Simone Tebet diz que prisão de Bernardo afeta impeachment

2
88

Em entrevista do Diário do Poder, a senadora Simone Tebet (PMDB-MS) entender que a prisão do ex-ministro de Lula e Dilma, Paulo Bernardo, impacta no impeachment, de modo ainda mais negativo para Dilma. Simone afirma:

É claro que o desdobramento da Operação Lava Jato, como a operação que prendeu o ex-ministro, impacta no processo de impeachment. No entanto, eu gostaria de ressaltar que não tem um embate entre Dilma Rousseff e Michel Temer, como muitos querem polarizar. Na realidade, independente do sucesso ou não do governo interino, o povo deu uma demonstração de que não quer mais o governo que estava. Queremos que ela continue fora do processo independente da continuidade ou não do governo Temer vai ficar. O que acontecer daqui para frente, se o Senado não entendeu isso, então não entendeu o recado das ruas.

Para Simone, a Lava Jato não está prejudicando, mas ajudando o governo Temer:

Pelo contrário. A Lava Jato está ajudando o Michel Temer, fazendo um bom serviço, talvez o maior dos últimos 50 anos. A operação está ajudando o governo porque, muitas vezes, se via impedido, por questões de governabilidade, de ter o dream teampolítico e econômico. O presidente Temer está satisfeito com esse lado positivo da Operação Lava Jato.

Em relação à acusação petista de que Temer abafaria a Lava Jato, ela diz:

Isso só pode ser desespero. Dos Três Poderes, o único que veio de concursos, de pessoas especializadas e com compromisso com o juramento que fizeram para exercer suas atribuições com lisura, é o Judiciário. Dos Poderes independentes e autônomos, o Judiciário é o único que não mistura a sua atribuição à atribuição política. Acusá-lo de tentar acabar com a Lava Jato é dizer que o presidente Michel Temer tem ascensão sobre Rodrigo Janot, procurador-geral da República, sobre os ministros do Supremo Tribunal Federal, sobre o fórum de São Paulo ou sobre o fórum de Curitiba. É dar um super-poder ao Temer, que nem o ex-presidente Lula, nos áureos tempos dele, tinha sobre o Poder Judiciário.

Não é apenas desespero. É safadeza. Os petistas sabem que são os maiores inimigos da Lava Jato. Por isso, precisam convencer o público de que o inimigo está em outro lugar. De resto, Tebet foi certeira.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

2 COMMENTS

Deixe uma resposta