Flagrante terrível: cobertores são tomados de moradores de rua de SP por agentes da prefeitura e da GCM

12
138

Na página de Facebook Libertarianismo aparece o flagra. Conforme a ativista Beatriz Silva postou, vemos os funcionários da Prefeitura e da GCM (Guarda Civil Municipal) roubando cobertores de moradores de rua.

Como lembra o site Implicante, “parece coisa de vilão de desenho-animado, tamanha a maldade já quase caricata.”

E a tropa petista argumentou que estavam recolhendo apenas barracas e caixas de papelão. Segundo Haddad, isso era para evitar a “favelização” dos espaços públicos. Mas a imagem é clara e desvela a mentira: estão roubando cobertores dos moradores de rua.

O PT é um partido que despreza os pobres.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

12 COMMENTS

  1. Se os mendigos que em sua maioria são compostos por homens fossem um ”bando” de mulheres, Haddad pensaria trocentas vezes antes de tomar tamanha atitude cruel, onde estou querendo chegar é que aos homens à violência é legalizada! Remover o último recurso contra o frio de alguém que nada tem é de uma enorme monstruosidade, há pessoas em situação de rua morrendo e o imbecil vai lá e manda tirar os cobertores? parece que voltamos no tempo para quando a epidemia de Zika começou a alastrar-se e o governo ao invés de tomar alguma atitude benéfica às mulheres apenas recomendou que se protegessem. Faça me o favor petezada, voltem para o c# de onde vocês saíram, porque vocês b#stas cagadas, não nasceram, foram cagados!!!!

  2. Essa foto diz tudo sobre o PT, notem que os caras estão usando luvas e máscara de proteção para não pegar germes dos moradores de rua… Repugnante!

  3. Mais um exemplo de hipocrisia das esquerdas. Só um detalhe: em SP, GCM significa Guarda Civil Metropolitana, e não Municipal, como está no post.

  4. Prefeito Hadad
    O problema de São Paulo e de todas as cidades brasileiras não é a favelização das áreas nobres, mas a falta de solidariedade e de humanidade para com nossos irmãos desprovidos das condições mínimas de sobrevivência, quando eles mais precisam.
    E, este não é um problema isolado, mas é resultado da busca de oportunidades nas cidades, por contingentes humanos desprovidos de condições e de habilidades, para a sua inserção no mercado de trabalho – pois a relação primeira do homem com o seu habitat é de ordem econômica, ele busca através do trabalho a forma de viver onde escolhe e para o seu sustento.
    Mas morar nas cidades e nas ruas também é devido a desconstrução dos elos familiares; também é das drogas (o pior de todos os problemas e o mais longo para a solução) e de tantas outras situações e caminhos que levam ao ambiente da exclusão e das ruas.
    Mas atuar nos efeitos e não nas causas dos problemas tem sido o normal nas administrações públicas municipais, não só na sua; quando o que se sabe que resolve é pensar antes e atacar os problemas. Assim temos problemas com os contingentes humanos que chegam em busca de oportunidades, expulsos do campo e em busca de melhores condições de vida – trabalho, habitação, serviços públicos de saúde, saneamento, educação, lazer, etc…; que sem qualificação e sem condições, não encontram essa oportunidade e moram onde e como podem – ocupando áreas insalubres e de risco; moram nas ruas e expostos às intempéries; trabalham informalmente e também nas ruas, fazendo frente à economia formal e geradora de impostos.
    Mas quando o problema chega ao ponto em que chegou – como chegou em São Paulo, no centro do Rio de Janeiro e em tantas outras metrópoles, uma saída mais dignificante da vida deve ser encontrada e foi. Por isso, oferecemos a V. administração uma solução nesse caminho do atendimento na linha do tratamento e da reinserção dessa população de rua, no projeto ALDEIA DA PAZ & CIÊNCIA (Paciência), que foi pensado após observações e entrevistas realizadas com a população de rua de Porto Alegre durante vários anos e que ainda não foi aplicada em lugar nenhum.
    Paulo Zornitta / Fernando Zornitta – Movimento Green Wave
    85 985333898 / 986291385

  5. Crueldade do Haddad ! A GCM só age com a ordem da prefeitura !
    Agora ele quer amenizar dando barracas para o a pessoas em situação de risco dormir? Depois de ter matado 5 pessoas ? E tem gente que pensa em votar neste demônio.

  6. Penso que vocês deveriam ler também a notícia quentinha de hoje sobre o assunto cobertores e moradores de rua. Ficam aí falando falando “Moradores de rua afirmam que as mantas são doações que foram abandonadas por pessoas que dormiram nos locais e não foram recolhidas pela equipe de limpeza da Prefeitura de São Paulo…”
    http://m.folha.uol.com.br/cotidiano/2016/06/1783787-montanhas-de-cobertores-doados-a-moradores-de-rua-se-espalham-em-sp.shtml?mobile

Deixe uma resposta