Vingança do PT contra o Brasil tem que parar!

6
110

Os barracos armados pelos petistas, agindo sempre como traidores da Pátria, estão significando uma coisa apenas: a vingança de um partido de sádicos contra a nação brasileira, cujo povo essencialmente quer parar de sofrer. No site o  Antagonista lemos o seguinte:

Há pouco, a turma do Paulinho da Força ergueu novos cartazes em apoio ao governo de Michel Temer nas proximidades do Palácio do Jaburu. Agora, com os dizeres: “O Brasil não pode parar! Deixem o homem trabalhar!”.

Temer conta com Paulinho para tentar acalmar parte dos movimentos sociais. Pressionado pelo deputado nesta semana, o presidente transferiu o Incra do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário para a Casa Civil.

Os movimentos que promovem o terrorismo e o barraco não estão agindo em nome de ideais, mas sim em nome do PT. Nenhuma pessoa honesta acreditará que um governo em fase inicial – que nem teve tempo suficiente para começar a trabalhar – merece ficar lidando com tanto terrorismo.

O PT não possui senso moral. Não vai parar por qualquer lapso de consciência, nem mesmo qualquer tipo de manifestação de empatia pelo sofrimento do povo. Só pararão quando expormos suficientemente a baixaria dessa gente como aquilo que ela é: uma sequência de ações de vingança contra o povo brasileiro.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Anúncios

6 COMMENTS

  1. Tudo que é dito no texto está certissimo, mas a principal razão, acredito, é tirar o foco da opinião pública no impeachment que está acontecendo no Senado. e acho que até mesmo os movimentos de rua estão se deixando envolver por essa artimanha. Por isso, sempre que posso, tenho insistido na volta às ruas, pois acho que é a única maneira de manter aceso o interesse do povo no processo.

  2. O senador Catão encerrava todos os seus discursos no senado romano com uma célebre frase: Cartago delenda est! Isto é, Cartago tem que ser destruída. Cartago empreendeu duas grandes guerras contra Roma, as guerras Púnicas. Era a principal rival comercial de Roma no mar Mediterrâneo. Na segunda guerra Púnica, o mais famoso e célebre general cartaginês, Aníbal Barca, quase destruiu Roma. Foi por pouco que isso não aconteceu. Assim, Catão sabia que, enquanto Cartago existisse, Roma não teria paz. Por isso, conclamava uma nova guerra contra Cartago, dessa vez para a destruir. Foi isso o que ocorreu e Cartago foi completamente arrasada. Não deixaram lá pedra sobre pedra. Assim, Roma ficou livre para se transformar em império. De modo semelhante, quase o pt destruiu o Brasil. Então, o Brasil deve mover guerra ao pt como fez Roma, até extinguir esse partido completamente. Pt delenda est!

Deixe uma resposta