Terror na Venezuela: 400 pessoas presas e 4 mortas em protestos

1
113

Como mostra o ILISP, o horror venezuelano segue longe de ter seu fim:

As forças bolivarianas de segurança da Venezuela prenderam pelo menos 400 pessoas após mais uma onda de protestos e saques na última quarta-feira (15). Os incidentes mais graves aconteceram na cidade de Cumana, quando centenas de pessoas saquearam mais de 70 estabelecimentos comerciais, principalmente supermercados, padarias e farmácias, levando tudo o que viram pela frente. 25 pessoas ficaram feridas e quatro pessoas morreram na ação. “Queremos comida” é o principal grito da população durante os protestos e saques.Na cidade de Lagunillas, um grupo incendiou a sede local do Partido Socialista Unido da Venezuela, o partido do ditador socialista Nicolás Maduro, e saqueou um supermercado estatal (Pdval). O motivo da ação foi a ausência de leite – que havia sido prometido pelo governo – no supermercado estatal, o que levou centenas de pessoas a esperarem horas na fila à toa.

Mas para os bolivarianos, tudo segue lindo e maravilhoso no grande curral de gente que se tornou a Venezuela.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Anúncios

1 COMMENT

  1. Era este tipo de polícia que este governo corruPTo e comunista do PT queria criar no Brasil, mas foram barrados, o maior sonho dos governos comunistas do PT, desde o governo Lula era transformar o Brasil numa Venezuela e numa Cuba, mas mais uma vez eles quebraram a cara.

Deixe uma resposta