Receita da UNE sobe 450%, 9 milhões de reais, em um ano

0
78

blog-134

E enquanto a extrema-esquerda lança uma gritaria cínica contra movimentos de rua que nada receberam de verba estatal, descobre-se hoje mais uma vergonha imperdoável relacionada à UNE. Diz o ILISP:

Após a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da União Nacional dos Estudantes (UNE) no Congresso Nacional, que vai investigar o uso irregular de 44 milhões de reais repassados pelo governo federal à entidade, a UNE finalmente divulgou seus relatórios de “prestação de contas” em seu site.

Os relatórios do ano de 2014 e do primeiro semestre de 2015 foram colocados no ar hoje (o que é possível perceber pelo próprio link do relatório, o qual mostra que ambos foram enviados ao ar no mês de junho de 2016) em uma notícia datada de outubro de 2015 e são pouco detalhados, mas mostram a multiplicação de receitas da entidade em um ano.

A receita da UNE subiu incríveis 450%, saltando de 2 milhões de reais no primeiro semestre de 2014 para 11 milhões de reais no primeiro semestre de 2015. A captação de recursos para eventos, que no primeiro semestre de 2014 foi de apenas 100 reais, chegou a 2,3 milhões de reais em 2015. A principal fonte de receita da entidade, de acordo com o relatório, continua sendo a distribuição das “carteiras de estudante”, que gerou uma receita de 7 milhões de reais apenas no primeiro semestre de 2015.

Curiosamente, a descrição de despesas não informa gastos com a construção da sede da UNE, muito provavelmente porque a entidade se aliou a uma investidora suíça que está bancando a obra, orçada em 65 milhões de reais, em troca de explorar o empreendimento alugando parte das salas. A pergunta que fica no ar é: onde foram parar os 44 milhões de reais vindos do dinheiro dos pagadores de impostos?

Esse pessoal da UNE precisa fazer um rehab. O vício frenético em dinheiro público ultrapassou qualquer cota de controle.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Anúncios

Deixe uma resposta