Atrasado, John Kerry pede à Venezuela que liberte presos políticos

0
55

Lemos o seguinte no Ucho.Info:

Secretário de Estado norte-americano, John Kerry pediu à Venezuela que liberte os presos políticos daquele país, respeite a liberdade de expressão e alivie a escassez de comida que está afetando principalmente a população mais pobre.O secretário falou na abertura da 46ª Assembleia-Geral da Organização de Estados Americanos (OEA), em Santo Domingo, onde declarou que é “profundamente preocupante a situação na Venezuela”.

O discurso, no primeiro dia a Assembleia, já dá o tom das discussões que devem pautar o encontro anual da OEA na República Dominicana.

 

Mas é revoltante (e enojante) ver que John Kerry – do partido esquerdista de Barack Obama – demorou tanto tempo para se pronunciar. Presos políticos estão sendo estuprados e obrigados a comer fezes nas masmorras de Nicolas Maduro e esse sujeitinho se pronuncia apenas agora?

Seja lá como for, antes tarde do que nunca. Lamentavelmente a Venezuela é um país longe de qualquer expectativa factível de salvação. Claro que não existem absolutos em política, mas é improvável que hoje em dia surja alguma chance para o sofrido povo venezuelano. Deveriam ter coordenado sanções contra a ditadura de Maduro há muito tempo atrás

Too late, John Kerry. Como sempre acontece com a esquerda obamista…

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Anúncios

Deixe uma resposta