Com vida de sultão, Dilma tem 200 funcionários à sua disposição

4
55

Antes eu achava que Dilma ainda precisava comer muito feijão com arroz para ter uma vida de sultão do Egito, como já acontece com Nicolas Maduro. Mas eu estava errado. Conforme diz o Radar on-line, Dilma já vive como os donos do poder do Oriente Médio, de Cuba, da Coreia do Norte e da Venezuela:

De jardineiros, camareiras, copeiros e garçons a fotógrafos e assessores políticos, Dilma Rousseff tem cerca de 200 funcionários à sua disposição: 160 no Palácio da Alvorada, 7 no escritório político em Porto Alegre e o restante na Granja do Torto.

O governo estuda como enxugar a gigantesca estrutura.

E o mais bizarro é que na ocasião em que os cortes dessa gastança imoral acontecerem, Dilma irá chorar pelos cantos, se dizendo “à míngua”. Dá para aguentar o cinismo dessa gente?

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Anúncios

4 COMMENTS

  1. Não vejo problemas nesse dinheiro gasto com a Dilma enquanto ela fica afastada. Acreditem, sai mais barato que paguemos para que ela fique sem trabalhar do que o prejuízo que ela causa “trabalhando”.

    • Acho que nesse caso seria melhor ela afastada e sem receber nada. Essa infeliz não merece toda essa regalia depois de tudo que ela fez e ainda faz com nosso país.

  2. Eu acho que a palavra correta para definir isso é cinismo. São cínicos demais. Quebram o país, em todos os sentidos, e ainda se acham no direito de ter regalias. Acho que os petistas não entendem direito o que é uma democracia representativa. Quando há uma eleição, para qualquer nível, o eleito recebe do povo, verdadeiro e legítimo detentor do poder, a delegação de gerir os destinos da nação, Essa delegação é temporária, e não da o direito ao delegado de se sentir dono do país, Estado ou município. Ele recebe o direito de administrar essas instâncias dentro dos parâmetros da lei, Mas, pelo visto, os petistas acham que receberam, como presente, o país, e assim, como detentores da posse, podem fazer o que quiserem, sem nos dar satisfações, etc. Daí os descaramentos dessa senhora achar que pode usufruir dos bens e recursos da União como se fossem dela. E mais, ainda acha que é obrigação nossa lhe conceder essas regalias e caprichos. Ontem mesmo, esse pessoal vermelho, inclusive ela, estava dizendo que Temer estava lhe tirando comida. Oh gente, o que está faltando para esse pessoal, filhote de Lenin e Marx, é apenas uma coisa: JUÍZO. Só isso.

  3. Que tal definirmos a esquerda em geral como a Seita da Inversão dos Valores? Seita porque a ideologia defendida está mais para dogmas religiosos e inquestionáveis. A inversão dos valores está presente não só na defesa de criminosos e seus crimes como também motivando de formas diretas e indiretas que os crimes se proliferem. Sem contar que qualquer coisa é pretexto para defender uma suposta revolução que, se chegar, deve ser melhor que a vida eterna no paraíso.

Deixe uma resposta