma.

Se bem for bem pressionado – e Temer é pneumático, portanto só funciona com pressão – Temer poderá recriar o MinC sem os parasitas do PT. Se assim for feito, a escória perde o discurso (com a recriação do MinC), mas também as verbas estatais, até porque dificilmente eles seriam malucos de fazer protestos pedindo “mais Lei Rouanet”.

Assim, se o jogo for bem jogado, a recriação do MinC pode servir como um xeque-mate no discurso barraqueiro da elite artística.

Cabe a nós pressionarmos e transformar esta vitória da extrema-esquerda em mais uma fragorosa derrota.

Fonte: EXCLUSIVO – Temer vai devolver à Cultura o status de Ministério na segunda | Reinaldo Azevedo | VEJA.com

 

Anúncios

29 COMMENTS

  1. Não entendi. Vai recriar o Minc e não servir às antigas quengas? Você é muito ingênuo, Luciano. Esse ministério tem clientela, de isento não tem nada.

    • CONSEGUIR ELES CONSEGUIRAM , MAS E AS VERBAS IRÃO SAIR ? SERÁ QUE O CRITÉRIO SERÁ O MESMO ? SERÁ QUE ELES VÃO CONSEGUIR TIRAR VERBAS DO SANGUE DOS DOENTES ? DOS SEM SEGURANÇA ? DOS SEM ESTUDOS, E SE TÊM ESTUDO É DE MÁ QUALIDADE ? ELES GRITAVAM PORQUE ESTAVAM EXANGUE . AGORA ESTÃO FORTES POIS CONSEGUIRAM SANGUE .(Exangue que perdeu as forças; debilitado, enfraquecido, exaurido.)

    • Parece o discurso de vamos tirar todos os políticos. Não é possível e nem justo fazer todos pagarem ou ‘tirar todos’ ou mesmo boicotar todos. O que tem alguma chance de ser feito, é justo e menos difícil, cobrar de quem merece, expor ou até tentar formas de boicotar aqueles que merecem e que atuam em favor da corrupção que PT tem institucionalizado.

    • Não precisa fazer boicote pois ninguém assiste esses artistas.O que é preciso fazer é acabar com o Minc e com essa farra de artista rico pegar dinheiro público para fazer “obra” que ninguém vê.

  2. Aparente vitória? Você não sabe? O governo também prometeu mais verbas para a então “secretaria da cultura” e a incrementação da Lei Rouanet. Antes de tomar essa última decisão, que coroou a capitulação.

    esse round o PT venceu.

    • Não sei por que ‘Otimista’ no seu nome. PT pode ter vencido um round, se o brasileiro for menos pessimista na guerra política e souber expor que o vencedor prefere a ‘cultura das tetas’ enquanto o povo sofre e, se ainda conseguir mostrar que o ‘vencedor’ jogou areia nos olhos dos outros, a vitória pode não ser de quem venceu o primeiro round. E mais, a vitória suja que o PT teve no primeiro round pode ser sempre lembrado em outras lutas e usado para mostrar o adversário sujo e cruel que o PT é.

  3. TEMER COMEÇA MAL, A SÍNDROME DO “MARANHÃO” PASSA A IMPRESSÃO ,Ao POVO Q EXIGE MUDANÇA, QUE O PAÍS + UMA VEZ ANDARÁ PARA TRÁS (O QUE ADIANTA MUDAR O MOTORISTA ????)

  4. Difícil, Luciano. A missão de fazer Temer sair por cima dessa ou, melhor dizendo, os petistas saírem por baixo dessa é muito árdua, pelo menos enquanto tivermos uma direita como a nossa. Acho que será mais uma fragorosa vitória da extrema-esquerda e mais uma fragorosa derrota da direita broxa.

    • Eu gostaria de saber o que está em jogo: o bem estar da população como um todo, o avanço econômico e social do país, ou uma disputa de braço entre “extrema esquerda” ( de onde vc tirou isso,?) ou direita. Fala sério cara. Tanto aparente conhecimento desperdiçado com esse discurso babaca de lados. Expressões do tipo: escória petista, é no mínimo discurso de ódio. Qunado está claro q existe bandidos de todos os lados, especialmente do seu. Confesso q não entendo. É uma guerra entre grupos políticos q parece torcida de time de futebol, Luciano vc é nazista?

      • Marcos, as respostas aos atos criminossos praticados por vcs. PETRALHAS vagabundos, estão formuladas tal qual vcs. PETRALHAS vagabundos o fazem em tempo total, entendeu seu bosta !!!!

      • Nazista é o sem-vergonha que tem a coragem de igualar extrema-esquerda (sim, é sem aspas, amigão, ou então você não entende nada de política ou é desonesto mesmo, que eu acho que é o caso) com direita. Tome tento e vá fazer esses comentários na página do Diário do C. do Mundo para ver se você será bem recepcionado, cara-pálida.

  5. Comentário que postaram no blog de R. Constantino:

    “Antonio Araújo ·

    Reinaldo Azevedo apenas está a serviço de uma futura candidatura de José Serra à Presidência da República. Deve estar recebendo a orientação de sempre concordar com o governo Temer, no qual Serra é ministro. Embora ele (RA) se tenha manifestado inicialmente contrário à fusão dos ministérios da cultura e educação por uma razão tática, quando começaram as ocupações e exigências dos artistas petistas ele escreveu um post defendendo que Temer não voltasse atrás e mostrasse autoridade. Como o presidente interino fez o contrário, ele agora vem com esse papo de que apenas teria corrigido um erro.

    Podem escrever: se o governo Temer continuar nesse vai-e-vem, RA fará o mesmo, sempre defendendo-o, para ajudar José Serra.”

    • Qual o problema em parte das pessoas da direita ou centro ou centro-esquerda(que seja), defenderem Temer? Ou você acha que devemos todos mirar num erro dele para derrubá-lo ou enfraquecê-lo a ponto de fortalecer o PT? Que agora, depois do episódio, sejam criadas diversas formas de pressão/exposição/críticas, dentre elas, uma para que ele faça uma limpa no MinC, outra expondo os artistas do PT e, talvez até outra dizendo que, graças ao PT, temos hoje a ‘cultura’ que visa fazer um círculos de pelados para enfiar a cabeça no c* dos outros e, a ‘cultura’ hoje não é digna de estar na educação, talvez nem de comédia, mas sim de produção de atos que só servem para posteriormente virarem humor.

  6. Governar o caos deixado por Dilma é uma tarefa árdua, ainda mais tendo como atores da oposição, os petistas. Estes mantem-se armados até os dentes e prontos ao ataque para qualquer ação positiva ou não de Temer. Os Spetsnaz políticos ficam de quarentena para sabotar e deslegitimar o qualquer tentativa de salvar o Brasil. Pertencem ao bloco “quanto pior melhor”, e afinam seus instrumentos pelo diapasão da discórdia e da intolerância.

  7. Não existe fraqueza nenhuma , foi um recuo estratégico pois no congresso existia senadores contrários a medida o que poderia prejudicar daqui a 2 meses a saída definitiva de Dilma .Todo cuidado e pouco,agora depois que coroarem em definitivo o Temer ,a atual situação vai arrumar a casa para não dar chance do PT e a Rede de assumirem o poder em 2018.

  8. Gostaria de saber se este dinheiro que é nosso ( pagamentos de impostos ) são devolvidos a União depois que filmes, peças, musicas,teatrais etc começam a arrecadar…

  9. Tanto o texto de Reinaldo, duplicado aqui em boa hora, e o de Luciano estão, a meu ver corretos! Foi estratégico sim. Temer player de xadrez!

  10. Convoquem os artistas que não pensem só no próprio umbigo a , aproveitando seus prestígios e a evidência do momento, protestarem pela gravíssima crise financeira que o país foi levado pela corrupção e incompetėncia do governo petista! Crise que vai afetando setores , como num jogo de dominó, derrubando geral! Venham artistas , protestem pelo bem de seu país, e Cultura pra depois:com situação financeira estável, bem de saúde, mais segurança..mais educação,..vamos sair pra cultir shows, filmes, teatros, ler bom livros…etc…!

  11. Na minha opinião foi uma ótima Estratégia. A mesma estratégia que o governo paulista usou (tardiamente, na minha opinião) quando recuou da reestruturação do ensino… Strateegia, strategi, stratégie, strategy, … como diria o “capitão Nascimento”…
    Com isso vai parar com o “mimiMinC” da classe artística esquerdopata, a CAC, “Companhia Artística da Chupeta”!!!!
    Quanto ao corte de gastos, nada mudará… e o tratamento dos “apaniguados” com certeza será tipo “Tropa de Elite”…
    Vejo assim: o tio Temer colocou um bode na sala dos “mimiMinCs”… e agora tirou….

    • Tem que ter firmeza para fazer reformas. O PT sempre atrapalhou a educação. Para os professores marxistas é conveniente continuar como está, adoutrinando alunos e produzindo seres idiotizados para recrutar e trbalahar para a causa. A educação não é um sistema democrático. Tem uma hierarquia, aluno está para aprender e tem que ser avaliado. A obrigação do professor é ensinar. Aluno não sabe de nada, por isso vai para a escola. Não tem que dar pitaco. Sua obrigação é estudar, aprender e respeitar a instituição.

  12. Seguramente pensaram economicamente, o MinC não resolveria os problemas econômicos e está causando muito barulho. Deixemos como está para esvaziar o discurso da esquerda. Não é isso. A extinção do MinC é simbólica. É mostrar para a sociedade a que veio esse governo. O Temer foi na gritaria de meia dúzia de esquerdistas e traiu o povo que o apoiou!

  13. Azevedo dá o tom de ONDE surgiu o recuo de Temer: da classe política. 2 votos de folga para tirar a Dilma é muito pouco.

    Não nos enganemos: Temer é refém do Senado. Qualquer ameaça de mudança de voto e ele amarela. Se vamos travar uma guerra, devemos começar pelo senado, para evitar essa “interferência”.

    Ou vamos ter que esperar a votação definitiva do impeachment para cobrarmos o Temer. E esperar não resolve nada.

Deixe uma resposta