TSE já tem ao menos 79 provas de corrupção de Dilma

2
46

Como mostra matéria do Implicante, o engenheiro Zwi Skornicki disse em delação premiada que João Vaccari Neto, tesoureiro do PT durante a campanha passada, pediu 4,5 milhões de dólares para o caixa 2 da campanha de Dilma Rousseff. Esses valores foram depositados em contas na Suíça:

Mais:

História semelhante foi contada por Marcelo Odebrecht, mas envolvendo Edinho Silva, tesoureiro da própria campanha. A notícia é grave ao ponto de, caso se safe no julgamento do impeachment, a presidente afastada correr sérios riscos de ter o mandato cassado. Para complicar ainda mais a vida da petista, o Tribunal Superior Eleitoral já recebeu as provas de toda a negociata.E são muitas provas.

Nada mais nada menso que 79 arquivos foram enviados ao TSE:

Tratam-se de planilhas e documentos bancários. Por eles, estariam provadas as transferências realizadas com o objetivo de quitar dívidas com João Santana, marketeiro de Dilma que se encontra preso pela Lava Jato.

Essa foi uma semana em que Dilma foi para a defensiva, junto com seus asseclas da Bancada do Jardim da Infância. O Brasil agradece a exposição das entranhas da corrupção do partido.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

 

Advertisements
Anúncios

2 COMMENTS

  1. Por mais que entenda a inconveniência política da cassação da chapa Dilma/Temer, juridicamente não posso defender nada diferente disso. As provas são muito robustas, não tem para onde fugir.

    A manutenção do Temer e cassação apenas da Dilma não passa de uma gambiarra. Se a eleição da chapa foi obtida por meios ilegais, pouco importa que o vice esteja lá e não o titular. Ele não pode ser beneficiado por uma eleição ilegítima. É óbvio que o mandato do vice é contaminado por isso. Infelizmente, a jurisprudência do TSE é outra, então certamente não farão isso.

    O grande problema é que numa eventual eleição, TODOS os principais candidatos estão sendo investigados pela Lava Jato. Então não vejo como isso pudesse ser solução para alguma coisa. Seria necessário esperar no mínimo um ano para decidirem quais candidatos são ou não culpados.

Deixe uma resposta