Golpe no Brasil foi de sorte, diz Cunha

3
2875

Neste domingo, Cunha está particularmente inspirado para tratar da presidente afastada Dilma:

O deputado federal afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou neste sábado (28), via Twitter, que o Brasil teve um “golpe de sorte” com o afastamento da presidente Dilma Rousseff.

A afirmação foi veiculada pelo peemedebista pouco depois de a Folha publicar, na tarde deste sábado,entrevista em que Dilma afirma que o governo de Michel Temer “terá que se ajoelhar” diante dele.

Na rede social, Cunha compartilhou um vídeo com um trecho da entrevista concedida à repórter Mariana Godoy, da RedeTV!, em 20 de maio.

No vídeo, ele toca bateria e aparece com a legenda de “O Malvado Favorito”, em referência ao vilão de coração mole da animação de 2010 —e como era chamado no Palácio do Planalto na época em que era apenas um aliado incômodo.

“Pode ser que tenha tido um golpe no Brasil, mas foi um golpe de sorte, porque conseguimos nos livrar do PT e da Dilma de uma vez só”, afirma no vídeo, declaração que reproduziu na sua mensagem deste sábado.

Tivemos sorte mesmo, pois até ser pressionado pelas ruas, Cunha estava aderindo ao golpe de Dilma. Só depois aderiu ao processo legal de impeachment contra um governo golpista, fascista, autoritário, cavernícola e corrupto como raras vezes se viu.

Fonte: Folha

Anúncios

3 COMMENTS

  1. MAS O QUE ESSA MERDA CUNHA TEM QUE DAR ALGUMA OPINIÃO, ISSO É UM RATO DE ESGOTO, LADRÃO, CORRUPTO, IMORAL, GOLPISTA, VAGABUNDO, TINHA QUE SER MANDADO PARA O IRÃ E POR ELE NA FRENTE DE BATALHA CONTRA O EI, PARA SER BUCHA DE CANHÃO, ISSO NÃO VALE O QUE COME, E CUSTA PARA O BRASIL 500.000,00 REAIS POR MÊS, REALMENTE O BRASIL NÃO TEM JEITO, ESTAMOS NA MÃO DE LADRÕES, SATANISTAS, VAGABUNDOS.

  2. Foi muito trabalho pra chegar até aqui não vamos deixar que o mal vença o bem, não vamos nos curvar diante de tanta hipocrisia, vamos ficar mais forte ainda por um Brasil melhor livre de tanta roubalheira onde se tenha saúde educação e tantas outras coisas que nos precisamos. O povo clama por esta liberdade.

Deixe uma resposta