Para atacar MBL, blog petista se aliou a intervencionista infiltrado

9
58

___________________braulio

Vimos aqui no fim de semana um post mostrando que um ex-membro do MBL do Espírito Santo, Bráulio Fazolo, se aliou ao blog petista Diário do Centro do Mundo para divulgar diversas mentiras contra o movimento.

De início ficava a dúvida: Bráulio tinha problemas mentais? Era um petista infiltrado? Ou um intervencionista que depende do discurso “fora todos” para obter algumas recompensas emocionais através da manutenção de algumas ilusões?

Seja lá como for, a imagem acima comprova que em 13 de abril Bráulio Fazolo postou em seu canal do Youtube um vídeo conclamando o exército brasileiro. O vídeo era claro e estampava a faixa “Intervenção Constitucional SOS FFAA”. Não resta dúvida: é uma propaganda intervencionista.

No vídeo, que poderá ser visto abaixo, ele utilizou indevidamente o logotipo do MBL para divulgar o conteúdo em 13 de abril. Assista:

A retórica é claramente intervencionista e, novamente é preciso deixar claro: o vídeo foi postado por Bráulio Fazolo, que indevidamente utilizou o logotipo do MBL do Espírito Santo.

Entrando posteriormente no grupo (onde ficou por dois meses, entre o início do mês de abril até o início de junho), lutou internamente para tentar – sem sucesso – vender o discurso “fora todos”, que, como todos sabem, só atende ao PT. Ao sair, deu entrevista para o blog petista Diário do Centro do Mundo, propagando diversas informações falsas, como já vimos anteriormente.

Este blog sempre avisou que os marinistas e muitos intervencionistas eram petistas disfarçados. Eu não diria que todos intervencionistas são espiões do PT. Eu não diria nem mesmo que a maioria deles pratica espionagem. Mas que há vários que servem unicamente à agenda da extrema-esquerda, quanto a isso não há dúvidas.

Quanto aos intervencionistas honestos, estes dependem da ilusão em uma intervenção militar. Isso só serve para que eles se motivem a repetir a narrativa “fora Todos”, que se tornou a narrativa oficial do PT. Mesmo que os intervencionistas honestos acreditem lutar pela intervenção, na verdade – talvez inadvertidamente, em muitos casos – lutam contra as opções políticas vigentes em um momento onde a negação da política só atende aos interesses dos que mais jogam a guerra política: a extrema-esquerda.

Mas Bráulio Fazolo é ainda pior: é um intervencionista dissimulado, e com grandes possibilidades de ser um petista disfarçado. Se não for, o que explicaria sua entrevista para um órgão petista? Até mesmo para um intervencionista honesto seria insuportável entregar informações para aqueles que seriam seus inimigos naturais: os comunistas.

E quanto ao Diário do Centro do Mundo? Pois agora fica claro como os petistas são baixos: no afã de tentar atacar os movimentos democráticos, eles chegam a se aliar com alguns adeptos da intervenção militar.

O mistério, enfim, está resolvido: para fazer propaganda anti-MBL, o Diário do Centro do Mundo se aliou a um intervencionista que escondeu suas intenções por todas as semanas em que esteve dentro da organização.

Bráulio Fazolo passa a ser dono da vergonha eterna de ter ajudado aqueles que até mesmo os intervencionistas sinceros consideram seu pior inimigo. Os blogs petistas, por sua vez, lançaram mão de sua imundície moral de costume.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

9 COMMENTS

  1. Só esqueci de comentar o “jornalista” aldo quiroga da tv cultura deixou a mascara cair de vez e se mostrar mais petista/psolista recentemente. Foi o que escrevi, gente anti-democracia sabotando a democracia.

  2. Caro Luciano Ayan:

    Sou fã do seu trabalho e aprendi muito aqui. Mas não posso aceitar que você seja enganado.

    O sujeito do seu texto acima eu nem sei quem é – e quero que ele se lasque…

    Mas você sabe quem é a líder do MBL – ES, Raquel Gerde? Não? Que foi candidata pelo PC do B (sim, PC do B!) a deputada estadual em 2014, no ES? E já em Dezembro de 14 para Janeiro de 2015 virou milagrosamente uma “militante contra o PT e o comunismo”?

    Leia aqui:

    http://www.eleicoes2014.com.br/raquel-gerde/

    E aqui:

    http://www.portal27.com.br/raquel-gerde-filia-pcdob/

    “Raquel Gerde se filia ao PCdoB
    Por Wilcler Carvalho Lopes – out 14, 2013
    Compartilhar no Facebook Tweet no Twitter

    Institucional MAllagutti
    A presidente da Ong Transparência Guarapari, Raquel Gerde, surpreendeu o mundo político da cidade e se filiou ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Ela que foi uma das manifestantes do movimento contra o aumento do salário dos vereadores, em 2011, diz que a sua filiação ao PcdoB é pela afinidade com as pessoas. “Encontrei no PCdoB de Guarapari uma família, pessoas sinceras, honestas”, explica.

    Ainda de acordo com Raquel, esse foi o momento apenas de filiação. “Eu não vou me envolver em política partidária agora. Recebi muitos convites de filiação. Foi uma pressão grande. Mas me filiei em um partido onde encontrei pessoas amigas, pessoas em quem confio. Eu confio mais em pessoas do que em partidos”, afirmou.

    Raquel
    Raquel: “Eu confio mais em pessoas do que em partidos”
    Segundo Raquel ela não fez acordos ou promessas políticas com ninguém. “Meu foco no momento continua sendo uma política apartidária com a ONG, fazendo o trabalho que eu sempre fiz com toda ética, imparcialidade e retidão”, ponderou.

    Sobre ser de uma Ong que cobra ética dos políticos e agora estar em um partido, Raquel explica que o seu mandato na Transparência vai até abril do ano que vem e que depois disso ele vai pensar o que fazer.

    Assembleia. Perguntada se com essa filiação estaria pensando em disputar, no ano que vem uma cadeira na assembleia, ela não titubeou.“Existe sim uma possibilidade depois de disputar uma vaga na assembleia, para continuar lutando por Guarapari, dando continuidade a este trabalho que acredito, só que de uma forma muito mais abrangente. Mas isso é uma discussão somente para o ano que vem”, explicou.

    Confira abaixo uma minientrevista com Raquel Gerde.

    Portal27: Porque o PCdoB?

    Porque encontrei no PCdoB de Guarapari uma família, pessoas sinceras, honestas e que acreditam que ainda existe uma nova forma de fazer política, com amor e com o coração, pensando no ser humano, numa política mais justa e igualitária. Eu não acredito em partido, acredito em pessoas.

    Portal27: sobre 2014, pretende disputar uma cadeira na assembleia?

    Meu foco no momento continua sendo uma política apartidária com a ONG, fazendo o trabalho que eu sempre fiz com toda ética, imparcialidade e retidão. Meu mandado como presidente da ONG termina em abril de 2014, existe sim uma possibilidade depois de lutar por uma vaga na assembleia, para continuar lutando por Guarapari, dando continuidade a este trabalho que acredito, só que de uma forma muito mais abrangente.

    Raquel
    “Meu foco no momento continua sendo uma política apartidária com a ONG”
    Portal27: está preparada para estar do outro lado? Ou seja, ter um mandato e ser tão cobrada como você vem cobrando os políticos?

    Eu sempre acreditei na educação política, na participação da sociedade na vida pública da cidade, acredito que quando exercemos nossa cidadania contribuímos e muito no combate a corrupção, portanto se realmente estiver do outro lado quero ser muito cobrada, quero que todo cidadão exerça esse direito sobre meu mandato, quero poder corresponder e fazer jus a cada voto que a mim foi depositado, quero poder dar orgulho ao povo de Guarapari levando esse nome com toda retidão, justiça e dignidade, vou lutar muito por uma politica com ética, portanto as cobranças só vão me ajudar nesta luta.”

    A verdade sempre liberta.

    • Tive a oportunidade de conversar com Raquel Gerde, que no passado foi integrante do PCdoB, tendo abandonado o partido depois. PARABÉNS por ela ter tomado essa decisão. Isso não conspira contra ela, uma vez que ela abandonou o partido e a ideologia.

  3. Luciano, no passado? Tipo: Outubro de 2014, na eleição de Dilma Rousseff? Minha idade é mais que suficiente para me ensinar que comunistas e petistas militantes NÃO mudam de opinião de graça, do nada, e ainda mais uma candidata a Deputada pelo PC do B na última eleição e apoiando Dilma e Lula.

    À esquerda se reinventa. Vc sabia que o nome MBL foi tomado de um grupo de Alagoas, criador do boneco pixuleco? Na cara dura? Não? Pesquise por favor! Repito, caro amigo: se informe melhor. Tenho você como referência no combate ao PT e à esquerda suja do Brasil.

    “Tive a oportunidade de falar com…”. É mesmo? Você não ē anônimo, até por questão de segurança? Fiquei agora na dúvida. Repito: só não quero ver um cara como você – pelo que sei até AQUI – caindo no conto do vigário. Lula, se amanhã disser que está arrependido, está perdoado? Marina Silva? Não digo que as pessoas não tenham o direito de fazer escolhas e se arrepender, mas suas palavras são inocentes demais para acreditar em alguém com quem você supostamente falou apenas “uma vez”. Aqui, ela procurou se “atracar” com deputados do ES indo persistentemente atrás dos mesmos em Brasília – e fugiram dela.

    À esquerda quando vê que vai morrer, procria com uma “nova” moldura. Não seja tão inocente, repito a você, sei do que falo. Te defendi com unhas e dentes dos ataques de Olavo de Carvalho com os próximos a mim e onde pude. Exatamente pelo que fez a você, que foi absurdo, desisti de ler qualquer coisa de Olavo de Carvalho. Detesto tiranos, mentirosos e petistas ( que são as duas coisas).

    Sua afirmação de que não “conspira contra ela”, para quem não convive e não a conhece, é vazia e arriscada demais. Se conselho fosse bom, seria vendido. Pode me enviar seu contato no meu e-mail e poderei explicar melhor, em privado, tudo que tenho a te dizer. Abraço fraterno.

    “Para que o mal prevaleça, basta que os homens de bem nada façam”

    • Acho que você está pressupondo algumas coisas.

      Em nenhum caso, o passado em partidos socialistas é o suficiente para eu descartar uma ação política.

      Se a ação política da Raquel está coerente com o programa do PCdoB, ficarei grato em saber mais detalhes.

      Mas neste caso o que importa é a análise prática: um sujeito intervencionista participou do MBL, e este mesmo sujeito deu entrevista a um blog petista.

      Não é preciso apoiar a Raquel para reconhecer isso.

      Abs,

      LH

  4. Acho que ter conversado uma vez não significa conhecer as pessoas, concorda? Lembra-se do texto sobre esquerda infiltrado nos movimentos de rua? Abra seus olhos. Sua resposta noa faz sentido. Deveria procurar saber nos outros movimentos de rua do ES, como o Vem Pra Rua, quem você está a defender.

    • É verdade.

      Mas o importante é avaliar as posições, com coerência. Eu não avaliei a coordenadora do movimento, mas a atuação de uma pessoa que era intervencionista e acabou entrando em um movimento, e, no fim, acabou ajudando o PT.

      Abs,

      LH

  5. Luciano, boa noite. Fiquei feliz com suas respostas, pois você mostrou sabedoria e sensatez. O panaca que fala em intervencionismo merece uma vaia. Coisa de gente imbecilóide.

    Mas a tal “líder do MBL ES” é uma oportunista em busca de um cargo político. Acredite em mim, convivi com ela em Guarapari e SAÍ FORA. Polidez e sinceridade nunca foram seu forte. Como também um esperto chamado Armando (aquele que saiu no vídeo no Brasil todo e no G1, batendo o ponto na prefeitura e depois foi para praia, de bermuda, em Vitória – ES) que era do Vem Pra Rua foi rifado logo, por estar claramente usando as ruas para se eleger pelo PSDB. Foi expulso do VPR e do PSDB (pelo que soube, fez fraude na eleição do partido aqui, acredite…).

    Quero um país melhor, livre dos políticos velhacos e desonestos que VOCÊ exemplarmente combate aqui. Indico seu blog como fonte de leitura para quem quer aprender o combate à esquerda suja e demagógica mundial. Vários amigos e amigas me agradecem pela indicação do seu blog, pois como eu passaram a enxergar coisas que antes eram “aceitas” como verdades: cotas, desarmamento, as mentiras ditas e repetidas, os “frames”. Seu blog, para quem sabe fazer bom uso, é uma fonte de sabedoria e que pode ajudar a ser um instrumento de mudança do nosso país. Como sempre repito suas palavras, a “direita” (ou os não esquerdopatas) tem muito que aprender com a esquerda na guerra política e no debate, e aqui é um bom lugar para se aprender.

    Um fraterno abraço, mais uma vez gostei muito do equilíbrio de suas respostas. Tenha cuidado: nem tudo que reluz é ouro.

Deixe uma resposta