Diplomata que divulgou mentiras sobre Brasil é demitido por Serra

2
25

Conforme diz o Diário do Poder, o chanceler José Serra deu uma lição no diplomata que usou seu cargo para divulgar mentiras contra o Brasil:

Por decisão do ministro José Serra, o Ministério das Relações Exteriores demitiu de suas funções o diplomata Milton Rondó Filho, militante do PT que causou revolta entre colegas ao enviar para todas as representações diplomáticas, como se fossem oficiais, telegramas institucionais afirmando que haveria um “golpe” em curso no Brasil. O tal “golpe” havia sido inclusive, na época, negado oficialmente pelo porta-voz do Itamaraty.

Ativista do PT nas redes sociais, Rondó estava pendurado numa boquinha do Itamaratry há anos, desde o primeiro governo Lula, fazendo propaganda de “programas sociais” dos governos petistas. As denúncias de corrupção contra petistas e a abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff, por crimes de responsabilidade e contra a Lei Orçamentária, redirecionou o comportamento do militante.

Fez muito bem: o cargo de diplomata não foi feito para divulgação de mentiras. Que ele use suas redes sociais para isso, não um cargo público que, como sabemos, custa caro ao cidadão pagador de impostos.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Advertisements
Anúncios

2 COMMENTS

  1. O PT e seus militantes da banda podre são indigestos para o País.Esse bandido ai deveria provar aonde existe golpe, a Dilma bandida continua vivendo as custas do dinheiro publico.

Deixe uma resposta